Gays na cam

Terça-feira, 14 de Junho de 2011
CONTOS DOS LEITORES
Felipe e Eduardo
Dois jovens amigos de infância, ligados por uma forte amizade durante muitos anos, aos poucos percebem assustados que o afeto ingênuo da adolescência tornou-se uma paixão desenfreada. Um belíssima história de amor.
por Marcos Mike

Puxei-o para mim e dei-lhe um beijo. O mundo pareceu derreter-se em volta. Ele ficou parado por uns momentos e chegou a corresponder ao meu beijo, mas desvencilhou-se de mim.

— Não podemos fazer isso, cara. Isso está errado. Eu não quero...

— Não pode estar errado, Edu. Você é meu melhor amigo, eu te amo, eu sei que você sente também...

— Eu não sinto nada, Felipe, você está enganado.

Eu não podia acreditar. Ele não queria reconhecer o que sentíamos um pelo outro.

Eu e o Eduardo crescemos juntos na mesma rua. Tínhamos a mesma idade, então participávamos das mesmas brincadeiras, do mesmo grupinho de meninos.

No começo brigávamos bastante, como quaisquer outros meninos da mesma idade. Com o tempo fomos descobrindo afinidades. Adorávamos animais. Eu tinha dois cachorros e ele três. Por conta disso deplorávamos quando alguém maltratava algum animal na nossa frente, fosse cachorro, gato, passarinho ou qualquer outro. Partíamos pra cima e, com isso, começamos a nos aproximar.

O Eduardo não era especialmente forte, eu sempre tive mais corpo que ele. Mas ele não tinha medo de enfrentar quem quer que fosse. Isso rendeu a ele alguns olhos roxos memoráveis. Eu, por minha vez, muitas vezes tive que partir em socorro do Eduardo para tirá-lo das garras dos meninos mais velhos. Nessa época, o que eu tinha de mais forte, tinha também de mais tímido, enquanto o Eduardo era quase o “relações públicas” da dupla.

Éramos inseparáveis. Fazíamos quase tudo juntos. Organizávamos campeonatos de videogame que varavam a noite, ora na casa de um, ora na do outro. Sempre ficamos na mesma turma da escola, participávamos dos mesmos grupos de estudo. Na sétima série eu estava muito mal nas notas e havia a ameaça séria de reprovação. O Edu ficou desesperado e ficávamos até tarde estudando. Com a ajuda dele consegui passar de ano e nos mantivemos na mesma turma. Éramos tão colados que ganhamos o indefectível apelido de Batman e Robin. Só não éramos muito sacaneados porque éramos bastante gaiatos e azarávamos todas as meninas bonitas da escola como qualquer garoto no começo da adolescência. Eu já estava bem menos tímido, mas o Eduardo me ajudava bastante a “chegar junto” nas garotas.

Nessa época os hormônios começaram a entrar em ebulição. Conversávamos muito sobre as meninas da rua, da escola, da TV, enfim, falávamos de garotas a maior parte do tempo. Eu nunca o havia visto pelado antes, no máximo de cueca ou de calção de banho, pois não fazíamos educação física no mesmo grupo, já que a turma era dividida em três grupos. Ele preferia nadar e eu gostava mais de jogar vôlei e futebol.

Naturalmente, conversávamos sobre tudo. As mudanças em nossos corpos, a excitação constante, a vontade de perder a virgindade, qual garota seria a “felizarda” e coisas do gênero. Papo de adolescente.

Éramos ambos muito bonitos. Não tínhamos nenhuma dificuldade em chegar nas garotas nas festinhas. Mas ainda não tínhamos conseguido convencer nenhuma a liberar pra gente, e a nossa seca continuava.

Como seria de se esperar, antes de mim, o Edu conseguiu cercar de jeito uma menina e, depois de duas semanas de cinema, passeios e beijos no portão de casa, ele conseguiu convencê-la. No telefone, ele mal podia se conter.

— Cara, vai ser no sábado. Ela disse que a barra vai estar limpa na casa dela.

— Maneiro, cara. Tomara que dê tudo certo.

No sábado de manhã fomos os dois à farmácia comprar camisinhas. Ele estava mais agitado que o normal.

— Pô, meu, já não aguento mais esperar, ontem toquei umas 5 pensando na noite de hoje. Tô até meio esfolado.

— Era só o que faltava, esperar tanto e não conseguir porque esfolou o próprio pau.

— Não se preocupe. Hoje só não perco a virgindade se me arrancarem o bilau.

Eu estava contente por ele. Eu também já estava quase na reta final com uma garota que havia conhecido há uns dois meses.

— Você é que deve jogar mais charme pra cima da tua mina, cara. Daqui a pouco vocês ficam noivos e ainda não transaram.

Ele falou isso rindo e me deu um empurrão. Eu o empurrei de volta e assim fomos a caminho de casa. De fora, ninguém entendia as nossas brincadeiras. De tão violentas, às vezes, parecia que estávamos brigando.

No outro dia ele chegou em minha casa esbaforido, irrompeu em meu quarto como um trovão e bateu a porta.

— Caralho, Lipe. É bom demais! Não quero mais saber de outra coisa!

— Conta, cara. Como foi?

E umas duas horas se foram, enquanto ele descrevia, com minúcias de detalhes, tudo o que eles tinham feito na noite anterior. Eu me senti meio esquisito, mas achei que era de vontade de passar por tudo aquilo também.

Duas semanas depois chegou a minha vez. Estava nervoso pra caramba, mas o Edu me deu todas as dicas e me deu um pacote de camisinhas de presente.

— Vai fundo, cara. É hoje!

Quando cheguei em casa já devia ser umas duas da manhã. Estava contente, tinha dado tudo certo. Tinha sido a primeira vez da garota também e, mal sabia eu, o fato de eu ter tido que usar as duas camisinhas que ela tinha também, me garantiria uma enorme reputação no colégio. No entanto, parecia que faltava algo mais. Não sabia o que era.

Quando abri a porta do meu quarto tomei um susto. O Edu estava deitado na minha cama. Ele devia ter ficado curioso e veio saber como foi e provavelmente adormeceu me esperando. Não estava preparado para aquela cena. Como eu já disse, o Eduardo é um cara muito bonito. Mais baixo que eu, ele deve ter cerca de 1,75m e tem o corpo esguio de nadador. Lá estava ele, de bermuda e camiseta, deitado meio desajeitadamente sobre minha cama. Ele já tinha dormido várias vezes na minha casa, e eu na dele. Mas naquele momento havia algo diferente. Vê-lo daquela forma, à luz do abajur, respirando calma e pausadamente me deixou momentaneamente sem ar. Sentia um aperto no coração, algo que não sabia direito como lidar.

Enquanto estava perdido em meus pensamentos ele abriu os olhos e sorriu pra mim. Eu sorri de volta.

— Faz tempo que chegou, Felipe?

— Não, acabei de chegar.

— Desculpe, eu estava curioso pra saber dos detalhes e vim pra cá esperá-lo. Acabei pegando no sono, já deve ser tarde.

— É, são 2 horas.

— Caramba, demorou, hein? Como foi?

— Putz cara. Foi muito bom. Exatamente como você falou.

— Mas você não parece muito entusiasmado...

— Sei lá. Foi legal...muuuuito legal, quero dizer. Mas acho que esperava mais da coisa toda. Fiquei meio chateado em ter que sair logo depois. Queria ter ficado um pouco mais de tempo... sei lá...

— Porra, o problema é que você é romântico pra caramba. Já demorou esse tempo todo transando, deve ter dado umas três...

— Cinco.

— O que?

— Foram cinco vezes.

— Caralho! Cinco?! E ainda tá reclamando? Eu só consegui dar três a muito custo, porque a mina não queria mais. Você deu cinco e ainda tá ai de nhenhenhem?

Eu ri. Era verdade o que ele dizia. Mas apesar do número, não estava plenamente satisfeito. Ficamos ainda trocando impressões até bem tarde e fomos dormir quase com o dia raiando.

Quando tínhamos por volta de 16 anos, começamos a malhar numa academia próxima de nossas casas. No primeiro dia o professor montou nossas séries e ficamos nos ajudando para que nenhum de nós fizesse os movimentos erradamente. Quando terminamos fomos para o vestiário tomar banho. A academia estava vazia naquela hora. Conversando sobre os exercícios, os pesos e pensando nos objetivos a alcançar com a malhação, fomos tirando as roupas e, quando eu me dei conta, estávamos completamente pelados.

Eu senti uma coisa estranha. Não sabia definir bem o que era. Já tinha visto muitos caras pelados na minha vida, mas ver o Edu, meu amigo, nu em pelo ali na minha frente estava produzindo em mim um coquetel de sensações que eu não fazia idéia do que era.

De repente, ele olhou pra mim e falou:

— Caralho, cara! Que troço enorme você tem.

Eu não sabia onde enfiar a cara. Minha timidez parecia ter voltado com toda força, meu rosto parecia que ia ferver. Podia sentir as ondas de rubor me deixando cada vez mais vermelho. Fiquei sem voz. Rapidamente vesti meu short, calcei meu tênis, joguei tudo na mochila e sai dali deixando-o meio assustado, antes que ele pudesse falar mais alguma coisa.

Ao chegar em casa estava mais confuso ainda. Primeiro, não entendia que sensação era aquela que me invadiu quando vi o Edu pelado, ainda estava desconfortável com aquilo. Depois, estava fulo da vida comigo mesmo. Afinal, o que fora aquilo. O Edu era meu melhor amigo, sempre falávamos sobre qualquer coisa. Ele só fizera uma brincadeira boba, pensei. Eu é que exagerei ao sair correndo daquele jeito.

Tomei um banho e fiquei ouvindo música. Uns minutos depois, alguém bateu na porta do meu quarto.

— Posso entrar, Felipe?

Era o Eduardo. Não costumávamos pedir licença pra entrar um na casa do outro.

— Claro, Edu. Entra ai.

Ele entrou em silêncio e colocou sua mochila no chão, junto à minha.

— Lipe, eu queria me desculpar. Eu não pretendia irritar você. Só fiquei impressionado com o tamanho do seu... desculpe, lá ia eu de novo.

— Não precisa pedir desculpas, cara. Eu não sei o que deu em mim pra sair correndo daquele jeito. A gente tem liberdade pra falar qualquer coisa um com o outro. Uns caras no colégio até já tinham brincado comigo por causa disso, mas com você foi diferente.

— Diferente por que?

Eu senti que ia ficar vermelho de novo. Havia escorregado nas palavras. Não queria dizer a ele que tê-lo visto pelado havia me perturbado. Nem eu mesmo sabia direito do que se tratava.

— Por nada, Edu. Só fiquei sem jeito na hora. Você sabe como sou tímido.

Ele chegou mais perto e me abraçou.

— Foi mal, cara. Eu não queria deixar você sem jeito...

Eu retribuí o seu abraço carinhoso com alegria. Não queria deixar nenhum mal-entendido entre nós. Enquanto o abraçava, porém, o seu cheiro invadiu minhas narinas e pareceu me atingir como um cruzado de direita. Ele nem tinha passado perfume, só tinha acabado de tomar banho. Ele tinha um cheiro natural que parecia exalar por todos os poros e que estava me deixando embriagado. Ele começou a afagar minha cabeça enquanto me abraçava e eu, do êxtase passei para o pânico, comecei a ficar excitado.

Ele se afastou de repente. Fiquei com medo que ele tivesse percebido alguma coisa, mas ele não falou nada, me olhou por uns momentos e depois disse:

— A gente tem que parar com essas coisas entre nós, certo? Afinal você é meu melhor amigo e não tem nada a ver a gente ficar de cerimônias ou inibições um com o outro. Ok?

— Com certeza, Edu. Você me desculpe...

— Você não precisa se desculpar. Fui eu que fui bobo e mencionei o seu...

