Terça-feira, 08 de Maio de 2012
EUA
Sob pressão
Aumenta a pressão para que Obama esclareça posição sobre casamento gay.
por Redação MundoMais

 Barack Obama Barack Obama

A pressão sobre o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para que esclareça se apoia ou não o casamento gay está aumentando depois que seu vice-presidente, Joe Biden, disse que se sente "cômodo" com o fato de casais do mesmo sexo se casarem e do respaldo explícito de seu secretário de Educação, Arne Duncan.

As dúvidas sobre a postura de Obama voltaram a surgir hoje, faltando seis meses para as eleições americanas, e com elas as especulações sobre se o presidente, caso seja reeleito em novembro, dará seu apoio ao casamento homossexual durante seu segundo mandato.

Como candidato presidencial democrata em 2008, Obama deu seu apoio às uniões civis entre pessoas do mesmo sexo, mas expressou sua oposição ao casamento.

No entanto, no final de 2010, Obama comentou que sua postura sobre o tema "estava evoluindo", mas até agora sempre evitou o apoio explícito ao casamento entre homossexuais.

"Estou absolutamente cômodo com o fato de homens se casarem com outros homens, mulheres se casarem com outras mulheres e os heterossexuais terem exatamente os mesmos direitos", declarou neste domingo o vice-presidente Biden em entrevista ao canal "NBC".

Biden não foi o único a ir um pouco além do discurso oficial da Casa Branca. Duncan, secretário de Educação e amigo pessoal de Obama, assinalou hoje, também para a "NBC", que acredita que os casais do mesmo sexo deveriam poder casar-se legalmente.

Enquanto isso, Caroline Kennedy, filha do ex-presidente John F. Kennedy e dirigente da campanha de Obama, se uniu em comunicado aos esforços de uma plataforma democrata que busca que o direito ao casamento homossexual seja incluído na convenção nacional que o partido realizará em setembro.

O porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, teve que dedicar boa parte de sua entrevista coletiva desta segunda-feira a esquivar a corrente de perguntas sobre a postura de Obama em relação ao casamento gay.

"Não tenho nenhuma atualização para vocês sobre as opiniões pessoais do presidente", afirmou Carney.

Obama rejeitou publicamente uma proposta de emenda à Constituição do estado da Carolina do Norte que procura definir o casamento como uma união entre um homem e uma mulher e que será votada nesta terça-feira em um referendo popular.

Além disso, o presidente cumpriu em 2010 uma de suas promessas de campanha ao assinar a abolição da lei "Don't Ask Don't Tell", promulgada na década dos anos 1990 e que proibia homossexuais declarados de servir nas Forças Armadas americanas.

Para a oposição, como denunciou hoje na emissora "NBC" o presidente do Comitê Nacional Republicano, Reince Priebus, o que Obama está fazendo é usar politicamente o casamento homossexual segundo sua conveniência e "jogar em ambos lados" do assunto.

O casamento gay é legal nos EUA nos estados de Nova York, Connecticut, Iowa, Massachusetts, New Hampshire e Vermont, assim como no Distrito de Columbia, ao qual pertence Washington, a capital do país.

Além disso, no estado de Washington os casais do mesmo sexo poderão casar-se a partir do próximo dia 7 de junho e no de Maryland o casamento entre homossexuais será legal a partir de 2013.

Outros cinco Estados (Delaware, Havaí, Illinois, Nova Jersey e Rhode Island) permitem uniões civis entre homossexuais.

Há apenas uma década, nenhum estado do país permitia as uniões entre homossexuais.

