Assine o MundoMais

Entre plumas e strass

Culto evangélico é pregado em meio a apresentações de travestis, numa boate de Buenos Aires.

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2011

ARGENTINA - Na avenida Corrientes, entre letreiros em neon, fotos de mulheres semi-nuas nas propagandas dos musicais em cartaz, bares e livrarias que viram a noite, está o teatro Moulin Bleu. A entrada é uma pequena porta na esquina da rua Rodriguez Peña, onde um senhor anuncia que é de graça a entrada nas segundas-feiras à noite. É um teatro? Não, é um culto evangélico. Ou melhor: um show de talentos evangélico.

O teatro fica no segundo andar do prédio. A meia luz, famílias inteiras, prostitutas e travestis aguardam enquanto crianças e garçons circulam pelos corredores. Durante toda a noite é possível comprar vinho, cerveja e whisky e pedir uma pizza. Uma ajudante passa distribuindo folhetos entre as mesas com as informações sobre o culto, que é chamado "Predicando entre Plumas y Strass".

O culto no Moulin Bleu começou há seis anos com o pastor Diego Gebel. Ele morreu em maio do ano passado, aos 47 anos, depois de ter uma parada respiratória enquanto se recuperava de um cateterismo. Quem assumiu a condução do culto foi a viúva dele, Mabel.

É Mabel Gebel, cabelos loiríssimos, vestido preto e capa cintilante, quem abre o culto, às 22h. Ela explica o conceito da noite para os estreantes: Deus ama a todos sem distinção e por isso ela discorda dos evangélicos que têm preconceito contra travestis, prostitutas e homossexuais. No "Predicando entre Plumas y Strass", entra quem quer, se apresenta quem quer.

Mariana A., uma travesti de vestido longo, entra em seguida para fazer um show caribenho acompanhada de dois dançarinos de short curto e sem camisa. Ao longo da apresentação, o vestido é arrancado e ela fica com a bunda à mostra. Os seios em algum momento também vem à público.

Uma senhora ao meu lado, chamada Juana, contou que assiste ao culto toda semana há seis meses, desde que precisou fazer uma cirurgia no joelho e veio morar em Buenos Aires com o filho mais novo. Ele trabalha como ator, visita hospitais infantis da cidade fazendo apresentações circenses e nas segundas-feiras se apresenta no Moulin Bleu.

A noite segue com uma das filhas da pastora cantando uma música evangélica e outra filha fazendo um esquete de humor com um homem que, na verdade, era o porteiro do começo da noite. Mariana A. e outra travesti mais velha, loira, são as que mais fazem apresentações, quase sempre começando deslumbrantes e terminando semi-nuas. Entre um e outro, entra a pastora Mabel para pregar. No discurso mais longo da noite ela contou a história de Davi e Golias. Depois anunciou que mais tarde iria levar a palavra do Senhor a um cabaré.

Duas horas depois, o show chegando ao final, chega a vez do filho da Juana. Ele entra no palco fantasiado de Evita Perón, vestido longo, maquiagem pesada e peruca loira. Com caras e bocas, cantou "Don't cry for me, Argentina". Juana não chorou, mas ficou emocionada.

A pastora Mabel Gebel abre o culto evangélico no Moulin Bleu.A pastora Mabel Gebel abre o culto evangélico no Moulin Bleu.
A travesti Mariana A, que durante o show deixa seios e bunda à mostra.A travesti Mariana A, que durante o show deixa seios e bunda à mostra.
Fonte: Terra
Comentários (32)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 18-12-2011 às 00:51 p/ Edy
    Bicha burra nao é dissimo e sim dízimo, nao se meta se nao é alfabetizado kkkkkkk
  • em 15-12-2011 às 15:23 Edy
    Acho todos pastores maravilhosos principalmente quando pede o díssimo! Hummmmm que delicia....
  • em 14-12-2011 às 11:53 niltom salvador
    amigo esta tudo lindo sim goste muito fica bem viu
  • em 12-12-2011 às 15:42 rodrigofortunato
    Esta de parabens esta MABEL GEBEL ,e uma otima iniciativa e muita coragem . os proprios gays inves de apoiar e dar mais força a esta causa que por mim e nobre pois poucas pessoas tem e teve essa coragem ... essas gaya tem que parar de criticar e observar o negativo e sim o lado possitivo das coisas..fico orrorizado com alguns depoimento fuleiro aqui posto. ARGENTINA parabens isto mostra que as coisas estao bem a frente em que se pensa
  • em 11-12-2011 às 16:21 Kaio
    O apóstolo Paulo falou sobre isto no evangelho de Filipenses 1:18:" O QUE IMPORTA É QUE O EVANGELHO ESTÁ SENDO PREGADO" para que depois não haja desculpas de que nunca ouviu falar de Jesus. Eu penso que todos nós devemos parar de sermos "egoístas" e pensarmos também em termos um relacionamento com Deus, independentemente de nossa orientação sexual.
  • em 11-12-2011 às 04:05 A ARGENTINA
    A CULTURA ARGENTINA É DISTINTA, ELA É MENOS DISCRIMINATÓRIA, BEM MENOS COM REALCAO A GAYS, POBRES, LÁ VC NAO PRECISA TER UM CORPO DE DEUS GREGO..........AH TUDO LA É BEM DISTINTO. MESMO SENDO UM PAÍS VIZINHO NAO TEM NADA A VER COM A MERDA DA CULTURA DO MERDIL
  • em 10-12-2011 às 19:37 Juan
    Fernando vc ta sendo preconceituoso, quando se refere dessa maneira...E ta de Parabens todos que fazem parte deste culto Evangelico... em boates PARABENS OS CULTO EVANGELICOS EM BOATES
  • em 10-12-2011 às 11:42 Fernando
    Mais uma vez toca-nos parabenizar a Argentina. Chega desse povo evangélico ignorante e preconceituoso do Brasil, com esse monte de bispos que outra coisa não sao senão ladroes e aproveitadores das carências do povo pobre !! Povo rico no Brasil é Católico, que também é outra baixaria!!
  • em 10-12-2011 às 10:48 Luci@no
    Tentam nos empurrar goela a dentro um Deus, com percepções e sentimentos humanos... Mas o verdadeiro deus, está a quadrilhões de anos, tanto quanto a dimensão do universo mais evoluídos do que nós simples mortais... A percepção humana de Deus, é apenas no que ele pode ver... e perceber no espaço que ocupa. E fico horrorizado quando tentam me fazer crer em um Deus, com a evolução de dois mil anos antes de nosso tempo. Acorda gente!!!
  • em 09-12-2011 às 06:41 TRAVESTI DA CARA SECA
    Eu,heim? a travesti dessa foto,esta com a cara seca,deve estar com aquela do ença ruim...
  • Mostrar mais comentários...