Quarta-feira, 12 de Julho de 2017
Nureyev
Homofobia pode ser o motivo pelo adiamento do novo espetáculo do Bolshoi.
por Redação MundoMais

Bailarino Rudolf Nureyev em 1974.Bailarino Rudolf Nureyev em 1974.

O Teatro Bolshoi adiou para o ano que vem a estreia do balé "Nureyev", que seria lançado na próxima terça-feira. Apesar do diretor da companhia de dança russa, Vladimir Urin, ter afirmado que os bailarinos não estavam preparados o suficiente para o espetáculo, o cancelamento levantou dúvidas sobre os motivos por trás da decisão.

Adiada para março de 2018, uma das razões seria a temática da peça, que aborda a sexualidade do bailarino gay Rudolf Nureyev, um dos mais célebres da época e que desertou da União Soviética em 1961. A peça, encenada pelo diretor Kirill Serebrennikov, teria cenas que apresentam relações entre pessoas do mesmo sexo, o que vai contra a lei "anti-LGBT" russa, que veta propagandas positivas a favor dos direitos LGBT.

Segundo a agencia de notícias TASS, o ministro da cultura russo, Vladmir Medinsky, teria pedido o cancelamento do balé com base nessa legislação. Urin negou que esse tenha sido esse o motivo, apesar de afirmar que o tema seria polêmico no país, que possui um passado e um presente homofóbico — apesar da relação entre pessoas do mesmo sexo ter deixado de ser crime na Rússia em 1993, ela foi considerada como uma doença mental até 1999.

Outro motivo seria o próprio diretor, Serebrennikov, conhecido por suas produções polêmicas que burlam o crescente conservadorismo social russo. Em maio deste ano, o encenador foi investigado por fraude envolvendo verba pública e a companhia de teatro de Serebrennikov. O governo alegou que cerca de U$ 3.5 milhões de fundos federais voltados para artes teriam sido desviados. Dois funcionários da companhia foram presos. Na época, Serebrennikov negou qualquer envolvimento no caso. Até o momento, ele não comentou sobre o adiamento de "Nureyev".

Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (2)
tiozim13/07/2017 11:23
tiozim13/07/2017 11:23
Por acaso você sabe o que acontece na Rússia e União Soviética, acerca da homofobia? Lá, o que se vê é uma tendência cada vez mais forte à aceitação da violência doméstica e da perseguição a gays e lésbicas. Por que não desconfiar que uma peça que retrate um gay seja barrada?
HANNIBAL LECTER13/07/2017 7:58
HANNIBAL LECTER13/07/2017 7:58
TUDO NESSA PORRA DE MUNDO AGORA É ESSA MERDA DE HOMOFOBIA . PODERIA SER QUALQUER MOTIVO , MAS NÃO .... SÓ PODE SER HOMOFOBIA ... HAAA PRO INFERNO !!!!!!!!!!!
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

Garotos de programa