Assine o MundoMais

Lesbianismo no Cinema

Natalie Portman confronta o lado obscuro da mente em filme com cenas picantes de lesbianismo e masturbação feminina.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 04 de Fevereiro de 2011

 Portman: forte candidata ao Oscar Portman: forte candidata ao Oscar

Cenas de lesbianismo, masturbação feminina e de thriller psicológico fazem de “Cisne Negro” a principal estreia dos cinemas nesta sexta-feira. São cinco indicações ao Oscar, incluindo a de melhor atriz para Natalie Portman.

Esta é Nina, uma bailarina clássica com técnica apurada, mas que é desafiada pelos papeis que terá que realizar em O Lago dos Cisnes. Deverá fazer o papel de cisne branco, a delicada princesa aprisionada, bem como o de cisne negro, sua sedutora e

perigosa irmã. Nina, recatada e pressionada pela mãe Erica (Barbara Hershey), terá que desenvolver a sensualidade necessária para não desapontar a si mesmo e a Thomas Leroy (Vincent Cassel), o diretor da companhia de dança.

O filme é feliz em retratar a pressão e disciplina a que artistas profissionais estão submetidos. A tensão e o estresse de Nina para construir seu personagem transformam “Cisne Negro” em um thriller psicológico, quase um filme de terror. Sua mania de

coçar as costas aumenta, sua imaginação se torna mais fértil. Alucinada, Nina passa a ver imagens que não existem. Seu reflexo toma vida própria. Até o ponto em que seu duplo se apodera completamente de sua personalidade.

“Cisne Negro” também é um dos indicados ao Oscar de melhor fotografia. Há muitas cenas filmadas na mão. Imagens que balançam conforme acompanhamos os passos do personagem. Planos fechados destacam o que fazem do balé um balé: ponta dos dedos, sapatilhas, movimentos de pernas e o coque na cabeça. Destaque também para a primeira sequência do filme: um prólogo dramático com jogos de luz e sombra.

O diretor Darren Aronofsky, também indicado ao Oscar, soube trabalhar com oposições (luz e sombra, branco e negro, repouso e tensão) e com o famoso tema de Tchaikovsky para construir um filme cheio de som e fúria.

Confira a programação nos cinemas da sua cidade.

Comentários (28)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 13-02-2011 às 21:44 Clarisse
    Mas o mundo continua sempre o mesmo O medo de voltar pra casa à noite Os homens que se esfregam nojentos No caminho de ida e volta da escola A falta de esperança e o tormento De saber que nada é justo e pouco é certo E que estamos destruindo o futuro E que a maldade anda sempre aqui por perto A violência e a injustiça que existe Contra todas as meninas e mulheres Um mundo onde a verdade é o avesso E a alegria já não tem mais endereço Clarisse está trancada no seu quarto Com seus discos e seus livros, seu cansaço Eu sou um pássaro Me trancam na gaiola E esperam que eu cante como antes Eu sou um pássaro Me trancam na gaiola Mas um dia eu consigo existir e vou voar pelo caminho mais bonito
  • em 09-02-2011 às 23:29 PASS CARINHOSO
    DESLUMBRANTE!!! ARREBATADOR!!! DENSO!!! PERTURBADOR!!! SAÍ DO CINEMA ATORDOADO... FIGURINO PERFEITO... TRILHA SONORA PERFEITA E PARA COMPLETAR... A ATUAÇÃO DA NATALIE PORTMAN FOI IRRETOCÁVEL... DIGNA DO OSCAR... COM CERTEZA, ASSISTAM QUE VALE A PENA!!
  • em 07-02-2011 às 01:42 kaikass2009
    FILME PERFEITO. RETRATA A REALIDADE DA VIDA DOS BAILARINOS.TODOS OS PERSONAGENS RETRATADOS NO FILME EXISTEM MESMO POR AÍ, INCLUSIVE O PERSONAGEM FANATICO DA MÃE DA BAILARINA. EXISTEM EM TODO SO LUGARES E NO MUNDO TODO. A RIVAL É PERFEITA. A BAILARINA QUE SE APOSENTA E SE ACHA A PIOR DE TODAS E QUER MORRER. TUDO ,TUDO NO FILME EXISTE NA VIDA REAL. TODAS AS SITUAÇÕES. A SEDUÇÃO ,A RIVALIDADE, AS DORES. TUDO EXISTE MESMO. FIQUEI SEM PALAVRAS AO SAIR DO CINEMA. PERFEITO.
  • em 07-02-2011 às 00:06 Edu
    Lesbianidade no cinema ficaria politicamente bem mais correto para um site gltb! Quanto ao filme, tesão de cenas, Natalie Portman é um sonho de consumo, simplesmente deliciosa. O roteiro poderia ter sido mais elaborado, pareceu-me meio prego a marteladas para chegar a idéia central, mas a estética atmosférica, interpretações e edição bem marcada é que fazem o filme adquirir um tom sufocante até o gran finale. Recomendo!
  • em 06-02-2011 às 21:25 oiii
    ola ..boa noite ...alguem afim de fazer amizade? me add ai no msn ... amizade e fonte de felicidade .... amigos sao pra vida ....... abção a todos homemparacasar@live.com
  • em 06-02-2011 às 21:06 Daniel p/ netinho
    boa semana ...nao perco mais meu tempo ..tem posts novos ....
  • em 06-02-2011 às 21:06 Daniel p/ netinho
    boa semana ...nao perco mais meu tempo ..tem posts novos ....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
  • em 06-02-2011 às 21:05 Daniel p/ netinho
    É difícil mudar o jeito mesquinho de um frustrado inveterado, eu diria que é impossível, na verdade, só o fazendo nascer de novo. O frustrado de carteirinha limita-se a condenar tudo o que os outros fazem. Claro, é muito mais fácil ficar de olho na vida do outro do que prestar atenção em sua própria.
  • em 06-02-2011 às 20:51 ETAH MUNDO MALDITO EM QUE VIVO
    INFELIZMENTE SE TIVESI ESCOLHA NAO SERIA GAY ...VERGONHA DE PESSOAS QUE SE ACHAM MELHORES Q AS OUTRAS ..INFELISMENTE NOSSO MUNDO É CERCADO DE PESSOAS QUE VALORIZAO A MARCA E NAO A PESSOA ..SE ACHAM NO DIREITO DE CRITICAR E DETONAR AS PESSOAS.....GRAÇAS A DEUS NAO É A GRANDE MAIORIA ...MAS INFELIZMENTE A MINORIA JA É O SUFICIENTE PARA QUEIMAR NOSSA IMAGEN ...MAS ENFIM...TEMOS Q CONVIVER COM ISSO MESMO ...POIS ESPERAR Q ESSAS PESSOAS MUDEM É QUASE IMPOSIVEL ........MAS UM DIA AINDA VOU ACRDITAR Q O METERIALISMO SERA VENCIDO ..E AS PESSOAS VAO COMEÇAR A AGIR PELO CORAÇÃO NAO PELO BOLSO OU PELA SABEDORIA ......ALIAS O MUNDO ESTA PRECISANDO DE NOVOS HEROIS ........
  • em 06-02-2011 às 20:37 Betto
    Eu vi! *-* Eh mt PER-FEI-TOOO! Simplesmente maravilhoso!
  • Mostrar mais comentários...