Assine o MundoMais

Jogador assume que é gay

Steve Davies, jogador de críquete, declara: Foi a decisão mais importante que eu tive de enfrentar.

por Redação MundoMais

Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011

O jogador de críquete Steve Davies assumiu publicamente que é gay. O inglês de 24 anos falou abertamente sobre a sua homossexualidade e afirmou se sentir aliviado com a decisão. As informações são do jornal inglês Daily Mail.

Davies fez a revelação em uma entrevista à imprensa local e se disse aliviado. Vivi com isso durante muito tempo e agora estou realmente mais confortável. Não tenho nada a esconder e estou pronto para dizer às pessoas, comentou. O jogador diz que já havia falado sobre a sua opção sexual para o técnico da seleção inglesa, Andy Fowler, e o restante da equipe. Segundo ele, o time reagiu bem: Todos foram muito legais. Eles disseram que simplesmente não havia problema. Davies disse que "não conseguia mais viver com o segredo" e que isso o fazia perder a vontade de viajar para jogar. Por isso, resolveu falar.

- É a decisão mais importante que eu tive de enfrentar. E, de longe, a mais difícil - maior até do que enfrentar Brett Lee - disse Davies, referindo-se ao seu grande rival.

Durante o anúncio sobre a sua homossexualidade, Steve Davies afirmou que a coragem de assumir publicamente sua opção sexual veio depois que o jogador de rúgbi galês Gareth Thomas saiu do armário em 2009. Não quero ser conhecido como um jogador gay. Sou um jogador de rúgbi, e acima de tudo sou um homem, disse Thomas na época. Ele disse ainda que a sua confissão iria fazer com que jovens gays jogadores de rúgbi passassem a ser vistos como "jogadores talentosos e gays". Para completar, Thomas deixou claro: O que eu escolho fazer quando estou com as portas da minha casa fechadas não tem nada a ver com o que eu alcancei no rúgbi.

Steve Davies contou com o apoio de sua família, que já sabia de sua opção sexual há 5 anos.

- O apoio que me deram tem sido brilhante. Nem todo mundo é tão sortudo.

