Segunda-feira, 07 de Outubro de 2013
Amigo Bêbado
Chamei um amigo hétero da faculdade por quem eu tinha um puta tesão para assistir filme casa. Bebemos e ele apagou. Foi a minha chance...
por Contista Subverso

Foi numa noite cuidadosamente planejada. Estávamos na faculdade, primeiro período. O Bruno era um grande amigo, mas sempre olhei diferente pra ele. Branquinho, carinha de baby, apesar de não sermos tão velhos (na época, 18 ou 19 anos). Tudo nele me encantava: poucos pelos, o sorriso, o cabelo. Mas tinha uma coisa que me deixava intrigado, nunca tinha visto volume na calça dele. Sempre tive uma queda por paus pequenos, não sei bem o porquê, mas eles me excitavam muito. Um dia tomei coragem para colocar um plano que havia pensando durante muito tempo em ação.

Chamei o Bruno e mais dois colegas pra assistirem um filme lá em casa. A república estaria vazia, todos tinham viajado e só eu restei na casa. Os meninos aceitaram e fomos eu, o Bruno, o Tadeu e o Carlos. Combinamos de comprar alguma coisa pra beber enquanto rolava a seção. Com o dinheiro que a gente tinha nos restou catuaba e vinho. Levamos dos dois. Tudo preparado, coloquei um colchão na sala porque na república não tinha sofá, e esperei os meninos. Não sabia direito o que faria, mas confiei na sorte.

Deu o horário combinado e o Tadeu me ligou desmarcando, acontecera um imprevisto e ele não podia ir. Ponto pra mim, quanto menos gente melhor. O Carlos chegou antes do Bruno e ficamos conversando assuntos de homem, como sempre. Disfarcei, como sempre faço, muito bem. Falamos de mulheres e futebol e de como os veadinhos da sala deviam parar de dar pinta. Vinte minutos depois e o Bruno estava lá. Meu coração bateu mais forte com medo de dar tudo errado, mas resolvi seguir com o plano.

Começamos a ver o filme. Bebida vai, bebida vem, tratei de beber o menos possível e embebedar o Bruno o máximo que conseguisse. Não foi muito difícil, o menino logo ficou alterado. E para minha sorte, ele era dos que pegava no sono quando ficavam bêbados. O filme acabou e o Bruno estava dormindo já havia um tempo... Desconversei o máximo que pude com o Carlos até ele resolver ir embora. Ele sugeriu levar o Bruno pra casa, porque era caminho, mas convenci-o a deixá-lo ali mesmo.

Pronto, tudo tinha dado certo. Mas eu teria coragem de continuar?

Fiquei uma meia hora me perguntando isso, até que resolvi testar até onde o sono do Bruno iria. Comecei a chamá-lo. Cada vez mais alto. O menino não acordou. Ponto pra mim. Depois, comecei a acariciar a perna dele, movimentos rápidos e leves. Nada dele acordar também. Um suspiro ou outro mudava de posição no colchão, mas nada de acordar. Passei a mão por dentro da camisa, meu pau já latejava de tesão dentro do jeans e nada do menino acordar. Aquela era minha chance. Eu tinha que prosseguir, eu queria.

Desci a mão pelo abdômen dele. Não era sarado, mas era lisinho, sem barriga, todo branquinho. Uma fina fileira de pelos muito ralos descia do umbigo em direção à cueca. Uma trilha a ser seguida. Com muito cuidado, o coração palpitante, suando frio, abri o zíper do short dele. Uma pausa pra ver e ele não reagia. Nada, parecia desmaiado. Desci o short até o meio das coxas, grossas e tenras. A cueca era branca, simples, e o volume quase não existia. Meus palpites estavam certos, o pau dele deveria ser pequeno mesmo. Mais medo, se ele acordasse agora eu estava perdido. Jamais conseguiria explicar aquilo tudo. Passei a mão no volume, macio, quente. Desci a cueca até o nível do short.

