quero assinar Entrar na área VIP

Mr Gay 2011

Catarinense Eduardo Kamke, 29 anos, leva o título e representará o Brasil no Mr Gay Mundo.

por Redação MundoMais

Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011

O catarinense Eduardo Kamke, 29 anos, analista de RH da Phillip Morris, é o novo Mr. Gay Brasil. A etapa final foi realizada a bordo do cruzeiro gay Freedom on Board, na noite do último domingo, 20. O moço é comprometido e o namorado acompanhou de perto o concurso.

Eduardo foi o mais votado online, pelos tripulantes do navio e pelo júri. Ele desbancou candidatos dos principais estados brasileiros no último domingo. O navio partiu de Santos (litoral paulista) na sexta-feira e passou pelo litoral do Rio de Janeiro, retornando no domingo.

Kamke representará o país na final do Mr. Gay Mundo, que ocorre nas Filipinas, no próximo dia 13.
Comentários (51)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 13-12-2011 às 16:25 leo-MA
    gente como faço pra participar do concurso eu ja em preparo tem algum tempo mais nao encontro onde e como inscrever-me...ja participei em diversos concurso de minha cidade mais todos concurso héteros...ajudem-me Igor_leonnardo@hotmail.com
  • em 29-03-2011 às 16:55 Nylson
    Afinal de contas MM,poderia postar pelo menos a foto do candidato da bahia neh pow!!Abraço para todos,usem camisinha"!!!!!
  • em 29-03-2011 às 12:30 LINDINHA
    ARRASOOOOOO CTB PARANA! SABIAS PALAVRAS
  • em 28-03-2011 às 23:16 CTBA- PARANÁ
    Meus queridos amigos : Para quê pôr de parte?Para quê discriminar?Se somos todos iguais, Não na cor, mas no olhar! E não importa,É o interior que interessa Porque todos pensamos e sentimos E, em todos nós, O sangue corre depressa Vamos esquecer os preconceitos E parar de apontar, Afinal todos queremos o mesmo: Ser feliz e os sonhos realizar! E, de que vale revoltarmo-nos, Se isso de nada adianta? Uma vez que todos gostamos de viver, E, a todos, a mesma música encanta, De que serve privar o outro, De uma existência feliz,Se não é a nós que isso cabe,Toda a gente diz! E em vez de olharmos para a pele, Vamos todos olhar para o coração! E ver o outro como ser igual Não como um SER EM VÃO . Gratos a todos
  • em 16-03-2011 às 18:26 Lindinha
    Aiii quanto babado e confusão para a escolhe de um Mister. è triste saber que os proprios gays tem preconceitos entre os mesmo. Eu sou hétero e luto pelo causa de vocês mais quando vejo esse monte de baixaria para nao usar outro termo, sinto vergonha. Depois querem que alguem os respeitem. Ai fica complicado, todos os Mr mereciam ganhar se estavam la é pq deram a cara a tapa e se assumiram para o Brasil inteiro. Quero ver quem de vocês que criticam tanto eles ou a escolha dos mesmo tem a coragem de fazer isso. PENSEM ANTES DE FALAR.
  • em 12-03-2011 às 09:27 jr sp
    como alguns disseram aqui o mister bahia nao era gay.. confessou pra alguns dos mister que so ficava com caras por $$! desrespeito total com os outros meninos que estavam ali pra levantar uma bandeira que axavam ser seria.
  • em 12-03-2011 às 01:41 Matheus para André e Rick
    Nossa vcs deveriam ficar felizes pelo representante de vcs, e nós que temos que ver essa gay ridícula da Júlio Valcanaya do MS, apagadíssima e gorda, levando nome do nosso estado, ela só ganhou aqui pq é amiga do dono da boate, ali tem máfia demais... a bicha é gorda, depressiva, sem graça e por ai vai... e vcs ainda reclamam do candidato de vcs... vamos trocar srrsrsrssr..
  • em 11-03-2011 às 17:56 ANDRE
    em repúdio a rick: o baiano nao mora no suburbio. mora em um dos melhores bairrosa de salvador. "pituba" agora ele é moreno másculo e bonito, se a pele morena ou negra para Rick representa suburbio e pobreza. vc rick é uma " bichinha fechativa, mole, caixa de fósforo, 3/4 qua qua qua, re qué qué, "baxa do baxero" ufa, chega de adjetivos pejorativos para tentar qualificar esse Rick. "preconceito e racismo nao tem vez!"
  • em 11-03-2011 às 17:49 ANDRE
    EU estava no cruzeiro, o concurso foi salvo pela genialidade de Silvete Montila, os candidatos, tirando o Baiano, eram todos muitos afeminados, "moles, mulheres" nao gostei, o baiano nao pareceia ser gay de tanta masculinidade, dava até para desconfiar, eu cheguei a comnversar com ele disse o bairro que morava em salvador, eu sou morador de salvador, e nunca vi esse cara no meio gay na capital baiana, mas enfim, ele deveria ganhar o concurso.
  • em 09-03-2011 às 00:46 CÁSSIO
    Concursos de beleza são a mais pura demonstração de desrespeito à individualidade, de intolerância à diversidade étnica e ainda são uma forma velada de exclusão socioeconônimca e tripúdio sobre os excluídos pelos ditames de uma ditadura estética. Reparem bem: mudam os nomes, mudam as cidades, mas o padrão de beleza não. Como, muitas vezes, essa suposta beleza é produto do uso de cosméticos, de dietas balanceadas e de outros tipos de recursos, as pessoas mais pobres são excluídas do direito de se sentirem belas, graças à imposição de um modelo a ser seguido. Detesto concursos de beleza: são a mais cabal prova da intransigência de uma ditadura estética e comportamental.
  • Mostrar mais comentários...