Assine o MundoMais

Calendário Simpatizante

Calendário pró-direitos LBGT usa modelos hétero-simpatizantes sem roupa pela causa. Veja imagens e o vídeo de making of.

por Redação MundoMais

Segunda-feira, 24 de Janeiro de 2011

A associação FCKH8, que luta contra a Proposta 8 que proibiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo na California, lançou um calendário 2011 para levantar recursos para suas ações.

O diferencial é que os modelos são todos homens héteros que tiraram a roupa para mostrar apoio aos direitos LGBT.

Os calendários, com páginas nas cores rosa, lilás e roxo, são vendidos a 3 dólares pelo site FCKH8.

Assista ao video de making of abaixo

Comentários (21)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 31-01-2011 às 01:02 JUNINHO
    até q fim li comentarios q nao tem besteira de primeiro, segundo... vi aki opinioes serias sobre nossos direitos , vi aki debates claros e sinceros q somos pessoas normais como todas as outras não importa a opção sexual, mesmo q sejamos gays não é proprio dizer q não gostamos de AZUL,VERDE, etc. Pq o ensaio foi rosa, roxo e lilas? temos q nos concientizar q gays é ser humano e que nós viemos ao mundo pra sermos felizes independentemente de com quem seja. BJOS a tods
  • em 27-01-2011 às 03:01 Fred
    Legal ,onde compro 1 calendario desse?
  • em 26-01-2011 às 13:45 Gabriel - Barueri
    Concordo com seu comentário, Guto. O público homossexual (principalmente masculino) é visto simplesmente como uma massa alienada que só pensa em consumir. Mas infelizmente sabemos que muitos de nós deixamos que essa ideia prevalesça. A própria Parada GLBT é muito mais um evento para econômico do que conscientizador, uma vez que está desvinculado de qualquer discussão mais séria sobre o assunto. Hoje pensar em gay e cair no estereótipo de carnaval, festa e putaria e não deveria ser assim, somos seres humanos com aspectos individuais como todos os outros. Só estou contrário ao termo que empregou: não penso que a homossexualidade seja uma opção, mas sim uma orientação. Se pudesse optar por não ser discriminado e vítima de agressões, certamente o faria.
  • em 26-01-2011 às 09:48 Pietro - Natal
    Vai etender o ser Humano. O mania de reclamar de tudo e ser negativo. Vivem dizendo que a mudança tem de acontecer. E quando algum coisa é feita pensando no movimento, sempre tem os que não estão stisfeitos. Pio seria se contiuássemos como a não muito tempo, pensem em 10 anos atraz. Não importa de são atores, modelos, heteros, gays, o que importa é a mensagem.
  • em 26-01-2011 às 00:57 P/ Gaybriel e Paulinho, do Paulinho BSB
    do Paulinho BSB: Concordo plenamente com vocês.
  • em 25-01-2011 às 23:12 Robson - GO
    Concordo com você Gustavo. Nada haver o comportamento com gesto de obscenidade para querer retratar heterossexualidade. A várias maneiras mais naturais e criativas para repassar tal imagem. Mas valeu a intenção, tudo serve de aprendizado e visão progressiva. E parabéns pela correção do uso correto do "mau". srsrsrsrs... Forte abraço a todos. Fui!
  • em 25-01-2011 às 12:38 Gustavo(MG)
    Só uma correçao do comentário abaixo, antes que caiam em cima de mim> a palavra MAL no sentido que coloquei é correto dizer MAU desculpem o erro d digitação.
  • em 25-01-2011 às 12:36 Gustavo(MG)
    OI amigos... Adoro a idéia de fotos sensuais, são excitantes e eu adoro fazê-las. Mas creio que tudo isso n passou de "tira proveito" da mídia, uma vez que o tema HOMOSSEXUALIDADE está em alta devido ao alvoroço do governo DILMA. Não estou aqui pra questionar a sexualidade de ninguém, mas creio que fazer carinha de mal e usar o gesto obsceno com dedo não o coloca como MACHO ou hetero... Enfim, parabéns pela iniciativa, mas o mundo precisa muito mais que um calendário recheado de cuecas pra amenizar o preconceito! Boa sorte...
  • em 25-01-2011 às 11:57 Guto
    A idéia do calendário é boa, mas quem acha que isso é pra ajudar a conscientização se engana, o mercado vê no público gay uma imensa massa consumidora, a indústria pornográfica tem faturado milhões e qualquer um tem acesso a essas informações, um calendário promocional desses faz várias coisas pelo mercado capitalista e pelos que estão envolvidos, a divulgação e exposição na mídia traz muito mais benefícios a quem produziu e para os modelos do que para a causa LGBTTS, importante que reconheçamos o que realmente é engajamento e o que não passa de puro oportunismo. A idéia do calendário é boa, mas quem acha que isso é pra ajudar a conscientização se engana, o mercado vê no público gay uma imensa massa consumidora, a indústria pornográfica tem faturado milhões e qualquer um tem acesso a essas informações, um calendário promocional desses faz várias coisas pelo mercado capitalista e pelos que estão envolvidos, a divulgação e exposição na mídia traz muito mais benefícios a quem produziu e para os modelos do que para a causa LGBTTS, importante que reconheçamos o que realmente é engajamento e o que não passa de puro oportunismo. Quanto a opção sexual acredito que o embate é o mesmo, da mesma forma que não gostamos que nos questionem não há porque questionar quem participou da campanha, cada um sabe de si, se todo mundo, principalmente no meio gay, se preocupasse mais com sua vida talvez não haveria tanto preconceito.
  • em 25-01-2011 às 11:46 Likinho
    Se é hetero não transa com outro cara, se transa é pq hetero não é, derrrrrrrrrr
  • Mostrar mais comentários...