quero assinar Entrar na área VIP

Pena de morte para gays

O Parlamento ugandês está a um passo de aprovar um projeto de lei que prevê pena de morte para os homossexuais.

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 11 de Maio de 2011

A publicação do Rolling Stone, que expôs Kato e outras pessoas, incitando a morte aos gays.A publicação do Rolling Stone, que expôs Kato e outras pessoas, incitando a morte aos gays.

UGANDA - Nesta quarta-feira, a chamada “Lei de morte aos gays”, ou "Carta Anti-Homossexualidade", poderá entrar em vigor na Uganda, um país onde os atos homossexuais são atualmente considerados um crime, com punição de até 14 anos de prisão.

David Bahati, autor do projeto, disse que a pena de morte na lei foi "algo que foi abandonado". O projeto está neste momento numa fase de debates e negociações, e prevê desde pena de prisão até pena de morte para quem mantenha relações com pessoas do mesmo sexo. E até quem, independentemente da sua orientação sexual, tenha conhecimento de alguém que seja homossexual e não o participe às autoridades – num prazo máximo de 24 horas – poderá enfrentar uma pena de prisão até três anos.

Um dos defensores do projeto, o pastor Martin Ssempa, disse à Comissão Jurídica e dos Assuntos Parlamentares na segunda-feira que ele não apoia a pena de morte, e defendeu que a pena máxima deve ir até sete anos de prisão. O parlamento deve ter a oportunidade de discutir e aprovar o projeto, porque a homossexualidade está a matar a nossa sociedade, disse à comissão.

Num vídeo disponível no YouTube, de 2010, podemos ver Ssempa explicar à sua audiência o porquê da criação da lei anti-gays: Estamos a fazer legislação para ter a certeza de que a homossexualidade e a sodomia nunca verão a luz da legalidade nesta terra de África.

No dia 27 de janeiro deste ano, o ativista gay David Kato foi assassinado. Em 2010, Kato processou um jornal local que incitou o enforcamento de homossexuais. O jornal processado, o Rolling Stone, publicou no ano passado as fotos de várias pessoas, inclusive Kato, que dizia serem gays, sob o título 'Enforque-os'.

O grupo Minorias Sexuais de Uganda, dirigido por Kato, disse que ele vinha recebendo ameaças desde que o Rolling Stone publicou sua foto, seu nome e seu endereço no ano passado.

Com receio de que a "Lei de morte aos gays" venha a ser aprovada, foi lançada uma petição online a ser dirigida ao presidente da Uganda, Yoweri Museveni, para que este declare a sua intenção de vetar a proposta. Para votar, CLIQUE AQUI

Comentários (41)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 17-05-2011 às 05:30 Oliveira
    As nações Unidas tem que fazer algo afinal um Pais depende de outro o ser humano tem seu direito isso é o fim do mundo ridiculo
  • em 16-05-2011 às 23:56 pensador
    É lamentável que, me pleno sec. XXI, ainda existam lugares onde a intolerancia, a discriminação, o preconceito, a falta de conhecimento, o odio, a brutalidade e a ausencia de humanidade, seja tão forte e tão medonha.
  • em 14-05-2011 às 12:52 Rio
    Eles esquecem, em nome do emocionalismo religioso e fanatismo, o que os negros sofreram também pelo fanatismo e loucura.
  • em 14-05-2011 às 12:19 Rio
    Luiz lindo seu comentário. Concordo com você. Foi lá que esses loucos do credo "branco" tentam alienar o povo pobre.
  • em 13-05-2011 às 12:05 Miltin SouZ
    Lamentavel. Espero que os orgaos internacionais tentem impedir isso, é o minimo que se pode ser feito. Porem é lamentavel, triste e estupido, saber que existe alguem que se incomoda tanto em ver o outro feliz. Muito estranho isso.
  • em 13-05-2011 às 11:10 Nereu para Loren RS
    Vc tá maluco cara....???? vc leu o que o Thales escreveu....??? acredito que não.... então leia de novo e peça desculpas para ele....
  • em 13-05-2011 às 01:48 Loren - RS
    ESSE TAL DE THALES ABAIXO, QUEM ELE PENSA QUE É? UM ARISTROCATA? SÓ SE FOR DO PARAGUAY, HAHAHA!!! QUANTA BESTEIRA NA PARTE DELE, NOSSA! ACORDA MEU FILHO! ESTAMOS NO MUNDO DA DIFERENÇA SIM, VOCÊ NÃO É SANTO PRA MUDAR COM SUAS PALAVRINHAS MONOTONAS, VIU!
  • em 13-05-2011 às 01:44 AMANDO PARA KAKA.
    ESCUTE AQUI SEU BABACA! EU TENHO DIREITO NAS MINHAS OPINIÕES, NÃO GOSTO DESSA GENTE AFRICANA E PRONTO! SE NÃO GOSTOU? LIGO O MEU "FODA-SE" EM VOCÊ PRA TU QUICAR DAQUI.
  • em 13-05-2011 às 01:28 Paulinho BSB
    Só idiotas de pai e mãe apóiam uma sandice assim. É o tipo de lei que serve a interesses nefastos de controle da sociedade, numa ditadura satânica brutal. Aprovado este horror, o grupo que controla o país tem um instrumento eficaz para silenciar opositores: basta executá-los sob a acusação de práticas homossexuais. Até forjam testemunhas, se acharem necessário. Na ditadura brasileira usava-se o termo " subversivos " para justificar tortura e morte. Nessas condições, os ditadores eliminam todos que tiverem inteligência capaz de questionar a corrrupção do sistema. Esses imbecis que se dizem a favor poderiam ser enquadrados e mortos, se fosse do interesse das autoridades, apenas com interesse de diminuir a população, pra poupar dinheiro com gastos sociais. Desta forma sobraria mais para ser roubado. Ainda haverá muito sangue derramado por ganância e preconceito. E pior: ainda há burros de nascença, mulas cegas, simpatisantes de monstruosidades como esta.
  • em 13-05-2011 às 00:52 ao marcelo - sp
    seu comentário faz pensar que vc está desiludido. levou um fora??? queria namoro sério e o cara só te usou??? bola pra frente, cara. vá atrás da sua felicidade ao invés de ficar falando besteira aqui. a vida é curta.
  • Mostrar mais comentários...