Facebook do MundoMais
Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (12)
marcos10/05/2012 6:20
marcos10/05/2012 6:20
Impressionante como casamento gay, homem com homem, nos estados unidos é assunto de de alta importancia federal.
Ivan10/05/2012 5:23
Ivan10/05/2012 5:23
Não resta dúvidas de que Obama vai apoiar a liberação do casamento gay nos EUA. Ele próprio quebrou o tabu do preconceito racial de uma nação que sempre foi governada por brancos. Quem impõe o tradicional, o conservador, decerto, não avança no progresso da sociabilidade. A comunidade gay está sendo reconhecida como parte da evolução das espécies, da adaptação ao meio, portanto necessária nas relações humanas. O mundo entende, hoje, que aquilo que está na bíblia, a base de muitas religiões, abominando o amor gay, é ultrapassado e não correlaciona com a realidade. "Amai-vos uns aos outros, sem se importar com cor, credo ou sexo". Essa frase resumi-se à verdadeira interpretação dos evangelhos sagrados.
ATILA LIRA TERESINA-PI10/05/2012 1:55
ATILA LIRA TERESINA-PI10/05/2012 1:55
ACONTECE QUE TEM MUITAS CORRENTES OCULTAS QUERENDO PASSAR,MISTURAR,CONFUNDIR EMBARAÇAR A POPULAÇÃO,QUI O CASAMENTO GAY É ENTRAR NA IGREIJA DE MÃOS DADAS E JOGAR O BUQUE PRA TRAZ ,O POPULAÇÃO BURRA DA PORAAAA,ISSO JÁ ERA PRA SER UM ASSUNTO SUPERADO !!!!!
Pablo Lobo-TERESINA-PI10/05/2012 1:39
Pablo Lobo-TERESINA-PI10/05/2012 1:39
ESSE NEGRO É MARAVILHOSO GOSTO DELE,A CARA DELE NÃO NEGA ELE ENCARA UM CÚ NUMA BOA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
guto09/05/2012 15:09
guto09/05/2012 15:09
espero que ele seja favoravel a união de gays ,pois o adiversario dele é contra e tenho certeza que se o presidente dos EUA for afavor muitos outros seguiram seus exemplo vamos lá OBAMA contamos com vc ....
$08/05/2012 20:56
$08/05/2012 20:56
sou loca pra fazer ele.... mesmo ñ apoiando ou ñ uniâo entre nós HE GIRL...faria lindaaaa......
ao :)08/05/2012 15:58
ao :)08/05/2012 15:58
Ele nao é gay, ele tem 2 filhas 1.98 de altura, ja viu ele jogando golf? o tamanho da mao? alias nos states todo mundo sabe que ele é SUPERRRRRRRR HIPER MEGA ULTRA DOTADO, a Michelle Obama ta é bem....
meo deows08/05/2012 15:36
meo deows08/05/2012 15:36
que homem é esse, esse eu lavo passo cozinho massageio, linguo a sola do pé , chupo os dedao..que homem é esse afff
Arnold Filho08/05/2012 13:26
Arnold Filho08/05/2012 13:26
É importante que um país como os Estados Unidos, a nação mais importante do mundo, aprove o casamento entre iguais em todo o seu território, ampliando sem restrições o que já ocorre em alguns estados americanos. Essa conquista abrirá espaço para que outros países, entre eles o Brasil, aprovem o casamento homossexual, concedendo aos gays o mesmo direito que os heterossexuais já usufruem.
:)08/05/2012 12:22
:)08/05/2012 12:22
Eu acho que o Obama eh Gay
Pedro08/05/2012 11:56
Pedro08/05/2012 11:56
Caro Sandro "União Civil" não garante os mesmos direitos, além de ser um termo segregador. Por que o nosso amor e nossas uniões devem ter um nome diferente. Ninguém está lutando para casar na igreja, ninguém quer se casar em um local que nos rejeita, mas queremos sim o CASAMENTO CIVIL, exatamente como os heterossexuais.
Sandro08/05/2012 11:26
Sandro08/05/2012 11:26
Espero que ao menos os paises que se dizem democraticos, de direitos iguais, aceitem a uniao entre homossexuais, e lhes garanta o Direito CIVIL, agora, casamento, nao vejo porque perder tempo com isso, a Uniao Civil, ja è uma forma de casamento. Jamais eu seria hipocrita de querer entrar numa Igreja e me casar, se nem acredito nelas... Jà a Uniao Civil, me garante perante a LEI dos homens, que pra mim, ja è uma grande conquista....
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

LEIA TAMBÉM
LEIA MAIS
21/04/2014 NOTíCIAS » Portaria garante visita íntima para presos gays e determina que travestis sejam levadas para cadeias femininas.
21/04/2014 NOTíCIAS » A nova coleção da W FOR UP está cheia de atitude e super moderna. Vem ver!
17/04/2014 NOTíCIAS » Aproveite bem o final de semana prolongado, e fique por dentro do que vai rolar por aí!
17/04/2014 CINEMA » Orlando Bloom aparece pelado e tatuado em novo filme. Vem ver!
16/04/2014 NOTíCIAS » Malta reconhece casamento gay e LGBTs europeus comemoraram.
16/04/2014 NOTíCIAS » Índia reconhece transexuais como terceiro gênero sexual.
15/04/2014 NOTíCIAS » Festival nos EUA reunirá comida e música, e vai celebrar os chefs LGBTs.
15/04/2014 LIVRO » Livro de editora alemã mostra soldados em poses relaxadas e brincadeiras quentes. Confira!
Intima Cor
Eric
Twitter
Facebook
Orkut
© Copyright 2013 MundoMais. Todos os direitos reservados.