Falou isso e olhou na direção do meu pau que ainda estava visivelmente excitado. Ele desviou o olhar imediatamente e fingiu olhar para a janela enquanto eu tornava a ficar vermelho. Olhei para ele e vi que ele parecia estar excitado também, o que me deixou ainda mais confuso.

— Bem, eu vou indo. Tá tudo bem, né?

— Claro, Edu. Amanhã a gente se vê.

E assim o tempo foi passando. Nós nos víamos todos os dias, praticamente. Passamos ambos pra mesma Universidade. Eu pra engenharia civil e ele pra mecânica. Estudávamos Cálculo juntos. Desta vez era eu quem o ajudava mais.

Namorávamos bastante, mas costumávamos sair juntos muitas vezes. Não parávamos muito com as mesmas garotas e, se calhava da namorada dele não ir com a minha cara, ou a minha não ir com a cara dele, aí então não tinha jeito, a coisa acabava de imediato.

No primeiro ano da faculdade a galera toda combinou de acampar numa praia da Costa Verde, no sul fluminense, no carnaval. Ficamos animados porque poderíamos ir com mais liberdade, pois já tínhamos 18 anos e o Eduardo tinha ganhado um carro do pai.

Cada um arrumou uma menina pra ir, mas no dia de sair a minha ligou dizendo que estava muito gripada e com febre e não poderia ir. A do Edu, que era dois anos mais velha que a gente, confirmou. Eu, como não estava a fim de perder a praia e, ainda mais, a companhia do Edu, fui assim mesmo. Não tinha receio de ficar segurando vela. Tinha certeza de que poderia arrumar alguém por lá.

Quando chegamos, montamos as duas barracas e saímos pra praia. Passamos o dia na maior curtição. O tempo estava perfeito, quente durante o dia e fresco à noite, sem chuva. Arrumei uma garota logo no primeiro dia e toda noite transávamos na minha barraca, de onde eu podia ouvir o Edu com sua namorada, o que me deixava louco de tesão. Na véspera de irmos embora, a mina que eu arrumei teve que voltar ao Rio com o seu pessoal e eu fiquei na mão.

À noite fizemos uma fogueira na frente de nossas barracas e ficamos tomando cerveja até tarde. Eu não estava muito a fim de arrumar ninguém e fiquei junto com o Edu e sua mina jogando conversa fora. Eles estavam ficando bem quentes, se agarrando e se beijando de vez em quando. Ainda bem que eu estava de bermuda, o que disfarçava bem a minha excitação em ver aquela cena. A garota, já meio alta da cerveja, começou a brincar comigo dizendo que estava com pena porque eu iria ficar na mão e por ai vai.

— Não tem problema não. Vocês fazem tanto barulho quando estão transando que eu vou tocar uma na minha barraca pra me aliviar.

Todos rimos e continuamos a beber. As conversas e as brincadeiras foram ficando cada vez mais picantes e ela já estava passando a mão na minha perna quando falava comigo. Eu, em princípio, fiquei preocupado com o que o Eduardo iria achar, mas vi que ele tinha percebido tudo e não parecia se importar. Muito pelo contrário. Ele ria e olhava para mim com cara de safado quando a mina passava a mão na minha perna. Eles cochichavam coisas olhando pra mim e riam. A mão dela foi ficando mais boba e ela passou a alisar abertamente a minha coxa e a elogiar meu corpo. Em outras épocas eu ficaria vermelho como um pimentão, mas não naquele momento. A cerveja ajudava a descontrair na medida certa. Além disso, eu sabia do efeito que produzia nas mulheres. Com 1,80m e com o corpo malhado pela musculação, sabia que atraía muitos olhares, inclusive masculinos, quando passava. Completando tudo isso, tinha cabelos claros e olhos verdes. Só não gostava muito dos pelos do meu corpo. Tinha uma penugem dourada suave que cobria do peito às pernas. Preferiria ter o corpo liso como o Eduardo, mas ele mesmo já me dissera que as mulheres achavam um homem levemente peludo muito atraente.

Ela havia saído por uns momentos para pegar mais cerveja para nós.

— Lipe, ela quer nós dois, cara!

— O que?

— Nós dois, cara! A mina tá doida de tesão. Ela quer transar com nós dois ao mesmo tempo.

— Pô, Edu, eu não sei...

— Vamos lá, cara. Vai ser legal!

— Sei lá, cara. Ela não tá assim só porque tá bêbada, não?

— Que nada, cara. Essa daí tem a maior resistência. Ela só tá um pouco alta como a gente.

— Bem, então tá. Vamos ver no que dá...

Nisso ela voltou com as cervejas. Havíamos tirado nossas camisas e ela arregalou os olhos e ficou falando que havia tirado a sorte grande. Voltamos aos papos e ela já passeava com a mão sobre o meu peito enquanto beijava o Edu. De repente ele virou-se, me beijou e começou a passar a mão no pau do Eduardo. Nisso ela falou no meu ouvido que queria ir pra barraca e pediu pra que eu a acompanhasse. Eu olhei para o Edu, que assentiu com a cabeça.

Eu a segui até a barraca, enquanto o Edu apagava a fogueira. Quando entramos ela tirou a blusa e começou a me beijar. Logo o Eduardo entrou e fechou o zíper da barraca. Por sorte era a barraca de sua família, então cabíamos todos sem problemas. Ele ajoelhou-se também e a abraçou por trás enquanto eu a beijava. Podia sentir seu cheiro e quase explodi em minha bermuda quando abri meus olhos e vi que ele me olhava diretamente. Sustentei seu olhar e a tensão sexual parecia que iria incendiar a barraca. Ele sorriu. Sorriu da forma mais sacana que eu já tinha visto, levantou-se e tirou a bermuda.

Eu fiquei sem fôlego. Como ele era bonito. Eu queria ter um corpo como o dele, mais moreno, sem pelos. Ele era todo malhado, mas ao estilo dos nadadores. Esguio, cintura fina, ombros largos e peito estufado, sem exagero, naturalmente bonito. E pra completar a cena, um pau de uns 18 cm, totalmente ereto, como a nos desafiar a fazer algo. A mina percebeu que eu estava distraído e virou pra ver. E não resistiu. Avançou para o Edu com uma volúpia e abocanhou-lhe o pau com vontade.

Eu também me levantei e comecei a tirar minha bermuda. Tarefa difícil já que meu pau estava tão duro que eu mal conseguia descer o zíper. Nisso percebi um olhar. O Edu acompanhava cada movimento meu e sorriu quando viu que eu o observava agora. Eu comecei a provocá-lo, tirando minha bermuda bem devagar. Ele segurava a nuca da garota e metia com força o pau em sua boca. Finalmente, tirei a bermuda e meu pau bateu em minha barriga, feliz em estar ao ar livre e duro ao máximo.

Então foi a hora que a menina percebeu que agora era o Edu que estava distraído e, largando seu pau, virou-se pra ver o que era. Imediatamente ela se levantou e veio em minha direção, parou na minha frente e me beijou. Parecia que ia explodir, estava chupando o Eduardo por tabela. Podia sentir o gosto de seu pau ainda na boca da garota. Não queria mais nada da vida, não queria largar aquela boca, aquela sensação.

Ela, no entanto, começou a descer pelo meu pescoço, lambendo meu peito, minha barriga, até chegar ao meu pau, que ela admirou por um momento, antes de começar a tentar engoli-lo. Ela só conseguia chegar até a metade. Eu não podia culpá-la. Poucas podiam engolir meus 21cm.

O Eduardo havia chegado por trás e, ajoelhando-se, começou a beijar o pescoço da mina e a roçar o pau em sua bundinha, que ela empinava cada vez mais. O Edu rapidamente colocou uma camisinha e começou a penetrá-la por trás. A mina parecia que estava em órbita, com um pau na boceta e um na boca.

Ficamos assim uns 5 minutos, até que o Eduardo a puxou e, sem tirar de dentro virou-a para si e a beijou. Eu fiquei só contemplando a cena. Ela cavalgava o pau do Edu em ritmo frenético, enquanto ele parecia que queria engolir sua boca. Ele a beijava e olhava pra mim. Só então me dei conta... ele também queria sentir meu gosto.

Nesse momento ela se vira pra trás e empina a bundinha. Não precisava de um recado mais direto. Nunca havia sido tão fácil. Com o meu tamanho sempre tive dificuldade em convencer as meninas a liberar o cuzinho. Encapei meu pau e me posicionei atrás dela, entre as pernas do Edu. Nessa posição podia ver seu pau entrando e saindo de dentro dela, dava vontade de gozar só de ver. Comecei a empurrar com cuidado pra não machucá-la e fui penetrando-a devagar enquanto a abraçava e me inclinava sobre ela. Podia encará-lo diretamente então e ele não parava de me fitar com seus olhos castanhos. Eu o encarava também enquanto entrava no ritmo deles. A mina gemia tanto que parecia que ia explodir. Acho que ela queria ter mais homens ainda ao seu dispor.

De repente senti algo me puxando mais para dentro da garota. Olhei pra trás e percebi que o Eduardo pusera as mãos na minha bunda e me puxava contra a mina e contra si, por consequência. Olhei pra ele surpreso e ele tirou as mãos. Tinha evitado meter todo o pau com medo de machucá-la, mas ela parecia estar gostando. Estava então todo enterrado e pude sentir meu saco batendo no saco e no pau do Edu. Olhei bem fundo nos olhos dele. Eram só prazer. Prazer indescritível como eu também sentia.

Procurei suas mãos e as trouxe de volta às minhas pernas. Ele sorriu e me acariciou as coxas, subindo de novo até minha bunda. Assim posicionado, guiou o ritmo de minhas estocadas para que elas coincidissem com as suas e nossas bolas se enroscassem. A mina gritava alto agora, em pleno orgasmo. Quando ela se aquietou um pouco, senti que o Edu incrementou o ritmo e me puxava com as mãos para que eu fizesse o mesmo. Sentia o orgasmo me aproximar e ondas de prazer varriam o meu corpo enquanto eu metia na garota e o Edu acariciava minhas coxas e minha bunda freneticamente. Sentia suas mãos quentes. Ele parecia estar com febre. Comecei a gemer alto e sem desviar o olhar explodi. Gozei como nunca até então. Acho que até sinos eu ouvi. Enquanto me tremia com as ondas de prazer por todo o corpo, senti que o Edu parou, todo enterrado na boceta da garota e também começou a tremer. Ele parecia delirar. Sem parar de me fitar, gritou de prazer.

Ficamos ainda muito tempo deitados e abraçados. Ela dormia em seu peito e eu, que a abraçava por trás, recebia um cafuné do Edu, que me fitava com uma expressão estranha.

A volta transcorreu em silêncio. Havia uma sensação estranha pairando no ar. A garota parecia ter atinado para o que tinha acontecido e parecia estar envergonhada em ter dado corda para aquela situação. Quando estávamos perto de casa, ela nos pediu que mantivéssemos segredo do fato, ao que concordamos prontamente. Não era nossa intenção constranger ninguém. Como tínhamos fama de gente boa, ela parece que ficou tranquila. De todo modo, ela nunca mais saiu com a gente.

Mas não era com ela que eu estava preocupado. O Eduardo estava muito estranho. Por mais que eu brincasse com ele, ele só me respondia em monossílabos. Sem ser grosseiro, mas absolutamente seco. Sem um pingo do carinho e da jovialidade com que ele sempre me tratava.

Ele me deixou em casa e seguiu em direção à sua. Eu entrei, desarrumei a mochila, tomei um banho e fui até sua casa para ajudá-lo a guardar os apetrechos de camping. Vi que ele não tinha mexido em nada ainda, estava tudo no carro.

Subi as escadas até o seu quarto. Ele estava deitado na cama ouvindo música. Parecia pensativo.

— Oi, Edu, a gente precisa conversar, cara.

— Não tô muito disposto agora não, Felipe.

— Pô, cara, mas...

— Mas nada, Felipe. – interrompeu ele. Eu tô com dor de cabeça e não tô muito a fim de papo agora não, meu.

