Segunda-feira, 07 de Agosto de 2017
Sweet Edy!
Artista pioneiro em sair do armário no Brasil, Edy Star grava com Ney e Filipe Catto.
por Redação MundoMais

Edy Star no estúdio com Ney Matogrosso em foto do Facebook.Edy Star no estúdio com Ney Matogrosso em foto do Facebook.

Um dos primeiros artista assumidamente glam e gay da cena musical brasileira que teve a androginia explicitamente exposta na capa e no repertório do primeiro álbum solo, ...Sweet Edy... (Som Livre, 1974), o cantor baiano Edivaldo Souza – conhecido pelo nome artístico de Edy Star – gravou com nomes como Caetano Veloso, Filipe Catto e Ney Matogrosso sob a direção musical de Zeca Baleiro.

Diretor musical responsável pela trilha sonora do ainda inédito documentário 'Antes que me esqueçam, meu nome é Edy Star', Baleiro vai editar disco pelo próprio selo fonográfico, Saravá Discos!, com gravações feitas por Edy com elenco estelar que também inclui a cantora Angela Maria e o próprio Zeca Baleiro.

Com Ney, artista que abriu caminho para o aparecimento de Edy um anos após a explosão do trio Secos & Molhados, o baiano de Juazeiro (BA) cai no suingue malicioso de 'Peba na pimenta' (João do Vale, José Batista e Adelino Rivera, 1957).

Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (1)
julio07/08/2017 20:50
julio07/08/2017 20:50
colecao de talentos
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

Garotos de programa