Promoção Black Friday Promoção Black Friday Promoção Black Friday

José de Abreu sobre filha transgênero: 'apoiei desde o primeiro dia'

Ator de 'Um Lugar ao Sol' disse que filha caçula se identifica como mulher trans há 2 anos.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 25 de Novembro de 2021

José de Abreu, que faz parte do elenco de "Um Lugar ao Sol", revelou ter uma filha que se identifica como mulher transexual há 2 anos. O ator comentou sobre o assunto em entrevista ao jornal Extra. "Minha última filha é trans. Agora é Bia. Já estamos vivendo há dois anos assim. Eu apoiei desde o primeiro dia que soube. Estamos fazendo um trabalho lento, com assistência psicológica, e espero que ela encontre o seu caminho e seja feliz.

O artista também destacou que nunca diferenciou o tratamento dos filhos por causa do gênero. "A minha relação seguiu a mesma linha que a dos demais". José de Abreu teve cinco filhos. O primeiro foi Rodrigo, que morreu aos 21 anos em 1992 ao cair da janela de seu apartamento. Na sequência vieram Theo (45), Ana (44), Cristiano (37) e Bia (21).

Antes do noivado com a maquiadora Carol Junger, José foi casado com a advogada Neuza Serroni, a diretora teatral Nara Keiserman e a cineasta Priscila Petit. Bia nasceu durante o relacionamento do artista com a economista Andrea Pontual. "Já fui casado com uma católica comunista, depois com uma judia, depois com uma carioca da gema, e agora estou com uma bela niteroiense, feliz e satisfeito", completou o artista.

Comentários (4)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 29-11-2021 às 12:16 Chico
    Apoio desde o primeiro principio memo? Será? Aham sei....kkkkkkkkkkkk.
  • em 29-11-2021 às 08:46 Crente Conservador Bolsonarista
    Se fosse meu filho eu levava pra igreja pro pastor salvar a alma. Pais jamais apóiem essa loucura criada pelo PT.
  • em 25-11-2021 às 22:55 Zequinha
    O importante é pessoa ser feliz, o restante é tudo secundário
  • em 25-11-2021 às 22:27 Felipe
    Trata-se de um velho ridículo, desempregado, que não vai se eleger em 2022 e tampouco arranjará emprego no futuro governo, porque Lula não será eleito. Quanto à filha trans, que Deus a proteja e que possa exercer de forma plena a sua afetividade, a sua sexualidade.