Ele nunca tinha falado assim comigo. Eu, sem ter mais o que dizer, fui embora com um aperto na garganta. Não tínhamos propriamente brigado, sei lá bem o que tinha acabado de acontecer, mas tinha a impressão que as coisas iriam mudar entre a gente.

O resto do verão passou depressa. Ele viajou com a família por um mês inteiro. Nos vimos pouco até começo do semestre na faculdade. Ele sempre me dava carona no semestre anterior. No primeiro dia de aula, quando estava saindo de casa, ele passou de carro, me viu e não parou. Eu voltei pra casa, não tinha mais clima pra assistir aula.

Esperei ele chegar em casa e fui até lá. Seus pais estavam fora, no trabalho, então eu pensei que poderia ter uma conversa séria com ele. Bati na porta e vi que estava aberta. Entrei e fui direto em seu quarto.

— O que você quer, Felipe? – ele perguntou.

— Quero falar com você, cara. Não é possível continuar com essa situação.

— Não tem situação nenhuma, Felipe. Eu estava viajando, cheguei há poucos dias e as aulas recomeçaram. Qual é o lance?

— Edu, você sabe que as coisas entre nós não vão bem desde aquele episódio do acampamento...

— Não tem nada a ver, cara, nós não forçamos a mina a fazer nada, ela fez...

— Você sabe bem do que eu estou falando.

— Não sei não, cara. Agora eu tenho que me aprontar pra sair...

Eu o interceptei a caminho da porta. Não iria deixa-lo escapar da situação de novo.

— Deixa eu passar, cara.

— Não, até que a gente sente e converse.

— Tô falando pra me deixar passar.

Havia raiva em sua voz. Mas eu não pretendia deixá-lo escapar dessa vez. Se ele não queria me ouvir, talvez ele entendesse de outra forma. Puxei-o e o beijei. O mundo pareceu derreter-se em volta. Ele ficou parado por uns momentos e chegou a corresponder ao meu beijo, mas desvencilhou-se de mim.

— Não podemos fazer isso cara. Isso está errado. Eu não quero...

— Não pode estar errado, Edu, você é meu melhor amigo, eu te amo, eu sei que você sente também...

— Eu não sinto nada, Felipe, você está enganado.

Eu não podia acreditar. Ele não queria reconhecer o que sentíamos um pelo outro. Tentei beijá-lo de novo. Ele desviou o rosto e me empurrou. Não esperava isso e bati em seu armário com força. Fiz menção de me aproximar de novo e ele me empurrou de novo. Eu não podia acreditar que ele quisesse me machucar.

— Edu, eu...

Senti uma dor excruciante. Ele tinha me dado um soco. Eu caí e bati a cabeça na cômoda. Nunca ninguém tinha conseguido me bater, eu sempre fui forte. Podia tê-lo impedido, mas nunca iria imaginar que o Edu me acertaria um soco. Logo o Edu, que eu defendera tantas vezes quando éramos crianças. Eu estava sentado no chão, passei a mão na nuca e vi que estava sangrando. Olhei pra ele.

Ele estava paralisado. Olhava pra mim quase em expressão nenhuma. Eu me levantei e sai, sem dizer mais nada.

Fui para casa. Estava arrasado. Não sabia o que pensar. Nunca sentira nada tão forte por alguém. Mas não me restavam muitas opções agora. Tinha que me conformar. Havia perdido o que eu achava que seria o amor da minha vida e também o meu melhor amigo.

Os dias se passaram e eu não o procurei mais. Às vezes, nos esbarrávamos na faculdade e ele olhava pra mim como se quisesse dizer algo, mas não falava nada. Eu, que estava determinado a não provocar mais nada, também ficava na minha. Era difícil, no entanto. A cada vez que o via, queria poder dizer-lhe que esquecêssemos tudo, que voltássemos a ser amigos, que eu sentia a falta dele.

Um dia estava ouvindo música em meu quarto quando notei que ele estava parado na porta, olhando para mim.

— Oi, Lipe. Posso entrar?

Eu não respondi. Continuei a fitá-lo. Não conseguia falar nada. Não tinha ainda me dado conta de como eu estava magoado com ele.

— Desculpe, cara. Eu vou embora...

— Não, espera... Não vá embora, não...

Ele voltou-se pra mim com um olhar interrogativo. Entrou e sentou-se ao meu lado na cama.

— Lipe, eu nem sei direito por onde começar... Eu não sei o que me deu, cara. Eu não tinha o direito de te machucar daquela forma. Sua cabeça já melhorou?

Ante o meu silêncio, ele continuou.

— Cara, me desculpe. Eu estou profundamente arrependido de ter agido como um babaca. Eu espero que você me perdoe. Você é o meu melhor amigo e eu sinto muito a sua falta. Fala alguma coisa, vai. Por favor...

As lágrimas rolavam. Ele se aproximou e enxugou meu rosto com as mãos. Seu toque agora era tão terno, como eu idealizava que seria...

— Se eu ao menos soubesse antes... Me perdoa, Lipe. Eu estava muito confuso. Eu não queria aceitar que o que eu sentia por você era mais que amizade...

Ele finalmente se aproximou e me beijou. Eu estava ainda muito assustado para fazer qualquer coisa. Percebendo a minha falta de reação, ele disse:

— Não fica assustado não, Lipe, eu não vou mais te magoar. Me beija, vai. Eu sei que você quer...

Era tudo o que eu mais queria nesse mundo, pra ser exato. Ele voltou a me beijar e desta vez eu correspondi com vigor. Ele parou de repente, eu olhei pra ele sem entender e ele se levantou e fechou a porta de quarto. Eu levantei e fui ao seu encontro, abraçando-o por trás enquanto afundava meu nariz em sua nuca para tentar capturar aquele cheiro que me inebriava. A muito custo ele conseguiu se desvencilhar do meu abraço e virou-se pra mim..

— Eu te amo, Lipe.

— Eu também te amo, Edu.

— Me desculpe se eu levei tanto tempo pra me dar conta, cara. Procurava tanto por ai... E o que eu realmente precisava para mim estava aqui ao meu lado todo esse tempo. Eu te amo, cara.

Voltei a beijá-lo. Um fogo começava a me consumir por dentro. Minha língua forçava a entrada em sua boca, minhas mãos viajavam pelas suas costas, sua nuca, sua bunda... Segurei firme em sua bunda e o puxei de encontro a mim, fazendo-o suspirar. Podia sentir seu pau me pressionando a perna.

Sem parar de beijá-lo, comecei a tirar nossas roupas. Parei um momento para admirá-lo. Nu, na minha frente, com o pau em riste, o Eduardo era um verdadeiro monumento. Queria poder capturar cada segundo e guardar na memória.

Antes que pudesse impedi-lo, o Edu caiu de joelhos e pegou no meu pau. Começou a punhetá-lo devagar e olhou pra mim.

— Como eu sonhei com isso, cara...

— Fique à vontade, é todo seu.

Quando senti sua boca engolindo meu pau, pensei que fosse me desmanchar. Sua boca era tão quente, tão úmida... apesar de sua falta de experiência ele parecia saber exatamente o que fazer, colocando qualquer mulher no chinelo.

— Vá com calma, gatinho, senão eu vou gozar logo.

Ele parou, levantou-se e chegando bem perto, falou:

— Certo, e não é isso que eu quero. Tenho outros planos...

Eu sorri e voltei a beijá-lo. Nossos corpos queimavam de calor. Ele me derrubou na cama e deitou sobre mim, empurrando seu pau contra o meu. O prazer era indescritível. A situação, inacreditável. Era demais para eu aguentar. Lágrimas começaram a rolar pelo meu rosto.

O Edu, quando percebeu, chegou bem próximo.

— Não chora não, meu gato. Eu te amo, eu tô aqui. Eu vou sempre estar aqui, sou todo seu.

E me beijou. Eu não sabia mais onde estava, tudo se dissolvia ao redor. Ele começou a afastar minhas pernas, posicionado-se entre elas.

Comecei a senti-lo pincelar meu cuzinho com o pau, procurando pela entrada. Instintivamente levantei um pouco as pernas, facilitando seu trabalho. Podia sentir seu pau encaixadinho. Ele parou. Eu, sem abrir os olhos, falei.

— Estão na gaveta do criado-mudo.

Ele entendeu direitinho e pegou as camisinhas e o gel. Vestido a contento, voltou a posicionar-se e olhou pra mim.

— Vem. Tô pronto pra você ¬– falei.

Por mais cuidado que se tenha, ser penetrado pela primeira vez, ainda mais por um pau daquele calibre, doía um bocado. Ele, percebendo meu desconforto, parou um pouco.

— Quer que eu pare, Felipe?

— Não, Edu. Vai passar logo.

Ele ficou uns bons minutos e retomou a penetração. Era tudo festa agora, não havia dor, só o prazer da sensação de estar sendo preenchido, completado.

Sentindo o caminho livre, o Edu começou a movimentação, aumentando o ritmo conforme as minhas respostas. Conforme ele sentia que agora era eu que empurrava a bunda ao encontro de seu pau, ele começou a estocar pra valer. Meu pau estava duraço então, batendo na minha barriga, ele começou a tocar pra mim, mas sua posição, entre minhas pernas, não ajudava.

Eu assumi esse trabalho e comecei a tocar a melhor punheta da minha vida, como pau do Edu todino dentro de mim.

— Eu não vou aguentar muito tempo, Edu, tá bom demais...

— Então goza, eu tô quase lá também. Você é quente demais. Que cuzinho...

Comecei a jorrar em seguida. Minhas pernas tremiam, meus braços tremiam, meu coração parecia que ia explodir. O Eduardo, me vendo assim, começou a gemer também, caindo sobre mim ofegante.

Um bom tempo depois, voltando de paradise city, sentia sua respiração em meu pescoço. Ele ainda estava sobre mim, parecia que cochilava.

Ele notou que eu me mexia e levantou a cabeça, olhando pra mim. Eu sorri e disse:

— Você tem que ir pra casa? Já está meio tarde.

— Casa, que casa? Eu tenho outros planos...

Disse isso e deitou na cama, fazendo-me abraça-lo por trás...

Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (249)
Polux14/12/2016 14:41
Polux14/12/2016 14:41
Muito bom o conto
Julio30/04/2016 10:41
Julio30/04/2016 10:41
Muito bom. Raro por aqui lei uma história de amor... e excitante! Um bom escritor. Parabéns.
ADCM30/10/2015 1:53
ADCM30/10/2015 1:53
Emocionante quase choro agora . Me lembro de um garoto muito especial
Paulo07/07/2015 22:26
Paulo07/07/2015 22:26
O melhor conto que já li aqui, adorei!!!
tallis miller22/07/2014 18:55
tallis miller22/07/2014 18:55
O conto foi muito bom confesso q chorei pois meu melhor amigo se chama eduardo sou apaixonado por ele demais e ele me trata como se fosse irmao dele. E eu simplismente me conformo so q ele nao sabe desse meu lado ..... amo demais ele por isso q fico quieto pra nao perder a amizade dele..
Alisson 02/05/2014 14:49
Alisson 02/05/2014 14:49
Não me canso de ler esse conto, ele é lindo demais, li em 2011, li em 2014 e vou ler ele sempre que puder, linda a história de amor do Lipe e do Edu #fofos s2
bob04/01/2014 15:47
bob04/01/2014 15:47
Esse foi o melhor de todos os comtos,eu queria esta la com eles!! :-D
guilherme26/08/2013 17:34
guilherme26/08/2013 17:34
essa historia e impolgante.
carlao do ma25/08/2013 22:55
carlao do ma25/08/2013 22:55
simplesmente lindo ece conto. Xorei
Danyel Knowles13/05/2013 22:59
Danyel Knowles13/05/2013 22:59
Toda vez que leio esse conto eu choro ele é muito lindo
di20/04/2013 16:42
di20/04/2013 16:42
O melhor conto que ja li. Envolvente...e excitante, Tem continuçao¿
carlos04/04/2013 23:40
carlos04/04/2013 23:40
Parabéns pelo conto torso para que seja real Porque a história é muito bonita , difícil de ser encontrada Moro em SP a 9 messes já conversei com varias pessoas Mais a putaria rola solta e os sentimentos sumirão Sou romântico sim (mais safado também) Se alguém quiser me conhecer me liga (11 987112566) e tin
Ramom15/03/2013 8:55
Ramom15/03/2013 8:55
Conto muito bom o amor é incrivel!
Ale.fofinho28/12/2012 1:11
Ale.fofinho28/12/2012 1:11
aconteceu quase essa historia comigo e meu namo.. agente ficou amigo.. eu contava quase td pra ele, e ele contava td pra mim.. mas em 10 de dezembrode 2011 eu bj ele.. mas ficamos meio com vergonha.. ai ficamos alguns dias sem se falar.. ai ele veio perto de mim, nos encontramos no mercado (minha mae conto onde eu estava pata ele) ai ele foi.. e me bj la na fila do caixa.. ele falou q ne amava (ainda amo) .. hj estou aki com ele.. eu com os meus 16anos e ele com 19anos.. meus pais gostam mto dele.. e praticamente to morando com ele.. ele é super perfeito
Ramon07/12/2012 2:05
Ramon07/12/2012 2:05
O Melhor conto que ja li na minha vida toda, muito bem redigida. PARABENS, queria ler mais contos assim, bem elaborados.
kleber Servolo Ridlle.03/11/2012 19:39
kleber Servolo Ridlle.03/11/2012 19:39
Muto bom a narrativa do autor... Simplesmente fantástica a história.Muito bem escrita e falada,os fatos chamam atenção e dão um toque lindo ao mesmo tempo que romântico ao Texto. Parabéns.
henrique24/09/2012 13:01
henrique24/09/2012 13:01
oi gente tenho 15 anos gostei de mais e um dos melhores contos eu queria que qualquer um de vcs me respondesse como vou saber esatamente se meu colega de classe que fica trocando olhares comigo e gay e gosta de mim?
Thiago Augusto-BH07/07/2012 15:47
Thiago Augusto-BH07/07/2012 15:47
Gostei muito deste conto, mais acho que são muito facil, exemplo um fala que nao é gay, o outro corre atraz, depois o outro que diz nao ser gay, joga meia duzia de palavra , e o outro cai igual um patinho.
Bonifàcio 15/05/2012 19:36
Bonifàcio 15/05/2012 19:36
adoro estes contos leio todos os dias mas este foi maravilhoso eu ja tive um amigo assim
Bi17/04/2012 15:57
Bi17/04/2012 15:57
Bem q o Mundo Mais podia fazer um filme desse conto, faiz ai Mundo Mais.
Kayke08/04/2012 22:10
Kayke08/04/2012 22:10
Esse foi um dos melhores contos q eu ja li... Eu queria ter uma historia de amor como essa... Alguem esta afim de ter uma relaÇao seria me add no msn...kayke_gostosinhoxd@hotmail.com.... Bjs presiso de um amor n aguento + ficar sosinho...XD
lucas08/04/2012 19:11
lucas08/04/2012 19:11
amigos eu amei de paixão esa história foi emocionante esa foi amelho história que eu vá vi souza_281@hotmail.com vamos conversa orkut @so_louco quando adicionais me avisa e msn lucas_6718@hotmail.com
Jackson02/04/2012 22:15
Jackson02/04/2012 22:15
Eu to sem palavras para falar mais foi uma bela historia d amor e tesao guase que eu toco uma aki eu guase chorei mim emosionei muito.
leo16/03/2012 15:55
leo16/03/2012 15:55
é a quinta vez que leio esse conto, lindo de mais,,, Mike deveria escrever um livro, e postar mais contos... Me escreve Mike. leo.gatinho_bol@hotmail.com.
Miguel Godoy10/03/2012 13:31
Miguel Godoy10/03/2012 13:31
Esta perfeita nossa se foi real se sinta realizado... Tenho um grande amor tbm... Mas quero largar um pra reencontrar ele e sua história só me deixou mais incentivado pra fazer isso conte mais conte outros parabéns
Williams_Fagundes06/03/2012 19:19
Williams_Fagundes06/03/2012 19:19
essa historia e linda e tem varias vertentes pois tem tudo que um conto precisa pra ser lindo tem a emoção tem tristeza e tem a felicidade
daniel!!!27/02/2012 1:07
daniel!!!27/02/2012 1:07
cara eu to completamente apaixonado por essa historia!!!!!!!!!!!!! eu preciso de uma amizade assim!!!!
lucival19/02/2012 12:34
lucival19/02/2012 12:34
essa é a melhor história que já li em toda minha vida...depois de ler me senti como felipe e minha paixão (não compreendida) como eduardo. mto linda mesma
fernando 28/01/2012 17:08
fernando 28/01/2012 17:08
Gostei muito desta historia de romance quero muito saber o resto ou melhor a continuação desde casa amoro gosto muito desdes contos fica meu email so identifique contos rsrsrrs hot.cajuru@hotmail.com
Madecrastro26/01/2012 7:09
Madecrastro26/01/2012 7:09
Muito lindo o seu conto viu! Quero saber mais de vcs o que vcs stao fazendo, por favor nos conte stou esperando Bjos!!
Alisson24/01/2012 5:13
Alisson24/01/2012 5:13
Sem dúvidas esse foi o melhor conto que li. A história em si é linda, o cuidado do autor em narrar os detalhes e as situações fizeram eu me sentir na história, vendo tudo e podendo desenhar o Felipe e Eduardo em minha imaginação. A capacidade do escritor de tentar mostrar toda uma delicadeza e afeto entre os protagonistas no lugar de algo mais vulgar, sem dúvidas, foi o que mais me conquistou. Quem escreveu isso está de parabéns e eu não vejo a hora de ler outros contos de mesma autoria.
Alex e Xandi14/01/2012 0:41
Alex e Xandi14/01/2012 0:41
Esse conto foi muito bem escrito e muito criativo, muito bom gostei parabéns!
diogoxcampos12/01/2012 12:45
diogoxcampos12/01/2012 12:45
Muitoooo show, o melhor que eu já li. Mas a história não acabou por ai não em, eu queria saber se vai ter continuação.
MK31/12/2011 17:13
MK31/12/2011 17:13
Cara que história... tive vontade de chorar linda... Emocionante... Parabéns!!!
Marcos Mike27/12/2011 16:18
Marcos Mike27/12/2011 16:18
Pessoal, obrigado pelos comentários! É gratificante ter o trabalho apreciado! Grande abraço! marcosbr2011@gmail.com
fah passivinho27/12/2011 2:19
fah passivinho27/12/2011 2:19
Adoorrreeeeiiiiiii... Chorei pois tbm tenho um amigo q eu sei q oq eu sinto por ele naum e so amizad mas tenho medo de tomar a iniciativa e akbar com anos de amizade
Julio24/12/2011 4:06
Julio24/12/2011 4:06
simplesmente perfeito esse conto da pra imaginar como o Felipe e o Eduardo seriam, cada parte da estoria. Exatamente o que um conto tem q despertar... a imaginação. parabens ao autor e espero q tenha mais contos parecidos com este.
Eu23/12/2011 23:57
Eu23/12/2011 23:57
Esse é o melhor conto do mundo.Queria ter a oportunidade de compartilhar dessa historia.
Nine19/12/2011 22:36
Nine19/12/2011 22:36
Cara,parabens! ja li muitos contos mas nunca um tão empolgante e emocionante quanto o seu!!! concordo com o cara que falou que daria um otimo filme, eu com certeza assistiria.parabens!
LEEH06/12/2011 0:20
LEEH06/12/2011 0:20
Caras o conto de vcs inteirinho!!! muito bonito a história de vcs! E fico feliz pq no deu td certo!!! ah e tbém foi o melhor conto que jah li na vida! felicidades pra vcs...
.....PB....02/12/2011 16:32
.....PB....02/12/2011 16:32
Emocionante esse conto lindo demais,adoro essas historias de amor é muito massa,foi o melhor conto que ja li aqui muito bom mesmo e Edu e Felipe que vcs sejão muito Felizes Juntos..
....22/11/2011 20:31
....22/11/2011 20:31
Que maravilhoso ! Rios de lagrimas derramaram dos meus olhos na metade do conto, e em seguida estava em pranto. Minha historia é muito parecida, o problema é que o meu melhor amigo partiu, não está mais aqui comigo. Mas eu nunca deixarei de ama-lo. Melhor conto do MundoMais !
carlos natan18/11/2011 23:31
carlos natan18/11/2011 23:31
liiiiiiiiiiixo muito lerolero pra chegar em um final que todos nos sabiamos a goza idiota demais depois eu te ensino seja mais realista mané!!!!!!!
Leo_MA17/11/2011 15:38
Leo_MA17/11/2011 15:38
Um dos melhores contos q já li e o melhor q li aki, gostei tb de alguns comentarios onde alguns ai citam suas historias da vida real, seria bom se o site criasse uma pagina ou sei la algo parecido pra q os usuarios narrassem suas experincias ou fatos acontecidos...iso servira pra troca d experiencias tb, ja q ese nosso mundo é cheio de misterios e perigos! Fica ai pra produção d mundo mais analisar...
walison 17/11/2011 11:44
walison 17/11/2011 11:44
adorei a historia uma hora eu mandarei dores de amor
Junior30/10/2011 2:20
Junior30/10/2011 2:20
Nass mann, esse conto foi demais, nuss, valeu muiiito a pena tê-lo lido. Perfeito cara. Parabens. que o Lipe e o Edu sejam felizes eternamente. : ))
filipe27/10/2011 21:48
filipe27/10/2011 21:48
adorei essa historia de mor lindo, so espero que o eduardo e filipe sejam muito felizes, eu tambem xto aprocura de um amor como esse que vem me tirar a castidade.adorei a vossa historia meus parabens.
izak26/10/2011 18:59
izak26/10/2011 18:59
Sensacional uma linda história de amor.
Bim24/10/2011 10:10
Bim24/10/2011 10:10