Seu pau era lindo. Lembrava o de um menino de treze anos. Pequeno, mas totalmente desenvolvido. Branco e ornado por pelos pubianos pretíssimos. Um saco demasiado grande e murcho, maravilhoso. Eu estava quase morrendo de tesão com a cena. Não me contive, levei o pau dele, mole e indefeso à boca. Chupei enquanto brincava com suas bolas por vários minutos. A cada segundo sentia o pau encher ainda mais minha boca. De pequeno e indefeso ele estava agora duro e pronto para o ataque. Continuava pequeno, uns 15 centímetros de comprimento e pouca espessura. Pequeno, mas firme, fino, mas imponente. O meu, maior e mais grosso estava quase rasgando minha calça. Olhei mais uma vez o rosto de Bruno, ele esboçava uma feição de calma como quem tinha um sonho erótico. Virei-o cuidadosamente no colchão. Sua bunda, tão branca, tão virgem, era um sonho.

No momento em que apertei com vontade aquela bundinha linda, ele abre o olho e diz algo que não entendi. Meu coração quase sai pela boca, a adrenalina a mil. Tento manter a calma, estava muito escuro para um bêbado e sonolento visse algo com clareza. Disse a ele que dormisse, estava tudo bem. Ele concordou com um ok meio abafado e fechou novamente os olhos. Eu tinha ido longe demais. Mas eu não podia perder aquela oportunidade. O que fazer?

Deixei Bruno dormir mais uns minutos, fiquei durante uns 15 minutos apenas admirando aquele garotão e batendo uma punheta em mim. Eu não iria gozar se não fosse com ele. Não podia deixar escapar uma chance daquelas. Chamei-o três vezes, não acordou em nenhuma. Dei uns tapinhas no rosto, nada. Dei um selinho, nem sinal de acordar. Apertei novamente a bundinha, nem se mexeu. Era o sinal que eu queria. Ele realmente devia estar num sono muito pesado.

Despi o short por completo. O garoto mal se mexeu. Meu pau estava rijo, duro como pedra. Abri as pernas dele um pouquinho, deixei-o de costas mesmo, mudar a posição era muito ariscado. Lubrifiquei meu pau com um pouco de cuspe, e fiz o mesmo no cuzinho rosado daquele garotão. E forcei. Aos poucos. Bem devagar. Mas fui forçando. Não tirei o olho do rosto dele. Qualquer sinal de despertar eu saía correndo pro quarto e fingia que nada havia acontecido. Ele resmungou umas duas vezes. Quase me fez desistir. Mas me apeguei ao ditado popular e suspeitei que sono de bêbado fosse pesado o suficiente para deixar o cu sem dono. Fui forçando, quase louco de tesão.

Finalmente consegui entrar. Mantive o movimento lentamente, mas num ritmo que me fazia gemer por dentro. Segurei ao máximo qualquer som. Enquanto socava, olhava aquela bundinha, branca, virgem até poucos minutos, aquelas coxas grossas, aquelas costas lisas, não muito largas, mas costas de homem. Aquele menino era tudo que eu sonhava, um homem em corpo de garoto. E ainda por cima hétero. Minhas bombadas estavam cada vez mais gostosas. Não demorou veio o gozo incontrolável. Mas eu não poderia gozar nele, ele descobriria. Quase não deu tempo, era muito tesão pra uma noite só. Saí correndo, cheguei na pia do banheiro e despejei um banho de porra. Nunca gozei tanto. Estava em anestesia de tesão.

