No domingão

Presidente da ABGLT solicita que Fausto Silva pare com piadas com gays e apóie campanha contra homofobia

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 24 de Junho de 2009

ReproduçãoO apresentador do Domingão do faustão Fausto Silva

CURITIBA – O presidente da associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros (ABGLT) Toni Reis, escreveu ontem, 23, uma carta aberta ao apresentador Fausto Silva, o Faustão, na qual solicita que ele pare com piadas de cunho homofóbicos com gays no programa Domingão do Faustão.

De forma gentil, Toni Reis diz que admira a personalidade do apresentador. Inclusive por matérias de cunho social que o programa veicula e pelo bom humor do apresentador. Diz também que escreve uma carta aberta porque as que os e-mails enviados parece que não chegaram até o apresentador.

“Enfim, Faustão você é gente boa. Sabemos por sentir isso e por declarações de muita gente que fala de você como alguém muito generoso com todos”, diz Toni Reis. Logo após, enumera as vezes que o apresentador faz piadas jocosas em relação aos gays no quadro Vídeo Cassetadas.

0/05/2009 – você referiu um "suposto" homossexual pelo termo GAZELA
17/05/2009 – você refere-se a um "suposto" homossexual pelo termo BOIOLA
17/06/2009 - diz que um “suposto" homossexual MORDE A FRONHA
17/06/2009 - No programa leva ao ar o comentário do participante Leandro Hassun: ISTO É UMA BICHONA!
2009 - refere-se ao suposto homossexual pelo termo LIBÉLULA
2009 – ao ver dois homens se cumprimentando, diz: ISTO É COISA DE BOIOLA!

Após citar alguns exemplos, Toni Reis diz que estes “são alguns poucos exemplos durante os quais a platéia ri de uma situação que é muito triste no Brasil e no mundo: a Homofobia”. Por conta disso, pede a Fausto Silva que dê apoio à luta contra a homofobia no Brasil com a divulgação do Projeto de Lei Complementar 122 (PLC/122), que pune a homofobia.

“Faustão, é triste e é dolorido ser discriminado. Sei que você nunca quis fomentar a violência, por isso Faustão nos ajude a diminuir a discriminação no Brasil. Não encare isto como censura ou policiamento do politicamente correto”, diz o presidente da ABGLT. Veja a carta na íntegra:

________________________________

Carta Aberta ao apresentador Fausto Silva – Programa Domingão do Faustão

Fausto Silva,

Tomo a liberdade de me dirigir publicamente a você, infelizmente ao que parece meus e-mails anteriores não chegaram até você.

Sou paranaense, professor, tenho 45 anos e vivo há 19 anos como meu companheiro David. Ano que vem completamos nossas bodas de porcelana.

Geralmente assisto a seu programa, principalmente às vídeos cacetadas. Te admiro pela inserção no seu programa de matérias e quadros de cunho social e principalmente pelo seu bom humor. Enfim, Faustão você é gente boa. Sabemos por sentir isso e por declarações de muita gente que fala de você como alguém muito generoso com todos.

Seu programa é muito assistido e admirado por milhões de brasileiros e de brasileiras. Você é referência nacional, como apresentador.

Com certeza suas opiniões influenciam no comportamento dos seus(as) telespectadores(as).

Dirijo-me a você Faustão de uma forma, amistosa e gentil para falar do meu descontentamento sobre a forma como você aborda a homossexualidade no Domingão do Faustão. Esse é nosso papel na luta pela inclusão social e respeito à nossa forma de ser.

Veja uns exemplos:

0/05/2009 – você referiu um "suposto" homossexual pelo termo GAZELA
17/05/2009 – você refere-se a um "suposto" homossexual pelo termo BOIOLA
17/06/2009 - diz que um “suposto" homossexual MORDE A FRONHA
17/06/2009 - No programa leva ao ar o comentário do participante Leandro Hassun: ISTO É UMA BICHONA!
2009 - refere-se ao suposto homossexual pelo termo LIBÉLULA
2009 – ao ver dois homens se cumprimentando, diz: ISTO É COISA DE BOIOLA!

Estes são alguns poucos exemplos durante os quais a platéia ri de uma situação que é muito triste no Brasil e no mundo: a Homofobia.

Fausto Silva, você sabia que em sete países há pena de morte para os homossexuais e 80 países criminalizam os atos homossexuais? Que no Irã gays são enforcados em praça pública?

Que na pesquisa da UNESCO publicada em 2004 consta que 40% dos adolescentes não gostariam de estudar com um gay, uma lésbica ou uma pessoa trans? Que se utilizam dos mesmos adjetivos listados acima para nos designar? Inclusive eu mesmo já fui taxado assim na escola nos velhos tempos. No programa Profissão Repórter do competente Caco Barcelos (exibido no dia 19/05/2009) a reportagem apresentou a triste história de Iago um adolescente de 14 anos que se suicidou porque era discriminado na escola. Infelizmente isso é muito comum.

