Assine o MundoMais

Saindo do amário

Goleiro da Alemanha diz que jogadores gays devem revelar sua preferência sexual

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 09 de Fevereiro de 2011

Em entrevista à revista Bunte, o goleiro da seleção da Alemanha e do Schalke O4, Manuel Neuer (foto), afirmou que os jogadores profissionais homossexuais devem sair do armário.

"Sim, quem é homossexual deveria dizer que é. Os torcedores vão se acostumar rapidamente. O que importa é o rendimento do jogador, não a preferência sexual", disse Neuer.

Opinião parecida tem o seu colega de seleção Mário Gómez, 25, atacante do Bayern de Munique, que declarou em entrevista à mesma revista, que justifica a sua opinião pelo fato de a homossexualidade não ser mais um tabu: "Temos o ministro de Relações Exteriores,Guido Westerwell e o prefeito de Berlim, Klaus Wowereite que são gays, então, os jogadores profissionais deveriam assumir sem culpas. Poderiam jogar sem esse peso".

Comentários (26)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 10-08-2011 às 07:56 ALEXSANDRO
    NAO E FACIL SER ,POIS VIVEMOS EM UM MUNDO DE PRECOMCEITUOSOS
  • em 17-02-2011 às 02:39 Ray
    Bom,sair do armario não é tarefa fácil, más não precisa sair dizendo para as pessoas haaa sou gay! indepedentimente do que se faz por exemplo:uma titude diferente saindo de finiho enrolando não aparecendo em lugares que vai te deixar preocupado,primeiro nunca devem aceitar preções de amigos eles são os primeiros repararem que vc é diferente,o que vc deve fazer é cortar algumas programações e tentar conhecer pessoas da mesma preferencia,só que pra jogadoes é muito dificil porque o futebol quem joga tem que ser homem com h m. Gente não deixe de amar e ser amado o que os olhos não verem o coração não sente.
  • em 16-02-2011 às 00:08 Nereu-SP
    Estou surpreso com os comentários postados... Até pouco tempo atrás a maioria era a favor (pode ser que os postantes tenham mudado) a saída do armário e hoje o pessoal é contra... interessante isso.... Mas também sei que cada um deve cuidar de sua própria vida.... Ser gay é coisa que nascimento.... já nasce gay...ponto.... Agora abrir para todo mundo.... é questão de foro íntimo....
  • em 15-02-2011 às 18:47 vinicius zl de sp
    Isso é para o richarlysom se tocar e se assumir de vez!!!!
  • em 15-02-2011 às 03:24 Bandeira!
    Ah coisa chata , tem que sair levantando bandeira? dar o cu é normal muito macho da, mas levantar bandeira pra que? o cú é teu? não é né? então continua socando Tadeu, kakakakakakakkaka
  • em 15-02-2011 às 02:43 Jeff
    Ai gente que golero lindo eu adoro loirinhos
  • em 13-02-2011 às 18:55 Lucas Corso
    Amo Alemanha e mais ainda Alemães.
  • em 13-02-2011 às 17:59 Marça
    Sair do armario é uma tarefa dificil pra muitos gay, inclussive para mim, mas fazendo uma alto analise com toda honestidde, eu nunca quis negar o que é óbivio, mas não aceito humilhação.Não sou pintosa, mas a aparencia vai mudando de acordo com a convicencia e tem situações que fico na saia justa e ultimamente tenho usado esses momentos para exercitar a saida do armario, e não é que fica muito melhor a convivencia e nem precisa colocar piruca e salto alto, o meu poder de opnião é muito solicitado, no trabalho, nas amizades, na família etc.O grande obstáculo chamado armário é o proprio EGO que não quer ser diminuido perante os outros e preferimos jogar a culpa sobre o preconceito dos outros.O gay tem mesmo que se declarar, é diferente do hetero que nõ precisa declarar nada porque já é assim, então é preciso ter coragem ,muita luta pra fazer com que todos nos aceitem como somos e não se sentir diminuido como homem por causa disso, porque antes de provar que somos homens, temos que provar que somos humanos, isso sim é muito mais importante do que qualquer tipo de orientação sexual. Vamos pra parada que é uma das forma lutar.
  • em 12-02-2011 às 22:42 luiz fernando
    Parabens pela materia sou gay,só não fico levantando bandeiras,mas sei o que eu quero e não devo satisfação para nenhuma sociedade hipocritas porque ninquem paga minha contas,os que não aceita a que se foda sou independente e não dou satisfação da minha preferencia a ninquem,se quizer ser meu amigo tem que ser como eu sou se não vai se fuder .
  • em 12-02-2011 às 16:07 Paulinho BSB
    Muito lindo isto! Mas como tantos amigos disseram abaixo, a realidade é outra e cruel. Nem os próprios gays aceitam a diversidade no meio homossexual, nem respeitam o direito que cada um tem de ser o que é e viver como quiser. Eu não vivo no armário e não ganhei nada com isto, a não ser, o fato de não ter que me esconder. Acho até que sou prejudicado muitas vezes na hora da paquera, quando tem gente conhecida por perto. Mesmo assim há momentos em que é muitíssimo melhor nem tocar no assunto. Aqui mesmo, outro dia, uma criatura ignorante me agrediu, porque não gostou de um comentário meu, falando bem da Ariádna e sobre o que é ser trans. E adivinhem de que eu fui xingado? VIADOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO e outros adjetivos que gente burra, baixa e preconceituosa gosta de usar. Só pude rir, né? kkkkkkkk de novo. Ficar ou sair do armário é direito e não dever. E cada pessoa sabe se é ou não conveniente.
  • Mostrar mais comentários...