Voltei pra sala, vesti o garoto, e fui pro quarto. No outro dia cedo, ele acordou reclamando que o colchão tinha deixado ele com as costas doloridas. A ressaca era muita também. Mas ele foi embora andando um tanto cauteloso, a desculpa das costas e do colchão não serviriam pra mim. Mas acho que ele não suspeita de nada, sempre fora meio bobo. Se desconfia eu não sei. Depois de um período, Bruno teve que voltar pra cidade natal, problemas financeiros na família. Nunca mais o vi.
Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (50)
Anderson09/03/2017 22:50
Anderson09/03/2017 22:50
Achei esse conto uma droga, o autor deve procurar ajuda porque o que aconteceu foi um crime e o Mundo Mais não deve publicar esse tipo de conto porque incentiva ou dá a ideia de aprovação.
tadeu27/03/2016 6:54
tadeu27/03/2016 6:54
Já aconteceu comigo tbm
Hedon18/03/2016 11:59
Hedon18/03/2016 11:59
Tesão
Polux16/02/2016 15:22
Polux16/02/2016 15:22
MASSA
michel02/02/2016 9:49
michel02/02/2016 9:49
me desculpe mais comer um cu virgem e cara nao acordar , nao da pra acreditar conta outra
murilo Squarça25/01/2015 0:41
murilo Squarça25/01/2015 0:41
Gente adiciona meu watts meu maior sonho é fazer filmes porno podem entrar em contato com o número 13 997574481
Edu26/12/2014 17:41
Edu26/12/2014 17:41
Sexo sem consentimento independentemente da situação é considerado estupro, é por essas atitudes e outras que nossa classe não é respeitada #SóAcho!
M27/11/2014 22:34
M27/11/2014 22:34
Whats (12) 99198-8669 SP-INTERIOR
Jack Sergipe 24/11/2014 3:00
Jack Sergipe 24/11/2014 3:00
Afigura -se -me falta de respeito com a vida humana: amigo não age dessa forma. Vá se tratar seu doida.gay é sadio.
PERNAMBUCANO20/05/2014 18:43
PERNAMBUCANO20/05/2014 18:43
CHAMA AEW 08198508892 whatsapp
ANONIMO14/05/2014 20:43
ANONIMO14/05/2014 20:43
COMO É QUE O CARA É PENETRADO SEM SENTIR A DOR MESMO DORMINDO E AINDA VIRGEM?....PURA FANTASIA...FALA SÉRIO..NÃO ACREDITEI NESSE CONTO
roberto 14/05/2014 5:29
roberto 14/05/2014 5:29
nao tem ninguem decuiaba ai?
Marcos23/02/2014 11:42
Marcos23/02/2014 11:42
Cara já aconteceu isso comigo, com um amigo de escola, tínhamos ido a uma festa de 15 anos de uma colega e convidei esse meu amigo Anderson lindo parece um cabo verde um corpo lindo, chamei ele apos a festa para vim dormir em casa, na madruga fiz um senhor boquete nele. quanto gozo.
Miguel08/02/2014 11:08
Miguel08/02/2014 11:08
Já fiz isso também.
Enrique passivo sp sp26/01/2014 11:20
Enrique passivo sp sp26/01/2014 11:20
Cara se tiver afim, sou branquinho do pau pequeno e pouco pelos, do cu apertadinho, sou tipo seu amigo, se tiver afim de meter me add no skype enrique_azevedo@hotmail.com adoro um safado como vc rsrsrs
jacare31/12/2013 2:39
jacare31/12/2013 2:39
Isso aconteceu comigo... so descobri quando dei pra cara e ele disse que era arrombado... ai tive certeza daquele dia... perdi cabaco e nem vi :(
marcelo27/12/2013 18:56
marcelo27/12/2013 18:56
pauzinho pequeno né!!!!
qem qiser sexo d verdade e manda sms ou me liga
jean pierre25/11/2013 11:37
jean pierre25/11/2013 11:37
O conto é maneiro e dá bem uma ideia de como nós brasileiros ainda temos muito o que aprender quando o assunto é sexualidade alheia. "...Falamos… de como os veadinhos da sala deviam parar de dar pinta…" Fala sério, vai! Quem foi que disse que alguém tem que dizer o quê sobre alguém? Cambada de subdesenvolvidos, são esses malucos que, cheios de frustrações, não são homens o suficiente para procurar a solução de seus problemas e ficam aí delirando… Tomar banho, pô!!!