Faustão, você sabia que na última Parada LGBT (conhecida como parada Gay) de São Paulo 22 pessoas foram feridas com uma bomba que uma pessoa jogou de um prédio, e que numa Rua próxima a Praça da República - no final da parada - um gay de 35 anos apanhou tanto que sofreu traumatismo craniano e morreu?

Fausto Silva, você sabia que a maioria dos pais não gostariam que seus filhos fossem gays, lésbicas, travestis ou transexuais porque temem que seus filhos e filhas sofram violência, discriminação e por serem motivo de piadas de mau gosto e assédio moral?

Aqui em Curitiba, cidade em que vivo, no ultimo mês 6 travestis e um gay foram barbaramente assassinados. E aqui e outras cidades somos perseguidos por grupos de extermínio como skinheads. Nos últimos 20 anos 2992 pessoas LGBT foram barbaramente assassinadas pelo simples fat ode serem LGBT, segundo pesquisa do Grupo Gay da Bahia.

O Código de ética dos jornalistas, (artigo n° 10, item d), a Resolução nº 489 do Conselho Federal de Serviço Social e Resolução nº 001/99 do Conselho Federal de Psicologia, todos determinam que os respectivos profissionais dessas áreas devam respeitar a orientação sexual e a identidade de gênero de todas as pessoas. Lutamos para que sejamos respeitados como cidadãos com direitos e sem medo de viver.

Atualmente são realizadas no Brasil 150 Paradas LGBT, esses eventos têm como objetivo pedir respeito e consideração a nossa condição de cidadãos e cidadãs. Inclusive, o próximo domingo - 28 de Junho - é o Dia Internacional do Orgulho LGBT, e será comemorado em várias cidades no Brasil e no mundo inteiro.

O atual governo federal elaborou o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT, com 180 ações contra a homofobia e a favor do respeito à diversidade humana, fruto de conferências LGBT nas 27 unidades da federação e da 1ª Conferência Nacional LGBT, cuja abertura foi prestigiada pelo presidente da república.

No Congresso Nacional existe uma Frente Parlamentar pela Cidadania LGBT com 250 parlamentares (deputados(as) e senadores(as)) participantes que querem a criminalização da homofobia.

Neste sentido, Faustão, gente boa, gostaria muito que ao se referir a LGBT ou pessoas supostamente LGBT, você se dirigisse com mais respeito, na boa mesmo. Sem ressentimentos.

Piadas e chacotas podem levar adolescentes a cometer suicídio, podem levar pais e mães a expulsarem seus filhos de casas, podem reforçar atitudes violentas contra LGBT.

Faustão é triste e é dolorido ser discriminado. Sei que você nunca quis fomentar a violência, por isso Faustão nos ajude a diminuir a discriminação no Brasil. Não encare isto como censura ou policiamento do politicamente correto.

Afinal, nossa constituição é clara nos seus artigos 3º e 5º quando diz todos são iguais e não haverá discriminação de qualquer natureza.

Vamos construir um Brasil em que caibam todas as cores.

Vamos viver em harmonia como as cores do Arco-íris.

Se a cultura é adquirida, conforme definiu Lévi-Strauss, também pode ser mudada. Nos ajude a mudar essa cultura homofóbica.

Para citar também Nelson Mandela:

Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, ou por sua origem, ou sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se elas aprendem a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto. A bondade humana é uma chama que pode ser oculta, jamais extinta.

Por meio desta carta aberta peço que de uma forma cidadã e divertida nos ajude a combater a violência, a discriminação, preconceito e principalmente as mortes contra a comunidade LGBT.

Conto com você e ajude-nos a divulgar a campanha www.naohomofobia.com.br que pede pela aprovação da Lei que criminaliza a Homofobia.

Um abraço
Toni Reis
Professor, Especialista em Sexualidade Humana, Mestre em Filosofia em ética e sexualidade e Doutorando em Educação.
Presidente da ABGLT - Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.