Eu ja li esse conto umas 3 vezes e nao me canso de ler, fico de pau duro to vez que leio. Maravilhoso.
willyam22/10/2011 10:01
willyam22/10/2011 10:01
Adorei esse romançe.... Parabéns foi o melhor conto que li ate hj...
wesley22/10/2011 4:02
wesley22/10/2011 4:02
muito legal, merece virar um filme aposto q ia ganhar varios premios É O MELHOR CONTO......
Leo19/10/2011 21:06
Leo19/10/2011 21:06
Marcos mike, tentei te procurar no orkut em lguma comunidade mais não tem! pensei q vc tivesse aguma, pq vc é talentosissimo!!! se tiver orkut por favor entre em contato comigo, pois gotaria de te conhecer melhor! obrigado seu fã Leo! leo.gatinho_bol@hotmai.com- MSN--- leosts@yahoo.com- ORKUT.
Leo19/10/2011 20:54
Leo19/10/2011 20:54
Esse foi o melhor conto, e a melhor historia de amor q eu ja li em minha vida! e olha q leio muitos viu!!! chorei com esse! rs
Re16/10/2011 2:12
Re16/10/2011 2:12
Muito legal.....concordo com Mau---eu tbm nunca parei pra comentar outros contos mais esse é nota 1000 quase chorei lendo. fiquei parado no espaço
D. Becker11/10/2011 12:16
D. Becker11/10/2011 12:16
simplesmente maravilhoso, parabéns ao criador do conto
meninu 10/10/2011 3:09
meninu 10/10/2011 3:09
nossa historia excitante e ao mesmo tempo emocionante quase choro rsrs muito linda.
Leobp27/09/2011 23:35
Leobp27/09/2011 23:35
Adorei sua história,ela me lembra um pouco a minha.realmemte é dificil uma pessoa aceitar que vc a ama e q ela tbm ama vc ,principalmente se essa pessoa nunca teve nenhum contato com outro homen antes...
léo24/09/2011 17:19
léo24/09/2011 17:19
Nunca vi algo tão original , muito lindo cara . . . adorei,
Luan...21/09/2011 20:42
Luan...21/09/2011 20:42
Um dia eu tambem contarei aminha, linda como esta........
salomão21/09/2011 17:39
salomão21/09/2011 17:39
o melhor conto que eu ja li em toda minha vida por favor Marcos Mike faça uma continuação pra essa historia!
diego18/09/2011 10:17
diego18/09/2011 10:17
ixxi sem comentário todos ja falaram o q iria falar parabéns pela história.
Guto16/09/2011 1:18
Guto16/09/2011 1:18
Nossa bonito conto sdm duvida foi um dos melhores da minha vida c naum o melhor.isto esta acontecendo comigo.
vinicius mb13/09/2011 2:25
vinicius mb13/09/2011 2:25
muito legal o conto de vcs primeiro conto que eu leio e fico entereçado parabens quem quizer me add msn:monteirogtc@hotmail.com
Elson12/09/2011 20:55
Elson12/09/2011 20:55
NA MINHA OPINIÃO FOI A MELHOR HISTÓRIA QUE JÁ LI EM TODA MINHA VIDA. UMA HISTÓRIA DE VIDA, AMOR E RESPEITO MÚTUO. ME FEZ LEMBRAR DE ALGUÉM QUE AMO MUITO MAS QUE INFELIZMENTE NÃO VINGOU. MAS SEI QUE ELE SENTE MINHA FALTA TANTO QUANTO SINTO A DELE. ADOREI A HISTÓRIA. PARABÉNS, AMEI.
gustavo 11/09/2011 18:00
gustavo 11/09/2011 18:00
adorei muito parabens msn:guhares@hotmail.com
gustavo11/09/2011 17:58
gustavo11/09/2011 17:58
eu adorei essa historia é muito linda fez eu viajar e lembrar de um alguem que é muito especial para mim.parabéns
Carlos11/09/2011 13:57
Carlos11/09/2011 13:57
So tenho a elogiar e elogiar pois o autor desse conto foi d+ ao nos contar essa linda historia sendo ficticia ou naum é chou de bola.
Lancelot10/09/2011 13:53
Lancelot10/09/2011 13:53
Esse romance me fez viajar. Fiquei comovido e excitado. Se foi real, é perfeito, tudo que eu queria que tivesse acontecido na minha vida. Vivi uma paixão desse tipo na juventude mas não fui correspondido. Me apaixonei por um primo que era meu amigo inseparável. Me declarei e até tivemos um relacionamento carnal, ele só queria sexo e nada mais. Continuamos nos encontrando até que eu, desiludido com o amor não correspondido, arranjei um menina e casei com ela. Ele não se afastou de mim e continuamos nos encontrando até que minha esposa, incomodada com a nossa amizade um tanto quanto "excessiva", apresentou-lhe uma amiga e começaram a namorar e também acabaram casando. Hoje somos amigos apenas e ambos nos separamos de nossas esposas e vivemos outras experiências, cada um pro seu lado. Um amor como esse do conto é muito raro e bonito. ADOREI..... Se é ficção, por favor, continue, você tem um grande talento como escritor, e conhece profundamente as sensações e sentimentos que permeiam os corações dos entendidos..... Um beijo no coração.
jo09/09/2011 10:22
jo09/09/2011 10:22
lindo o conto chorrei tanto com a historia , o melhor de todos mundomais coloca mais contos assim pra nos , adoramos
JUNINHO LUCENA02/09/2011 23:51
JUNINHO LUCENA02/09/2011 23:51
Caraca esse conto é o melhor que tem aki no site, uma história de amor verdadeira, já tinha lido antes, mas é tão bom que leio e releio várias vezes, meu pau fica duraço, hehe, espero um dia ter uma história de amor parecida com essa, se algum ativo quiser entrar nessa comigo add meu msn:ideilto@hotmail.com ORKUT:ideilto@hotmail.com
Nossa esse conto foi nota 10 o amor sem limites o desencontro de sentimentos nada melhor parabens ao autor e se foi verdadeiro adoraria conversar com eles pra saber como estão hj em dia sou de fortaleza
Sidnei luiz virtuoso01/09/2011 23:49
Sidnei luiz virtuoso01/09/2011 23:49
Felipe parabens pela linda historia de amor queria eu ter alguem para me amar assim um beijo
Vagner31/08/2011 17:49
Vagner31/08/2011 17:49
Olá pessoal isso ai não é nem um conto e sim a historia de uma bela biba que um dia encontra seu principe encantado ai eles vivem felizes para sempre. mais não deixa de ser um belo conto(fantasia)!!! Valeu galera!!!!!!
Junior28/08/2011 4:35
Junior28/08/2011 4:35
É realmente um historia muito linda e uma coisa e verdadeira amigos próximos assim se amam eu tb tenho um grande amigo nos já tivemos momentos assim porem não temos coragem eu principalmente por gostar dele porem tenho medo da reação dele. Linda paixão amor verdadeiro quero muito isso pra mim mas Deus sabe o que faz se for pra ser vai ser se não vamos tocar a vida.
Andeerson25/08/2011 15:46
Andeerson25/08/2011 15:46
Muito bom o texto!. Muito linda a história. (:
Carlos 21/08/2011 14:51
Carlos 21/08/2011 14:51
Ai que conto lindo e perfeito . Amei . Amizade e amor . Eu ainda não me descobrir não sei se sou homem ou bissexual . Tenho 13 anos .
XOROS ROMÁNTICOS....20/08/2011 21:54
XOROS ROMÁNTICOS....20/08/2011 21:54
Eu acho k vo chorar...Obrigado por estragar a minha noite de sono!!!
Digobratio20/08/2011 19:48
Digobratio20/08/2011 19:48
Para todos que curtiram esse conto , se quiser me add no msn e ver se rola uma pegada é so me add ou me ligar o meu msn é harrybratio@hotmail.com ........ 64433785 (tim)
BOBBOY20/08/2011 17:35
BOBBOY20/08/2011 17:35
SE TODA HISTORIA FOSSE ASSIM SERIA BOM DE MAIS . MUITO BOM O CONTO
Harry Bratio sp capital20/08/2011 8:04
Harry Bratio sp capital20/08/2011 8:04
Parabéns pelo conto, muito bom, otima história, fiquei exitadíssimo....... meu fone 64433785 (tim)
lek legal19/08/2011 12:37
lek legal19/08/2011 12:37
Nossa muito bom o conto. Seria interessante transformá-lo em filme seja curta ou longa metragem.
Alisson19/08/2011 0:15
Alisson19/08/2011 0:15
Nossa quase chorei com essa história pois estou passando por uma fase bem parecida só que nao conheço o meu melhor amigo a tanto tempo assim e pra piora ele tem namorada aff to sofrendo por isso hehe bom mas vai que aconteça igualzinho comigo nossa vo ama Bjus
DIÓGENES17/08/2011 21:46
DIÓGENES17/08/2011 21:46
Gostei,bastante original !!!
lucas guilherme16/08/2011 2:33
lucas guilherme16/08/2011 2:33
amei a história,muito romantica msm gostaria de achar um edu na minha vida e viver um romance desse um dia!!!
Gui13/08/2011 23:39
Gui13/08/2011 23:39
Conto muito bom!
thiago rocha06/08/2011 16:37
thiago rocha06/08/2011 16:37
Bem legal esse conto tambem quero um amigo q quer experimentar como é bom ser enrabado eu sou ativo e tô doido pra fuder uma bundinha deliciosa me add.thiagorocha20@hotmail.com(tô esperando por vc).
Mateus 04/08/2011 22:49
Mateus 04/08/2011 22:49
Amei a historia, queria ter um amigo como o lipe é o edu, msn é mbs.sales@hotmail.com
daniel02/08/2011 8:26
daniel02/08/2011 8:26
me apresenta o edu por favor
Novato-rj02/08/2011 1:40
Novato-rj02/08/2011 1:40
por incrivel que pareça, eu tenho um amigo assim. voltou tudo na minha memória. abrs!!!!!
Holle carioca27/07/2011 22:17
Holle carioca27/07/2011 22:17
Excelente conto, me fez ficar envolvido na historia. A historia é batida mais os detalhes da narrativa indicam ser um profissional. Parabens e por favor continui enviado contos dessa qualidade. vlw
B***h27/07/2011 1:57
B***h27/07/2011 1:57
Muito boa a história; É esse amor q deve existir entre gays;heteros,etc. Parabéns ao escritor! Muito bem relatado!
Gui23/07/2011 22:05
Gui23/07/2011 22:05
O q tá acontecendo? Kd os novos contos? Mundo Mais tá devendo!
camilo de vitoria21/07/2011 15:12
camilo de vitoria21/07/2011 15:12
ja faz mais de 30 dias que esta porra naum posta um conto vai ser fraco assim mais longe....................
Lucas21/07/2011 1:00
Lucas21/07/2011 1:00
Nossa perfeito esse contoo, muito boom, adorei.
ADILSON SOROCA18/07/2011 1:42
ADILSON SOROCA18/07/2011 1:42
QUE CONTO MARAVILHOSO, EU ESTOU MARAVILHADO PARABÉNS AO AUTOR DESTE CONTO
Leandro16/07/2011 13:11
Leandro16/07/2011 13:11
Ninguem vai escrever mais nada, nao? Tudo bem q é uma ficçao lindissima, mas nao é pra ser a última. Abraços.
caraca14/07/2011 10:40
caraca14/07/2011 10:40
Puta que pariu mundo mais... um mês sem conto e foda viu, ta fraco de contos é? coloca ai, adoro os contos
Leo pok12/07/2011 22:53
Leo pok12/07/2011 22:53
Lindo...me lembbrei de uma situação parecida mas q nãoa deu certo parabns pelo conto
Mau gyn12/07/2011 13:00
Mau gyn12/07/2011 13:00
Nossa sensacional, um belíssimo conto, me prendeu do início ao fim!!!
junior12/07/2011 11:03
junior12/07/2011 11:03
que bela estoria de amor e um sonho ,e tudo que nos queremos para nos eu estou muito fragil hoje mas estou a procura de alguem bacana pra mim tb que vcs sejam muito felizes .se alguem quiser me add hbhte@hotmail.com sou de bh minas gerais
hugo11/07/2011 11:22
hugo11/07/2011 11:22
muito bom o conto, quem for do rj e tiver a fim de fazer o mesmo, add no msn hugonapica@hotmail.com
kadu al 11/07/2011 10:20
kadu al 11/07/2011 10:20
cara q conto atraente queria ter um amigo assim
Saullo10/07/2011 16:44