denis23/11/2013 15:22
denis23/11/2013 15:22
Ja tentei transar com o meu amigo embreagado, chupei ele todo, e ele fingiu que estava dormindo o tempo todo, ele é hetero eu tenho certeza, mas fez questão de dizer no outro dia que gostou muito da minha chupetinha, nós ainda somos amigos , eu vivo jogando charme pra ele mas ele resiste, mas apesar de ter a certeza que ele é hetero tenho tbm certeza que ele é louco pra ficar tonto ao meu lado de novi
Nicolas.gabriel@gmail.com22/11/2013 15:48
Nicolas.gabriel@gmail.com22/11/2013 15:48
Duvido q o bruno n tava tam bebado assim , ele tava adorando a coisa .
Luis Otavio16/11/2013 21:10
Luis Otavio16/11/2013 21:10
Cara eu tenho certeza que isso é fictício, mas você ia gostar que enquanto dormisse alguém te estuprasse? Na boa, conto horrível, história babaca e sacana, mundo mais devia selecionar melhor os contos, sabia que isso aí é um crime né?
wilson14/11/2013 22:12
wilson14/11/2013 22:12
com uma historia sem graça dessas da ate vontade de dormir mais de olho para não ser estuprado.
tobio08/11/2013 10:27
tobio08/11/2013 10:27
pra quem tá dizendo que é impossível ter acontecido pode até estar certo, mas um bêbado pode sim ser penetrado sem acordar... Inclusive isso é muito comum, e é crime, estupro de vulnerável.
Edu07/11/2013 12:31
Edu07/11/2013 12:31
Gente, isso aconteceu comigo. Fui pra casa de um amigo, ficamos bêbados e dormi por lá. No meio da noite acordo, muito sonolento, com ele chupando o meu pau. Sem saber direito o que estava acontecendo, me virei para parar com aquilo e ir dormir. Minutos depois sinto o pau dele forçando a minha bunda. Eu não era mais virgem, deixei ele me foder e ainda fiquei me ajeitando pra ele me foder melhor. Pena que eu estava muito bêbado e não pude gozar com ele.
Parana04/11/2013 1:08
Parana04/11/2013 1:08
Oi sou jovem flex,sou do parana.estarei indo para sao vicente em sao paulo no final do ano,perto da prainha de boraceia,se algum paulista quizer.çe manda sms ai no numero 042 98092274
Kaka02/11/2013 10:08
Kaka02/11/2013 10:08
Adorei!! também transo horrores com meu amigo.
Goiania/GO21/10/2013 20:27
Goiania/GO21/10/2013 20:27
Que conto mais furado. Kkkkkk Cara, se liga. Se realmente comeu ele, concordando com as demais respostas, com certeza o cu dele ja estava uma erosao e ainda oor cima logico, fingiu que estava dormindo e so ficou curtindo o.pau entrar. Mas esse conto esta mais para contos de fada. Kkkkk
joao21/10/2013 10:24
joao21/10/2013 10:24
me desculpe adorei a istoria fiquei de pau duro mas acho impossivel ser penetrado sem acordar ele provavelmente acordou sim e finjiu porque adorou seu pau dentro dele
DANIEL15/10/2013 16:26
DANIEL15/10/2013 16:26
OI SOU DE MINAS GERAIS QUERIA FAZER UM FILME PORNO GEY TEN ALGEN AFIM MEUS TELEFONE E 038 9174 4584 TIM 038 8417 6821 CLARO 038 9746 4011 VIVO ME LIGAO
Novinho z/o 14/10/2013 20:52
Novinho z/o 14/10/2013 20:52
Vc ativo da zona oeste que tem 18 ate 25 que quera sexo com um novinho moreno corpo legal discreto não afeminado, tiver lugar manda msn para 969408044....
Junior Krioca...14/10/2013 19:43
Junior Krioca...14/10/2013 19:43
cara deve ser 1 pedofilo...conto stranho...skema...agua de salsicha!!!
edirlan14/10/2013 19:33
edirlan14/10/2013 19:33
