Segunda-feira, 12 de Junho de 2017
Dá-lhe Manson!
Professor que deu aula de drag queen na Paraíba ganha prêmio da Parada LGBT de SP.
por Redação MundoMais

Professor valorizou a diversidade ao ir dar aula montado de drag queen.Professor valorizou a diversidade ao ir dar aula montado de drag queen.

O professor paraibano e drag queen Luis Lima, também conhecido como Friday Manson, nome artístico, vai ser premiado durante a 17ª Edição do Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade, realizado pela Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo.

A lista completa dos premiados ainda não foi divulgada, mas a APOGLBTSP já confirmou que Friday vai receber o troféu da categoria Educação e que o motivo da escolha foi a ação do professor no Dia Internacional de Combate à LGBTfobia, quando ele deu aula vestido de drag queen em João pessoa.

“Eu fui pego de surpresa, e por alguns minutos não acreditei no que estava acontecendo. Agora, mais do que nunca, irei buscar criar conexões na própria cidade para que essas discussões se expandam dentro e fora da escola. Acredito que esse prêmio me torna responsável por levar essa discussão para outros espaços”, afirmou Friday após receber a notícia de que seria premiado.

No dia 17 de maio, dia em que é celebrado o Dia Internacional de Combate à LGBTfobia, Luis, que é artisticamente conhecido como Friday Manson, foi dar aula montado de drag queen. O objetivo da intervenção, realizada com permissão da direção, era promover uma reflexão com os alunos do ensino médio sobre a diversidade.

“Enquanto professor sempre pautei meu trabalho com base no reconhecimento e respeito a toda a diversidade existente”, declarou o professor.

Professor drag queen quer mostrar que todos devem seguir seus sonhos, independente de orientação sexual ou identidade de gênero.Professor drag queen quer mostrar que todos devem seguir seus sonhos, independente de orientação sexual ou identidade de gênero.

Prêmio LGBT em São Paulo

O Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade homenageia e reconhece ações sociais que contribuíram para o avanço dos direitos humanos da população LGBT. Ao todo, são 20 categorias entre personalidades, entidades, autoridades políticas e ações culturais que contribuíram para o avanço dos direitos humanos da população LGBT.

A solenidade de premiação vai ser no dia 16 de junho, às 19h, na Academia Paulista de Letras, em São Paulo. A entrada é gratuita.

Norma para comentários:
Acusações insultuosas e comentários em desacordo com o tema da matéria serão despublicados.
Comentários dos leitores (0)
Faça seu comentário!
Nome

Faça seu comentário:

Gabriel