Assine o MundoMais

Um passo à frente

Assembleia Legislativa do Pará aprova lei estadual que criminaliza a homofobia.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 01 de Setembro de 2011

PARÁ - Foi aprovado ontem (31), por unanimidade, na Assembleia Legislativa do Pará, o Projeto de Lei estadual que pune e proíbe qualquer ato de homofobia. O PL é de autoria da deputada Bernadete Caten (PT-PA).

Ao defender o seu Projeto de Lei, a deputada alegou que vítimas de homofobia sofrem com violência psíquica, física e sexual. Bernadete (foto) disse ainda que a homofobia é uma "doença social" que não deve ser admitida.

Essa casa já aprovou uma outra lei de nossa autoria, que institui o dia 17 de maio como o Dia Estadual da Luta contra a Homofobia. Precisamos aprovar a lei que criminaliza a discriminação contra homossexuais para, mais uma vez, mostrarmos que o Estado do Pará está à frente no caminho da democracia, declarou a deputada.

Agora, o projeto de lei segue para sanção ou veto do governador do Estado do Pará, Simão Jatene (PSDB).

Comentários (28)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 20-10-2011 às 22:15 Peterson
    A palavra “homofobia” é um termo politica e ideologicamente carregado. De maneira geral, os ativistas homossexuais e seus simpatizantes o interpretam como “agressões e assassinatos de homossexuais”. Mas então, um padre ou pastor que prega contra a prática homossexual se torna alvo do rótulo “homofóbico”, numa tentativa suja de intimidar os cristãos e transformar a denúncia cristã contra o pecado em conduta equivalente ao comportamento dos que agridem e matam homossexuais. Mas a origem da maioria das agressões aos homossexuais são as brigas com seus parceiros e clientes sexuais.
  • em 07-09-2011 às 23:35 J.F
    rpz...eu conheço o filho dessa deputada, ele é um gato, estudou comigo ele !!!
  • em 05-09-2011 às 21:15 pro advogado
    se a lei é inconstitucional ou nao pouco inporta, pior é tirar bandidos da pior especie das prisoes e isso vcs fazem com maestria, bando de advogados fdp, até parece q sao justos e honestos, só se for por dinheiro, aváaaaaaaaa
  • em 04-09-2011 às 15:47 Carlos Eduardo O. Fonseca P/Adv
    Pois eh ne meu... o jumento vem e te chama de burro sem nem ao menos explicar aonde estaria seu erro. Sem contar que não há erro no que vc disse!! hahahahahaha... Se estar certo é ser burro, porrãnnnn... então o que é estar errado!!! hahahahahaha....
  • em 04-09-2011 às 14:15 Advogado
    Oww.. vc q me chamou de anta, quero saber pq vc acha q a lei não é uma afronta, quando fizer um comentário traga pelo menos alguma base sólida de conhecimento... pelo menos eu trago... leu art. 22, I da Constitução e me prove que é possível essa Deputada aprovar essa lei que "criminaliza" a homofobia... Crimes só podem ser criados pelo Congresso Nacional, é princípio básico... e O Carlos Eduardo O. Fonseca ai em baixo é corretíssimo... Ah... não é uma lei constitucional ou não que vai acabar com a homofobia, caiam na real...
  • em 04-09-2011 às 09:23 Juciarllyson Wolff
    LOUCOS ,. por isso que o PARÁ não vai pra frente,... ficam fazendo BESTEIRA... A Assembléia tem que criar e aprovar é projetos que BENEFICIAM TODOS ,.
  • em 03-09-2011 às 11:21 Young Zephyr
    Maravilhosa! Me lembrarei dela nas eleições. Mesmo se a lei acabar sendo incostitucional, o gesto é significativo. O fato de termos vozes se levantando de setores importantes da sociedade para se juntar à nossa causa me deixa mais esperançoso.
  • em 03-09-2011 às 02:09 Rafael Negrão
    Que bom! Que o Pará saiu na frente, na verdade precisamos de mais parlamentares que defendam os direitos do segmento LGBT. Infelizmente, a bancada evangélica é forte, mas a luta continua, até porque a persistência no presente garante a vitória no futuro.
  • em 03-09-2011 às 00:13 Volte e morra na facu
    O tal advogado é muito burro mesmo. A lei não é uma afronta a nada. Vai estudar, anta.
  • em 03-09-2011 às 00:09 Advogado
    Essa Lei é inconstitucional, o governador não pode aprovar, se é que ela cria algum tipo de crime, porque só quem pode legislar em matéria de direito penal privativamente é a União... Então não entendo porque essa lei passou pela assembleia do Pará... uma afronta à Constituição.
  • Mostrar mais comentários...