SINCERAMNETE! QUE CONTO SEM GRAÇA,A COMEÇAR NA INCAPACIDADE DE NÃO CONSEGUIR CONQUISTAR O OUTRO EM SÃ CONSCIÊNCIA,DEPOIS SENTIR DESEJO DE COMER O CÚ DO MELHOR AMIGO,DEPOIS DESSA TRANSAR COM UM DIFUNTO,SERÁ O 2º PASSO.
MATEUS 12/10/2013 19:59
MATEUS 12/10/2013 19:59
OU O CU DO BRUNO PARECIA UMA MAMILHA PARA ELE NAO SENTIR QUE ENTROU UMA PICA NELE ,OU A SUA PICA MAIS PARECIA UMA AGULHA DE FINA , OU O BRUNO GOSTOU E FINGIU QUE NADA ACONTECEU.
Salgadinho sp09/10/2013 23:27
Salgadinho sp09/10/2013 23:27
Me aconteceu em Floripa, foi com um colega de quarto, estavamos meio bebados e ele mais, ele tirou a roupa e eu vi aquela rola grande e volumosa, foi tomar banho, na volta eu ja ta deitado so de cueca e ele veio pra cima, me assustei e ele falou vamos fazer um troca-troca, topei e foi maravilhoso. Até hoje saimos pra troca-troca, detalhe somos casados.
Mg09/10/2013 19:06
Mg09/10/2013 19:06
Esse bruno so pudia ta com problema, com uma rola dentro do cu e nao acordar, aiaiaiaiai!
...09/10/2013 13:51
...09/10/2013 13:51
Estupro!
prof zl09/10/2013 10:20
prof zl09/10/2013 10:20
Muito bom gozei horrores
janilson09/10/2013 5:15
janilson09/10/2013 5:15
isso pra mim foi um estrupo
eduardo santos09/10/2013 1:00
eduardo santos09/10/2013 1:00
Sem graça pra caramba, meu pau nem ficou duro
Luan08/10/2013 23:55
Luan08/10/2013 23:55
não gostei desse não. Enredo e desenvolvimento sem graça.
Miguel08/10/2013 21:22
Miguel08/10/2013 21:22
Esse conto foi tão sem graça... E cara, isso foi estupro... Foi um total desrespeito com o amigo.
pedro mota08/10/2013 13:30
pedro mota08/10/2013 13:30
muito bom o conto, so faltou bater uma pro garoto gozar tambem.
Vladimir07/10/2013 21:47
Vladimir07/10/2013 21:47
Besteira, pessoal!!!! Sou atv e tenho um tesão enorme quando meu parceiro tem pintinho, acho lindo e muito exitante. E ficção ou realidade, não importa o julgamento, decide quem lê, e eu dei uma bela gozada.
aviso aos ignorantes07/10/2013 17:32
aviso aos ignorantes07/10/2013 17:32
Toda vez que é publicado um CONTO aqui chovem comentários do tipo "é fake" ou "que viagem"... Vocês sabem o significado da palavra CONTO? Então lá vai: algo fictício, imaginário, entenderam ou vou ter que desenhar?
Putz07/10/2013 17:14
Putz07/10/2013 17:14
Pura viagemm rsrs
Vagner07/10/2013 14:46
Vagner07/10/2013 14:46
Bom sonho mesmo , fantasia pura . Sei lá a minha primeira vez eu estava acordado e bem relaxado querendo muito ser penetrado e mesmo assim doeu .. acredito que mesmo dormido ele teria acordado com alguém comendo ele .. ficaria melhor se ele tivesse acordado e curtido mais ,,rs
Matheus.07/10/2013 14:45
Matheus.07/10/2013 14:45
Sinceramente por ser um conto não acreditaria ser verdade mas como algumas pessoas postam o que realmente elas fizeram, muita covardia praticamente um estupro, e se vc gostava de pau pequeno porque a bundinha? A logica da historia ops conto seria que vc o chuparia até um momento que ele acordasse e ai rolasse o que sua imaginação quisesse seria mais logico, não tem de ter logica é um conto...
mineirim-MG07/10/2013 13:19
mineirim-MG07/10/2013 13:19
Nossa, o primeiro garoto que fiquei na vida foi na época de faculdade, há uns vinte anos atrás. Na época conversei com ele pelo disque-amizade, o famoso 145(lembram?) e fui conhece-lo na casa dele, um dia conto o resto mandando um e-mail pro mundo mais!
Lucio07/10/2013 12:41
Lucio07/10/2013 12:41
Ziper do short? Fantasia pura, mas valeu
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

Garotos de programa