Saullo10/07/2011 16:44
Parabens! Sem duvida o melhor conto , em certos momentos eu cheguei a me ver dentro da historia . E a lagrima rolou .
gardel09/07/2011 21:24
gardel09/07/2011 21:24
com certeza o melhor conto que ja li. daria um otimo filme. o que tão esperando gente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Fulanito08/07/2011 18:08
Fulanito08/07/2011 18:08
Nossa, como gostaria que meu melhor amigo lesse esta belissima e excitante historia, quem sabe ele tambem fosse acordar e saber o que realmente eu sinto por ele.
Analisando06/07/2011 21:48
Analisando06/07/2011 21:48
Excelente história, daria até p/ fazer um filme, mas duvido muito que seja real.
neto05/07/2011 20:08
neto05/07/2011 20:08
cara que conto perfeito, pow muito linda esse história.Foi uma superação de coragens e amor.
Matt05/07/2011 16:49
Matt05/07/2011 16:49
SENSACIONAL! Bem escrito demais. Fez minha mente trabalhar o tempo todo. Extremamente excitante.
Douglas05/07/2011 1:38
Douglas05/07/2011 1:38
Nossa, esse conto me fez gozar duas maravilhosas vezes, e ainda me fez chorar pelo tom de romantismo e amor passado pelo autor. Muito bom esse conto. Maravilhoso. Parabéns ao autor.
CAMPINENSE03/07/2011 10:14
CAMPINENSE03/07/2011 10:14
ME ADD CURTICAOHXH1985@HOTMAIL.COM
daniel02/07/2011 19:13
daniel02/07/2011 19:13
Procuro alguem aki p construir a regunda parte dessa historia lady-gagaromance@hotmail.com , ou 51 97765193 se vc for do sul.
jorginho02/07/2011 13:50
jorginho02/07/2011 13:50
O conto é muito bem escrito. Principalmente isso...é "meio" inspirado no filme mexicano "E sua mãe também", de Alfonso Cuáron...só que com final feliz!!..de qualquer maneira, é sensual e romêntico, sacana e emotivo, dá tezão e emociona...isso foi uma vitória...
T@LO 02/07/2011 10:56
T@LO 02/07/2011 10:56
Caraca... Excitantemente Romantico e Sensual, sem o menor teor de pornografia. Só pode ter sido REAL, se nao foi, bem pelo menos viajei me transpondo nos personagens... Meus sinceros Parabens aos escritor, caso tenah sido REAL, Nooossa adoraria conhecer pessoalmente os amantes e poder pelo menos sentir esse amor rpofundo nos olhos deles. Fantastico .... sp99br@zipmail.com.br
daniel02/07/2011 0:51
daniel02/07/2011 0:51
Um dos melhores da atualidade . Eu estavat lendo e ao mesmo tempo me lembrando do EZEQUIEL , meu ex melhor amigo . Eramos tao imtimos q ja chegamos a comer uma garota juntos , e detalhe , ela ja tinha namorado comigo e com ele . Mas nossa amizade akabou nao foi por isso , embora ele soubesce dos meus segredos e eu os dele , oke nos separou foi o msn . É q deixei aberto no PC dele e serto dia emtrei e começaram a me julgar por coisas q so uma pessoa sabia . Me diziam q eu havia dito akilo um dia antes eu ter conectado . Q nao era verdadi, eu na6 tinha entrado . O fato é q ele tem um irmao + novo , q tmbm uzava o PC , e hj em dia pemso :sera q foi ele , ele nega , mas era dele o computador , oke eu podia fazer ? Desde emtao nao nos falamos mais , eld ate arrumou uma namordada . Eu dizia p ele q morava no meu coraçao . Ele correspondia da mesma forma . Eramos tao imtimos q olhavamos videos um do outro se masturbando , ja xeguei a comfessar a ele q keria chupar seu pau . Ele se dizia sem geito . CLARO , ELE É HÉTERO , E EU "GAY". Agora lendo essa historia me bateu + saudadi dele ainda , eu nunka vou eskece-lo , d kualker forma sempre vou amar . Moramos no mesmo municipio , mas nao nos falamos . A vontadi é d xegar nele e pedir desculpas , mesmo ele estando errado . Acho q podia dizer q perdi o kara da minha vida .Faziamos pratikamenti td juntos , so nao trabalhamos juntos , mas estudamos.
Rick SP01/07/2011 17:12
Rick SP01/07/2011 17:12
Estou extasiado sem dúvidas é o melhor conto que já li aqui.Queria viver tudo isso tambem.
JUNINHO01/07/2011 13:36
JUNINHO01/07/2011 13:36
o melhor conto, lindo, como diz a Beck da novela Rebelde: AMEI, AMEI, AMEI, quero que aconteça um dia comigo, essa linda história de amor, meu pau ficou duraço, hehehe
lukas01/07/2011 6:28
lukas01/07/2011 6:28
parebens mesmo cara esta linda,eu chorei,espero q vc n para de fazer contos vc e otimo.
Gatopass 30/06/2011 0:26
Gatopass 30/06/2011 0:26
nossa sem comentários... linda linda linda a história . Leio sempre que entro no site. Parabéns garoto.
snif29/06/2011 18:17
snif29/06/2011 18:17
To chorando ainda......muito romântico.....quero isso pra mim tb.....
James28/06/2011 22:43
James28/06/2011 22:43
o melhor conto que já li aqui acho lindo essas histórias que ligam afetividade e sexualidade por que quebra um pouco todo o conteúdo de pornografia em que os dois simplismente se encontram e fodem-se e fim...,esse deixou até o sexo entre os dois hiper romântico e invejável por muitos.
diegomattos88@hotmail.com28/06/2011 19:11
diegomattos88@hotmail.com28/06/2011 19:11
Adorei o conto... um dos melhores ja postados ate agora!!
nego jr28/06/2011 13:39
nego jr28/06/2011 13:39
Cara,viajei em cada palavra do seu conto e deliciei-me,bastante. Parabens!
leo.marques27/06/2011 23:55
leo.marques27/06/2011 23:55
Casal assim é muito difícil, atualmente estou casado á 12 anos, nossa história tem muitos relatos destes,realmente esse, de todos os contos gays que sempre leio, É A MELHOR,Parabéns,
Jorge Silva PE27/06/2011 18:26
Jorge Silva PE27/06/2011 18:26
Li a historia toda e essa foi a melhor historia erótica gay quie li em minha vida,parabéns ,boa sorte pra vcs,keria eu ter essa vida!!
Wesley27/06/2011 14:52
Wesley27/06/2011 14:52
Muito bom!!! Poderia ter continuação!
paulo27/06/2011 12:14
paulo27/06/2011 12:14
muito linda esta historia meu msn paulo.cesar101@itelefonica.com.br
Marcos Mike26/06/2011 1:15
Marcos Mike26/06/2011 1:15
Sensacional galera! Fiquei muito emocionado com a receptividade de todos vocês! Muito obrigado! marcosbr2011@gmail.com
romantico_sarado sp25/06/2011 23:59
romantico_sarado sp25/06/2011 23:59
to chorando aki... lindo! parabens pelo realismo!!
Gustavo/SSA25/06/2011 23:34
Gustavo/SSA25/06/2011 23:34
Concordo plenamente com Marcos/RS
mlk_vale do paraíba-sp25/06/2011 21:11
mlk_vale do paraíba-sp25/06/2011 21:11
puutzs mano...imaginei cada pedaço mt bm o coOnto...leke 19 anos bi naum efeminado add aew lek_skng@hotmail.com...sigilo total brother
Allisson lucas24/06/2011 18:57
Allisson lucas24/06/2011 18:57
Oi gatinhos do rio sou ativo e adoro comer um cuzinho me add msn.alissonlucasipu@hotmail.com
edmilson24/06/2011 0:39
edmilson24/06/2011 0:39
muito bom o conto, parabens, me fez lembrar de um amigo q tive que era apaixonado por mim e eu por ele mas nenhum de nos tivemos coragem de se declarar para o outro, hoje ele mora em outra cidade, casou e se separou-se e eu ainda estou solteiro, e ainda sinto a falta dele, mas faz tempo q ñ o vejo,
Julio (Belém)23/06/2011 12:38
Julio (Belém)23/06/2011 12:38
OTIMOOOOOOOOOOOOOOOOO MESMOOO!! COM MUITO ROMANTISMO , coisa que falta nesses contos e sem falar que é o que todos nós queremos, alguém que nos compreenda, nos respeite... que apesar de tudo ainda podemos amar e ser amado, Parabéns para o escritor, estava quase chorando aqui lendo..Abraços de Belém do Para!
Mc Ferrou22/06/2011 13:57
Mc Ferrou22/06/2011 13:57
este conto é otimo dava um lindo Filme imaginei cada cena lindo conto ate salvei o link se eu kiser ler d nv Edu, Lipe este escritor é otimo! ... sonho da Minha vida
Douglas SP22/06/2011 9:10
Douglas SP22/06/2011 9:10
Nossa, foi o Melhor conto que eu já li em toda a minha Vida no Mundo Mais , Parabéns à eles por terem dado valor a um sentimento tão Lindo que é o Amor, espero que sejam muito felizes ..
LJ-RN22/06/2011 6:00
LJ-RN22/06/2011 6:00
Meu Deus! Simplesmente o melhor! Não! O MELHOR MESMO! Marcos Mike, agora vou sempre levar e o Felipe e o Eduardo na memória. Eu vi cada cena relatada por você. Isso deveria virar filme! Um grande abraço, Marcos!
Bruno RJ22/06/2011 4:21
Bruno RJ22/06/2011 4:21
Um conto como este não precisa sequer de alguma palavra, o conto por si só diz tudo, sinti um arrepio na espinha e um tesão louco, imaginei toda a cena de amor entre os dois... explodi em uma louca viagem que não desejaria nunca acordar.... Conheci uma pessoa a alguns dias atrás que está me fazendo viajar do mesmo jeito do conto... está sendo muito bom... te adoro demais meu amor lindo... B & W....
Lipee ( Brasilia)22/06/2011 3:54
Lipee ( Brasilia)22/06/2011 3:54
O tamanho do texto visivelmente acaba sendo desistimulador,mas o conto foi e é taum interessante,q merece parabns! Bacana o enrredo,um jogo flexivel de afeto e sexo. (Lipe-gms@hotmail.com)
Leo Sampa22/06/2011 1:00
Leo Sampa22/06/2011 1:00
Essa é a história de amor que todo mundo sonha! Parabéns Mundo Mais, esse foi o melhor conto puvblicado por vocês...
dinho22/06/2011 0:29
dinho22/06/2011 0:29
já li muitos contos mais como esse nunca muito bom
dinho22/06/2011 0:26
dinho22/06/2011 0:26
o melhor conto
Perdio21/06/2011 19:16
Perdio21/06/2011 19:16
Queria saber escrever assim, ops, melhor, queria viver isso.....
Leandro21/06/2011 14:22
Leandro21/06/2011 14:22
Caralho mano.....sem comentários..certeza melhor até a agora...a estória lembra um pouco a do terceiro travesseiro..mas mesmo assim phoda demais
mc Ferrou21/06/2011 14:06
mc Ferrou21/06/2011 14:06
ja ouvi um caso assim sempre choro com contos assim eu quase sempre sonho com isso e quando aordo fico paralisado quereendo que fosse resl
tensão21/06/2011 14:05
tensão21/06/2011 14:05
Noossa que conto, eu li várias vezes e choreiii!! adoro conto de Bisexual^^
léo belém 21/06/2011 3:05
léo belém 21/06/2011 3:05
nossa mundo dessa vez vcs me convenceram nossa foi bom de mais eu tambem queri viver tudo isso com um amigo
Leandro20/06/2011 14:18
Leandro20/06/2011 14:18
Simplesmente não tenho palavras, me vi nessa situação, mas foi quebrado por causa da inveja de outra pessoa e acabei não vivendo isso. Mas fora isso, o melhor conto de todos, li 2 vezes e chorei na segunda. Parabens.
carlos20/06/2011 13:37
carlos20/06/2011 13:37
simplesmente maravilhoso , amei , como queria um amor assim na minha vida
Alves 20/06/2011 0:04
Alves 20/06/2011 0:04
Ate agora de todos foi a melhor .makina_aff@yahoo.com.br CWB.
=)19/06/2011 22:26
