Garanhões da fazenda

Dois rapazes do interior do Ceará encontram-se na calada da noite, ambos cheios de tesão. Para ler este conto, clique aqui

  • Publicado em 15/ago/2017
  • Um conto de Anderson Oliveira
  • Lido por Rodrigo Novaes
Comentários (16)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 17-12-2017 às 07:40 Anônimo
    Moro na zona sul de São Paulo quem tiver interesse em fazer uma brincadeira gostosa comigo favor deixar o ZAP moro na zona sul de São Paulo
  • em 14-12-2017 às 23:45 Alberto
    Não cara, que nojo!
  • em 06-12-2017 às 07:42 Douglas
    NOJO....
  • em 29-11-2017 às 07:26 Fernando
    Cara vcs pegam pesado demais as vezes! E por isso que os homossexuais são taxados de doentes! Que nojo!
  • em 22-11-2017 às 13:47 Punheta
    cid-(-1878207338044653778)@outlook.com Vem no Skype
  • em 02-10-2017 às 21:36 Marcelo porto - Brasília
    Que nojo!!! Parei de ouvir logo no início. Retirem este conto daqui!!!
  • em 29-08-2017 às 22:24 rogerinho
    gostei do conto. chuparia e daria pros dois.
  • em 24-08-2017 às 20:41 anderson
    quem faz isso com um animal merece ser castrado!
  • em 24-08-2017 às 20:39 adrin
    q horror!
  • em 20-08-2017 às 22:55 Anderson
    Tb num curto zoofilia, mas nada a ver isso de crime. É um conto gente nada demais
  • Mostrar mais comentários...