Comentários (20)
  • em 10-02-2010 às 22:25 Solange Farah Romero
    Não tenho preconceito algum, mas gostaria muito de poder realizar meu sonho. Por cinco vezes me escrevi no BBB mas não deu certo, mas gostaria muito, mas muito mesmo de poder dar um grande abraço no Bial e conhecer a tão famosa casa que infelismente não pude entrar. Permita-me este sonho Faustão. beijos
  • em 30-06-2009 às 10:29 Faustão defende direito de ser homof&o
    O apresentador Fausto Silva costuma comentar as vídeo-cassetadas do Domingão do Faustão chamando algumas pessoas Homossexuais de gazela, boiola, bichona, morde-fronha e libélula. Foi lançada uma campanha nacional para que ele pare de ofender os Gays em seu programa. Inclusive a ABGLT enviou uma carta pedindo mais respeito e parceria contra o preconceito, a qual Faustão leu no programa, mas em seguida ele disse que discorda do radicalismo do politicamente correto e que não se pode acabar com o direito das pessoas de contar piadas sobre Gays e a liberdade de rir sobre o tema. Porém, imagine se ele fizesse piada sobre negros ou judeus queimados em campos de concentração? Por isso, é importante que milhares de pessoas escrevam agora para a Rede Globo reforçando o pedido para que Faustão não ofenda mais os Gays. Se a Globo receber uma inundação de emails reclamando, isso pode suscitar um maior debate sobre o tema, uma reportagem para abordar o assunto e o Faustão não se sentirá mais à vontade para nos ofender. Escreva agora mesmo uma mensagem para a Globo pedindo que o apresentador não se refira mais aos Gays com termos ofensivos e preconceituosos. Espalhe essa iniciativa para amigos, blogs, e-mails, MSN, Orkut, Twitter, etc. Eu já fiz a minha parte, faça a sua também.
  • em 30-06-2009 às 00:43 Luciano
    Eu também fiquei indignado quando há umas 3 semanas estava zapeando a tv e me deparei com esses comentários homofóbicos desse apresentador, ele dizia: Isso é coisa de Boiola, ou seja, isso é coisa de gente inferior, da escória! Cursando Letras já consigo identificar os disursos impregnados nessas supostas piadas "sem" uma intenção discriminatória. Agora sem hipocrisia. Gostaria também que o Toni Reis enviasse também uma carta para a "festejada" transformista Silvetty Montila, que para mim é tão ou mais homofóbica que o Faustão, pois "ela" em seu número Bizarro discrimina de forma massacrante os gays passivos...fica aqui minha indignação, pois um "Hétero Nojento" homofóbico é até "compreensível, visto a ignorância de muitos sobre o assunto, agora gay homofóbio não dá!
  • em 29-06-2009 às 16:11 Rafael Medeiros
    TONI Parababens pela sua atitude.. eh de pessoas assim que precisamos para lutarmos juntos e conquistarmos a cada dia o nosso espaco. Mas infelizmente muito homossexuais confundem a aceitação com a tao liberdade tão desejar .. Infelizmente por esta minoria que somos ainda tão descriminados. Mas um dia seremos respeitados como o que acontece em todas as cidades EUROPEIAS onde cada um tem os seus diretos deveres e tomam conta de suas proprias vidas.. Parabens mesmo...
  • em 29-06-2009 às 11:11 Pablo Martins
    Aprendemos na pancada de odios subtos,que ser gay e nao fazer parte da "sociedade"que venda os olhos para tudo,em troca de frutos futuros da hipocrisia social.Vivemos paralelos a esta"sociedade" em nossos mundos em busca da felicidade & respeito!!!Quem nao respeita nao merece respeito.Colocar a boca no mundo por razoes que na cabeca de muita gente e por capricho...capricho e chegar na rua segunda feira e chamado de boiola, gazela,morde a fronha,Libelula e etc: Em alto e bom som em direcao do trabalho e ficar triste por ter feito parte disso perdendo seu tempo num progama tv em gargalhadas banais no domingo a tarde. Precisamos ensinar o amor nem que seja pela dor. A humanidade aprende a odiar sem dor!!!
  • em 29-06-2009 às 09:23 Amor & Odio!!!
    "Para citar também Nelson Mandela": Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, ou por sua origem, ou sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se elas aprendem a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto. A bondade humana é uma chama que pode ser oculta, jamais extinta. Precisamos ensinar o amor nem que seja pela dor. A humanidade aprende a odiar sem dor!!!
  • em 29-06-2009 às 02:28 Léo
    Esse Carlos deve ser baiano ou algo assim do nordeste...ele fala "escundido" ..kkkkk ri muito!!
  • em 28-06-2009 às 23:22 Daniel
    É complicado essa exigência de direitos e respeito por todos os lados. Entendo que piadas existem e sempre existirão. Há que se lidar com o humano e seus conceitos disformes. Há que se pensar na educação, mais que na garantia de direitos. Há que se ter direito a boa educação antes de mais nada. Talvez, por aí, se consiga um pouco de mudança e crescimento no respeito a TODAS as pessoas e não somente aos gays. Abraço.
  • em 28-06-2009 às 22:10 zé mané/sp
    carlos, meu deus! nunca vi alguém escrever tão errado. vai pra escola, amigo! urgente!!!!! "epoclesia" é o cúmulo!
  • em 28-06-2009 às 20:57 carlos.
    eu quero aqui fazer o meu comentario.na minha opiniao fastao ñ ofendi nimguém, eu acho um puro exagero esse comentario que o nosso amigo fez, que mandou um e-mail pra ele. eu asisto e ñ feijo nada disso..eu ñ estou ecomodado com isso, eu tabm sou gay , o q eu ficao ecomodado é que eu veijo muita epoclesia por parte dos gays..que ficam atraz do armario..que ficam escundido..sao eles pais, noivos e namorados que tem namorada, que pega o seu e-mail, no hotmail, e ñ se indentifica colocando fto de boneco, bandeija de xadrez e ai vai, é isso que q eu fico ecomodado, pra min isso é uma titude covarde . Dino eu concordo com vc, ele ñ fez isso pra ofender nimguém...isso ele fez com carinho, vcs intrpleta maus as coisas..ésa é a minha opinião..crodrigues2328@hotmail.com....!.
  • Mostrar mais comentários...