=)19/06/2011 22:26
amei a parte do menageatrois,eu e meu namorado até hoje de vez em quando contratamos uma puta pra fodermos ela,hehe é muito ecitante e divertido.
Verdade19/06/2011 22:23
Verdade19/06/2011 22:23
cara vc quer me matar, rssrrs que conto maneiro.Fiquei na duvida se é real,mas mesmo assim é maneiro. Acho legla quando homens heteros e maxos de pegam, nada daquelas viadagens
Marcos - rj19/06/2011 21:06
Marcos - rj19/06/2011 21:06
Nunca comentei os contos... MAS ESSE É MARAVILHOSO..... Parabéns!
Allisom19/06/2011 19:48
Allisom19/06/2011 19:48
Viajei agora!Concerteza o melhor conto!
Consultor19/06/2011 19:39
Consultor19/06/2011 19:39
Eu jamais ouvi algo igual, juro, cheguei a me emocionar, alem que que isso daria um filme gay mais lindo ja visto, com conteudo, alem de prender toda a atenção... Parabens, lindo conto, entrei dentro da historia e comecei a imaginar cena por cena...
menino louco19/06/2011 17:57
menino louco19/06/2011 17:57
Espetacular o conto, o melhor que eu já vi. Verdadeiro, excitante....... bom demais.
mauro felix19/06/2011 16:39
mauro felix19/06/2011 16:39
nossa amei esseconto foi 100000
Daanilo19/06/2011 16:08
Daanilo19/06/2011 16:08
Cara, parabéns! Espero que vocês dois ainda estejam juntos. Esse, sem dúvida, foi o melhor conta que eu já li. Linda história.
Guto19/06/2011 2:19
Guto19/06/2011 2:19
Não teve se quer, na historia do mundomais outro conto da qualidade,força de expressão, e tão cativante como esse. Meus parabéns.
Gu18/06/2011 23:31
Gu18/06/2011 23:31
Maravilhoso!!!!! Vivi algo parecido, na adolescencia fiz amizade com um rapaz que morava no mesmo bairro que eu. Ficamos tão próximos que ele vivia na minha casa. Eu negro, olhos castanhos e ele Loiro, olhos verdes, nossos amigos até zuavam com a gente até algumas pessoas do bairro tbem, pq estavamos sempre juntos qdo não estavamos no trabalho ou na escola. Vivi esse amor platônico por anos. Ele se casou sumiu, depois se separou e voltou a me procurar, dei uma força pq ele estava mal com a separação, aí ele reencontrou uma namoradinha da adolescencia e ficava fazendo planos de sairmos os 3. Sempre falava pra ele que o amava e tal, mas naquele esquema de amigo que ama amigo e ele sempre retribuia, mas um dia mandei uma msg como de costume, falei que o amava desejei boa noite e só. Mas não sei o que rolou ele me ligou e disse que precisavamos conversar, disse que tudo bem e que ele passasse na minha casa qdo voltasse da casa da nova namorada. Esse foi o ultimo dia que nos falamos, ele me perguntou se eu o amava, pq por anos eu havia falado pra ele que amava alguem, mas que não daria certo e ele achava que este alguem era ele. Eu não disse nem que sim e nem que não, e ele preferiu se afastar de mim para sempre. Faz dois anos que isso aconteceu, nunca mais nos falamos, eu me mudei de cidade, mas confesso que ainda não consegui esquece-lo e acho que nunca vou conseguir, definitivamente ele foi o grde amor da minha vida.
Fernando18/06/2011 21:26
Fernando18/06/2011 21:26
Muito boa a história!!!!
Felipe/Teofilo otoni//MG18/06/2011 19:40
Felipe/Teofilo otoni//MG18/06/2011 19:40
Não tem conto igual.
Thiago do Maranhao18/06/2011 17:29
Thiago do Maranhao18/06/2011 17:29
Otimo o Conto Meus Parabns... quem quiser add militarss@hotmail.com tenho 20 anos branco corpo normal afim de amizade sexo o e rola
Mlk18/06/2011 5:47
Mlk18/06/2011 5:47
Com certeza o melhor conto, o mais bem escrito!
Edu bh18/06/2011 0:31
Edu bh18/06/2011 0:31
Poo sem comentários melhor conto q ja li sem contar que um dos personagens é meu xará deu um baita Tesão a mais, parabéns pelo conto abrazzz
Marconas SP17/06/2011 22:55
Marconas SP17/06/2011 22:55
Melhor impossivel! Parabéns ao casal.
caio%20cesar%20castro17/06/2011 21:23
caio%20cesar%20castro17/06/2011 21:23
Conto muitíssimo bem escrito. Sou profressor de português e estou impressionado com a qualidade da linguagem, a correção gramatical e a sensibilidade. Parabéns!
anônimo17/06/2011 15:06
anônimo17/06/2011 15:06
Realmente muito lindo esse conto.Me faz lembrar uma pessoa de quem gosto muito,adoro de contos assim,mais românticos do que apenas sexo.Parabéns ao escritor do conto,pode escrever um livro
Miguel /RS17/06/2011 12:10
Miguel /RS17/06/2011 12:10
Excelente conto!! Você deveria escrever um livro! Parabéns!!
Léo SSA17/06/2011 1:44
Léo SSA17/06/2011 1:44
Que história ótima um conto com um misto de ingênuidade com malícia.Realmente acredito que possam existir histórias assim.Tenho uma prova disso,pois meu relacionamento já dura 17anos e começou assim na escola.Felicidades p/ tds e parabéns pelo conto.
Guarulhos17/06/2011 0:51
Guarulhos17/06/2011 0:51
Otimo conto.... lindo um verdadeiro amor.. o que falta no mercado....parabens Marcos... lindo lindo estou maravilhado...
Fernando Floripa17/06/2011 0:09
Fernando Floripa17/06/2011 0:09
Muito bem escrito...
Interior de Sampa16/06/2011 21:51
Interior de Sampa16/06/2011 21:51
Muito bom esse conto...o Melhor!!
Marquinhos16/06/2011 21:18
Marquinhos16/06/2011 21:18
Kra que conto maravilhosso....to vivendo mais ou menos isso com um amigo meu to muito ligado na dele e percebo q ele na minha....tenho quasse certeza que o amo...valeu esse conto me abriu os olhos...
Carlos16/06/2011 20:58
Carlos16/06/2011 20:58
Os cometarios do Gil e do Álvaro, acredito eu, demonstra realmente, ao leitor que sente a vontade dos dois em estar juntos, o medo da sociedade, porém seus desejos falam pelos poros "para tentar capturar aquele cheiro que me inebriava" é de deixar qualquer um vontade de estar bem perto do amado e viver este desejo puro, de dois homens com experiencia, so que virgens um para o outro, um dos melhores se nao for o melhor conto.
Gil16/06/2011 20:05
Gil16/06/2011 20:05
Nuh! Com certeza o melhor conto do site! Tem gente que não gosta, mas eu particularmente achei muito bom os detalhes, o acampamento, a transa com a racha...fugiu do tradicional HxH. Não que isso seja ruim, mas uma coisa diferente é sempre bem vinda. Excitante e romântico ao mesmo tempo, adorei!!!!
Silas16/06/2011 19:39
Silas16/06/2011 19:39
Pessoal nunca deixei nehum comentário nestes contos, no entanto este merece todos os adjetivos que o possam classificar como o MELHOR conto já postado, parabéns ao autor e a equipe do Mundo Mais.
Marcos/RS16/06/2011 16:39
Marcos/RS16/06/2011 16:39
Se for verdade excelente, se for ficção excelente, o importante é a mensagem, ou seja. complemento, carinho,harmonia, respeito e acima de qualquer coisa amor, parabéns protagonista
Diego Uberlandia16/06/2011 15:51
Diego Uberlandia16/06/2011 15:51
Nossa, chorei, arrepiei e fiquei de pau latejando, quero um amor pra mim!
jonas16/06/2011 14:31
jonas16/06/2011 14:31
por favor conte o resto nao durmo a 2 dias e lindo o amor abraços.
NETTO16/06/2011 14:16
NETTO16/06/2011 14:16
MUITO BOM ADOREI. HISTÓRIAS DE AMOR COMO ESSA É QUE PRECISAMOS VIVER NESTE MUNDO TÃO CONTUEBADO.
Apaixonado16/06/2011 1:26
Apaixonado16/06/2011 1:26
Posso resumir este conto em apenas uma palavra: PERFEITO. Já estava cansado de ler contos que só tratam de sexo...o amor é a essência de tudo, gente. Parabéns a você, Marcos. É uma linda história com os elementos bem medidos e sem exageros. Abraços a todos.
Pool 16/06/2011 0:22
Pool 16/06/2011 0:22
Otimo muito bom mesmo.
CLAA15/06/2011 23:40
CLAA15/06/2011 23:40
Putz cara, custo acreditar que isso aconteceu mesmo, custo ainda acreditar que você imaginou tudo isso. Resumindo, O MELHOR!!!
NEGRO SAMPA15/06/2011 23:40
NEGRO SAMPA15/06/2011 23:40
lindo conto. chorei ao ler . tenho um amigo que sou apaixonado tbm, mas ele nem sonha com isso. quem sabe um dia eu tenha a mesma sorte .
willian15/06/2011 23:27
willian15/06/2011 23:27
parabéns pela sua história de amor,espero um dia viver algo assim também,adorei a parte que ele te pedi perdão muito legal,rezo para que fiquem juntos voçês merecem.bjssssssssssssssss.............
Marcos15/06/2011 23:27
Marcos15/06/2011 23:27
Pessoal, muito obrigado pelos comentários! É gratificante conseguir uma resposta dessas. Trata-se de ficção, mas acredito que reuna elementos da vida de muita, muita gente. Grande abraço!
fabio uberaba mg15/06/2011 23:18
fabio uberaba mg15/06/2011 23:18
olha dos contos que passaram por aqui esse foi o melhor,,,parabens eh sempre bom ler coisas boas...
Kildary15/06/2011 23:01
Kildary15/06/2011 23:01
Muito massa adorei cara boa sorte vc e o Edu...
Zeca15/06/2011 22:49
Zeca15/06/2011 22:49
"Quem um dia irá dizer que existe razão das coisas feitas pelo coração e quem irá dizer que não existe razão" acho podemos chamar agora de Eduardo e Felipe....
Felipe15/06/2011 22:49
Felipe15/06/2011 22:49
Mano muito boa essa historia, já passei por algo parecido, mas não tive a coragem que vc teve de falar pro meu amigo mesmo eu achando que ele sentia o mesmo...felicidades brother. Pra geral quem quisse fazer uma amizade add la felipe-pessoa-1@hotmail.com
Rosa15/06/2011 22:33
Rosa15/06/2011 22:33
Putz, Marcos Mike conto nota 10. Fiquei imaginando a sua história na tela. Sorte na sua vida.
FACINADO15/06/2011 22:18
FACINADO15/06/2011 22:18
Sei que estou sendo repetitivo ao escrever, mas o conto é INCRÍVEL... estou sem palavras.... PARABÉNS!!!!!
André15/06/2011 21:05
André15/06/2011 21:05
Muito bom! meu primeiro comentário, mas o conto é merecedor, o melhor de todos que já li até hoje.Parabéns ao escritor!!!
marcio15/06/2011 20:42
marcio15/06/2011 20:42
poderia ser feito um belo filme de amor gay
marcio15/06/2011 20:41
marcio15/06/2011 20:41
o melhor conto que ja li lembrei do meu ex namorado que mesmo depois dele me dar um pé na bunda eu ainda amo ele de coração
ABC SA15/06/2011 20:40
ABC SA15/06/2011 20:40
ótimo o melhor de todos.
JR NOVAMENTE15/06/2011 17:17
JR NOVAMENTE15/06/2011 17:17
Que o conto é maravilhoso, isso sem dúvida. Nunca tinha deixado nenhum comentário em quaisquer que fosse os contos aqui do site, porém esse foi merecedor. Agora quem diz que o conto é enorme, "que perde o tesão", comentários desse tipo, bem sinto muito em lhes falar que são também por conta de vcs que o Brasil é visto como um país q não tem habitos de leitura e bichas podres. Se vocês não conseguem ler um conto desse, quem dirá um livro de qualquer assunto que seja! "meus pêsames queridos". Um pouco à mais de cultura boa não faz mal a ninguém. Larguem dessas sugeiras que vcs estão acostumados ler somente para se masturbarem, como se vossas imaginações, parceiros, etc, não fosse capaz de dar-lhes prazer... Desejo a todos o mesmo destino dos protagonistas, e quem vai saber é só quem ler até o final!
nino rj 15/06/2011 16:30
nino rj 15/06/2011 16:30
SE FOR VERDADE, É UM VERDADEIRO CONTO DE FADAS...MTO BOA A HISTÓRIA!!!!! QUEM QUISER ME ADD NO MSN : ninorj@hotmail.com
Pedro15/06/2011 15:57
Pedro15/06/2011 15:57
Maravilhoso!!! Parabéns.
Diego 15/06/2011 15:46
Diego 15/06/2011 15:46
Mto bom..
Oh, Gosh15/06/2011 14:32
Oh, Gosh15/06/2011 14:32
Puts! Melhor daqui, sem dúvidas. O melhor que já li!
Bicha!15/06/2011 14:12
Bicha!15/06/2011 14:12
O conto, pelos comentários, deve ser ótimo, mas, nunca que leio, enooooorme demais! To fora Biiii....
leandro15/06/2011 11:45
leandro15/06/2011 11:45
Lindo conto até chorei, lembrei do grande amor da minha vida.
Lu-Gaúcho15/06/2011 10:16
Lu-Gaúcho15/06/2011 10:16
Ótimo conto, foi um prazer ler cada linha com excitação, que voces fiquem juntos e curtam o amor que existe entre ambos, pois isso é vida e sejam para sempre muito felizes. Já tive experiência parecida, mas a outra pessoa não me correspondeu.
lobo solitario15/06/2011 9:50
lobo solitario15/06/2011 9:50
Nossa que bela história de amor...... quero algo real assim.... lobosolitario28_6@hotmail.com
bahia15/06/2011 9:49
bahia15/06/2011 9:49
esse conto eh mto bom. nunca postei nada, mas esse mereceu.
Saulus/SSA15/06/2011 8:43
Saulus/SSA15/06/2011 8:43
Legal. espero que os dois estejam juntos ainda, e que dure muito tempo, pois sinceramente, isso é AMOR, parabéns e sejam felizes.
Antonio15/06/2011 4:27
Antonio15/06/2011 4:27
Que bom seria ter contos tão interessantes e emocionantes, todos os dias. Amei cada linha, cada parágrafo.
CaioMG15/06/2011 3:25
CaioMG15/06/2011 3:25
Poxxxa cara me fez pensar em um amigo meu cujo o qual sou apaixonado a anos!!! Naum sei oq fazer mas sei q há algo entre nós tbm qeria poder viver um amor com ele assim mas somos do interior e barreiras saum difíceis de serem quebradas pra ele... se alguém puder me ajudar!!! Eu o Amo D+++
parabens marcos 15/06/2011 2:32
parabens marcos 15/06/2011 2:32
nossa gostei muito mesmo do conto me adciona no msn brother , dewa_bena@hotmail.com gosto de fazer amizades abcs ...........
Marcos Mike15/06/2011 1:43
Marcos Mike15/06/2011 1:43
Vlw pelos comentários positivos e negativos o importante é que todos gostaram, obs: Felipe e Eduardo e um conta não mas sim uma passagem da minha vida e nos estamos juntos ate hj, e quando se ama deve lutar e conquistar o amor...Felicidades a tods !
Anjo Will15/06/2011 1:35
Anjo Will15/06/2011 1:35
Olha realmente um dos melhores contos q ja li, exitante d +
Léo15/06/2011 1:31
Léo15/06/2011 1:31
Parabéns!! Mto bom o conto...
pethrus15/06/2011 1:27
pethrus15/06/2011 1:27
muito bom, bom de mais, me senti nas nuvens!!!!!! em outro mundo !!!!!!!!!!!!!! valeuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!!!!!! d+++++++++++++++++++++!!!!!!!!!!!
Carlos Victor 15/06/2011 1:20
Carlos Victor 15/06/2011 1:20
Perfeito o conto me fez lembrar meu inico aos 12 anos e o meu relacionamento durou ate os meu 18 ambos tinhamos a mesma idade .. parebens !!!
andre15/06/2011 1:12
andre15/06/2011 1:12
caralho isso não é um conto é um livro.faz perder o tesão .
Ipatinguense15/06/2011 1:05
Ipatinguense15/06/2011 1:05
Lindo o conto, perfeito, apaixonante...
Álvaro15/06/2011 0:47
Álvaro15/06/2011 0:47
Cara,o que é isso. Quem precisa de aula de literatura quando se tem um conto tão belo como esse,poxa,muito bom,muito bom mesmo! 'Havia raiva em sua voz. Mas eu não pretendia deixá-lo escapar dessa vez. Se ele não queria me ouvir, talvez ele entendesse de outra forma. Puxei-o e o beijei' Espero um dia viver algo tão forte como isto.
Um cara!15/06/2011 0:42
Um cara!15/06/2011 0:42
O conto é bom, mas me deixou meio down.. Me lembrou coisas.. Mas ótimo conto!
Babu14/06/2011 23:43
Babu14/06/2011 23:43
De longe o melhor conto de todos os tempos,ao ler puder ver cada cena dentro da minha cabeça....Lindo e excitante!!!!
Paulista ZS14/06/2011 23:25
Paulista ZS14/06/2011 23:25
Me imaginei nesse conto, demais.Parabéns mundo mais.
Antonio14/06/2011 23:24
Antonio14/06/2011 23:24
Foi o conto mais maravilhoso que já li. Fiquei emocionado, que bonito saber que o amor pode fluir tão grandioso. Qualquer forma de amor realmente vale a pena!
Interior_SP14/06/2011 21:52
Interior_SP14/06/2011 21:52
Sem comentários! De longe, um dos melhores contos aqui do Mundo Mais. Com uma carga emocional apaixonante, sem exageros e vulgaridades! Parabéns!
julio14/06/2011 21:46
julio14/06/2011 21:46
adorei o conto ja passei por uma situaçao parecida
Marcelo14/06/2011 21:41
Marcelo14/06/2011 21:41
Nossa, que conto maravilhoso, um dos melhores. Parabens.
Ivan - Curitiba14/06/2011 20:42
Ivan - Curitiba14/06/2011 20:42
Simplesmente Apaixonante! Parabéns!
Harold Bauru14/06/2011 19:49
Harold Bauru14/06/2011 19:49
perfeito o conto,passei por uma situaçao parecida,,,,,,,,,,só que a minha teve um final triste...parabens,um otimo conto
claudius14/06/2011 19:37
claudius14/06/2011 19:37
ótimo conto, ele apesar de ser um pouco extenso consegue prender a atenção do leitor até o final. Parabéns Mundo mais e continue assim.
Victor Victório14/06/2011 18:06
Victor Victório14/06/2011 18:06
Acima de qualquer coisa, um texto muito bem escrito. E cativante, sem ser exagerado.
Mau14/06/2011 18:02
Mau14/06/2011 18:02
Nunca parei pra comentar qualquer conto aqui no mundo mais ou em outro site de contos...Mais tinha que comentar deste,é de tamanha perfeiçao a historia contada,e o autor estar de parabéns mesmo,como disse JR,nada de vulguridade tudo na mais perfeita harmonia.... Marcos Mike,meus Parabéns sinceros a voce,tem talento pra escritor,sabe contar uma boa história e prender da melhor forma o leitor,obrigado por esta boa leitura que me proporcionou hoje. Grande abraço.
Vivitu14/06/2011 17:34
Vivitu14/06/2011 17:34
Muito bom esse conto... parece com algo que aconteceu comigo .... é algo unico vc ficar com alguem que vc sempre quissss... muitas vezes ele está ali só esperando vc falar algo ee perdemos tanto tempooo ahhhh ai.... o amor é linduuuUUU
André - Vitória/ES14/06/2011 17:34
André - Vitória/ES14/06/2011 17:34
Parabéns, que conto gostoso de ser lido. A gente consegue imaginar as cenas. Foi muito bom ler cada palavra, frase e parágrafo. Muito bem escrito. Leve e sutil. Fez a gente viajar e recordar momentos bons vividos na adolescencia. Forte abraço ao autor.
TonTon14/06/2011 17:33
TonTon14/06/2011 17:33
Gostei, bem levinho
Galego Santista14/06/2011 17:04
Galego Santista14/06/2011 17:04
Belíssimo conto. Sem mais qualquer comentário. Aguardo a continuação ansiosamente.
JR14/06/2011 16:29
JR14/06/2011 16:29
Indescritivelmente perfeito, nada de vulgaridade, perfeita linguagem, muito bom o roteiro e ainda conseguiu com maestria expressar-se sentimentalmente. Nos leitores fieis do mundo mais esperamos por conteudos com este... Obrigado autor e esperamos ansiosamente pelo proximo!
carlos.gay_8@hotmail.com14/06/2011 15:47
carlos.gay_8@hotmail.com14/06/2011 15:47
eu estou em estado de prazer multo estou doido pra fazer sexo
hiroldo feli14/06/2011 15:00
hiroldo feli14/06/2011 15:00
Gostei do conto, embora meio longo. No próximo elimine os detalhes que não acrescentam nada,tá?
Kim_RJ14/06/2011 14:53
Kim_RJ14/06/2011 14:53
Já estava meio cansado daqueles contos em que os dois se conhecem, põe a pica para fora, se chupam, se fodem, gozam e fim. Realmente um conto... Muito bom; dá vontade de se viver uma história semelhante. Pode ser apenas um conto, uma criação, porém muito bem escrita e argumentada. Parabéns.
julio 14/06/2011 14:46
julio 14/06/2011 14:46
Nossa. Realmente muito bom. Parabéns!!!
???14/06/2011 14:31
???14/06/2011 14:31
Gente eu vou confessar que eu não li tudo isso, me bateu um cansaço com esse livro que vou te contar, esse conto é pra ler em dois dias eu espero que as bichas não confundam o que é conto e o que é vida real elas podem pensar que os seus amiguinhos à querem e tasquem um beijo tambem, e essa coisa de todos os contos terem aquela frase que diz: "isso tá errado cara" me tira do serio é muito blá blá blá para os meus ouvidos
Roberto14/06/2011 14:24
Roberto14/06/2011 14:24
Muiiito bom mesmo. =]
Roberto14/06/2011 14:18
Roberto14/06/2011 14:18
Muito legal a historia , isso é uma verdadeira historia de amor *-* own.
autentico14/06/2011 14:14
autentico14/06/2011 14:14
Otimo conto muito bem elaborado esta de parabens foi o melhor ate agora nao teve apelaçao nenhuma e nem linguajares vulgar espero o desenrolar da historia. Parabens
Edy o gostoso14/06/2011 14:13
Edy o gostoso14/06/2011 14:13
Realmente muito excitante!!!!! Parabéns,visto ainda que tem continuação espero ancioso pois já que vc abraçou ele por trás os planos são outros!!!!! Naõ demore pra continuar,ok!
Mario Alberto14/06/2011 12:35
Mario Alberto14/06/2011 12:35
Lindo Conto, adoreii
Top14/06/2011 12:09
Top14/06/2011 12:09
O melhor conto que já li sem sombra de dúvidas. Parabéns!
augusto14/06/2011 12:03
augusto14/06/2011 12:03
conto cheio de momentos de maestria. Parabens pelo belo conto. Uns elementos de cliche no inicio, mas foi escrito com classe e precisao nos momentos de elucidacao e força nos momentos de prazer entre homens. Resumindo: bonito e cativante. Deverias pensar seriamente em escrever um livro. Muito bom. Parabens.
will14/06/2011 11:56
will14/06/2011 11:56
Nossa, parabéns, com certeza esse foi o melhor conto que li ate hoje, espero que vc nós faça gozar mais com suas histórias, parabéns msm, ficou muito legal, se quiser me add no msn willians-borges@hot,,,,. Valeu e bjão!!!!!!!!!
Matuba 14/06/2011 11:54
Matuba 14/06/2011 11:54
Muito bom adorei , me fez viajar no tempo e recordar de um alguém que ainda é muito especial pra mim !!!!!
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

Gabriel
Wilker
Adrian