Comentários (19)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 11-03-2011 às 19:54 Um gay não assumido
    Eu penso que a maioria das pessoas sabem que eu sou gay. Alguns já me perguntaram e eu fico nervoso. Meu sonho era que um dia alquém de minha casa me disesse: Você é gay. E daí? Vou levando minha vida assim como um comum: Não tenho namorada, nunca namorei. transei uma vez só com uma mulher e achei a coisa mais ruim da vida. Gosto mesmo é de homem. Sou ativo. Tenho sofrido com isso.
  • em 06-03-2011 às 00:05 opcao e orientacao sexual
    primeiro nao apertei um botao preferindo ser gay à ser hetero, orientacao nossa EU NAO FUI ORIENTADO A SER GAY POR NINGUEM POR FAVOR!!!!!!!!!!!!! AQUELA BICHA DO BBB, ALIAS VARIAS MAS JEAN WILLYS SE REFERIA COMO CONDICAO, MEU POVO É CONDICAO SEXUAL, EU NAO OPTEI E NAO FUI OREINTADO POR NINGUEM A SER GAY... DAI-ME PACIENCIA SENHOR!
  • em 02-03-2011 às 00:21 MARCELO
    BOA NOITE CABOCLO SOU CARA LEGAL CORPO E ALMA DE FORA PRA ALGO LEGAL E VC? DISPENSO AFETADO E CIA MALHO SOU MACHO BOM NIVEL MARCO PRESENÇA ,33 180 79 E VC? FORMADO MACHO A MODA ANTIGA MUITA INTELIGENCIA E PRESTEZA PRA TE ENCHER DE FELICIDADADE CARA , SÉRIO RAPAZ .RS APOSTE E VERAS AO VIVO E A CORES! adicione se possivel CARECAO2011@HOTMAIL.COM DESCREVA SE sou pass E VC?
  • em 01-03-2011 às 21:08 Negro Baiano
    A cada dia me surpreendo com pessoas com o intelecto mais desenvolvido, falar em OPÇÃO SEXUAL, como se ser homossexual fosse opção de marca de roupa, cor favorita ou algo similar. Em toda minha vida nunca ouvi ninguém divulgar aos quantos cantos da TERRA que a opção sexual em ser HETEROSSEXUAL.
  • em 01-03-2011 às 18:13 Euzim
    Atitude de macho. Apoiadíssimo! O que me incomodou for ler por várias vezes a expressão "opção sexual" em um site dedicado ao público gay. Mesmo que a notícia tenha sido tirada de outra fonte, faltou dar uma "revisadinha" aí, né?
  • em 01-03-2011 às 16:49 Paulinho BSB
    Importante de verdade, é agente aceitar a si mesmo. É excelente ser assumido e aceito pela família e amigos, pra sentir-se mais livre. Mas nem sempre o resultado é aquilo que esperamos. A pessoa deve ter certeza de que vai aguentar as consequências negativas, porque sempre tem alguma. Tudo tem lados bons e ruins.Acho super válido alguém não se expor, caso perceba que não vai valer a pena. Ser mártir não dá, né? Assumir-se em nome de uma causa ou ideologia pode até ser danoso. Eu não sou uma bandeira. Pelo que me dizem, não sou do tipo que alguém olha e percebe a minha condição homossexual, embora eu proteste com frenquência contra as injustiças sofridas pelos gays e outras minorias e seja assumido até demais para quem é importante e quer saber. Não é qualquer um que merece saber da nossa alma. Acho que quem não quer tomar conhecimento ou quer fingir que não sabe, tem este direito , desde que me respeite e tenha consideração por mim. Isto também é uma forma de aceitação. Desculpem, mas não foi apenas bom ter saído do armário. Muitas vezes até me atrapalha, por eu ser do tipo família. Mesmo assim vou mudar de bairro ou de cidade pra viver novas experiências e aprender a ser eu mesmo, com mais liberdade. As coisas não mudaram muito e vivo a mesma situação que todos, de poder falar sobre minhas dores e sabores, quase sempre, apenas com gente do meio gay. E o nosso povo parece mesmo é que só se importa com baladas. Já sofri muito sosinho. Realmente, como disse o amigo Junior Toddy, os amigos se afastaram. Eles continuam a ter apreço por mim e me procuram de vez em quando, pois sou ótimo pra ver caminhos pros outros saírem de suas enrascadas. Pensando bem, valeu a pena, porque eu tbm viveria angustiado se tivesse me mantido escondido e recebo coisas boas, apesar de tudo. Muitos gays nem conseguiriam passar despercebidos, mesmo que quisessem. É melhor eu e eles fazermos " deste limão, uma limonada ". Todos tem problemas e ninguém é feliz o tempo todo. Há várias maneiras de ser assumido e nem sempre isto significa o mesmo que ser público. Dizem que tem gente que vive muito bem dentro do armário. Pessoal, gosto de ser gay. Ser gay é também saber passar pelas adversidades e sair vitorioso, ainda que aos pedaços. Sempre ver uma estrada pela frente, mesmo que tiver que prosseguir sozinho. E eu sou forte e gosto disto. Beijos! Sempre em frente e felizes o mais que puderem! Fiquem com Deus e com a Mãe dele, que é com quem eu sigo e não tem força maior.
  • em 01-03-2011 às 14:11 Ricardo Pessoa Lindenberg, Sumatra, Indon
    Eu particularmente até acreditei que pude haver um nº maior de reflexões à respeito, mas enfim isto está de certo modo atrelado ao grau de abrangência do site MUNDO MAIS, que já é grande,mas que perceptívelmente não é algo acabado ainda.Há que que se produziu muito mais. Lamentavelmente grande parte de representantes ainda não teem qualquer canal de expressão ou nem mesmo conhecem ou tem condições de acessarem os veículos sociais que aí já estão. Ja quanto ao comentário outro aí, propositalmente visa conduzir os amigos comentaristas quais incautos, parcelas dos que podem acessar, não todos, à chamada de atenção ao padrão de controle externo a que se submetem alguém que em tese deveria ser auto suficiente e responsáveis por suas próprias decisões no lugar de ficar submetendo-as a crivos deste ou daquele ser social que está ao lado. Porque , bem ou mal, mais mal que bem, a mídia já faz.Além de você, nada cuida de seus interesses tão bem quanto você, e à sua revelia.Ou a pessoa se reveste da figura que seu personagem representa e quer passar de mensagem , ou vai se ter um teatro de marionetes al modo gay apenas. Sobre tudo é um convite expresso a cada um, para que assumam-se e libertem de opiniões sobre o que você faz, como faz, e quando faz. Decididamente é uma forte alavancagem a quem se entende livre, pleno de direitos, idôneo e adulto, e sabe que não estão a apenas só com a bunda exposta na janela para passarem a mão nela. Satisfeitos? Bem já é tempo de vocês não mais sentirem se constrangidos por isto ou aquilo que viu, achou, pensou, etc. Mas ser garridos e irem não só à frente disso, com mais além. Deem um passo além. Uma milha a mais além daqueles que já estão na vanguarda. Inovando, criando, fazendo a diferença, criando oportunidades de novos paradigmas, e revolucionárias visões ,novos padrões de pensamentos cleans, renovados e relevantes padrões de falas, e padrões de comportámento que despertem e ensegem interesses por discussão ao menos. Querer subir no palco sem nada para mostrar é por demais atrapalhador. Fique aí, quem quiser na "galera", mas o século tá te convidando, o milênio te convida para entrar nele e rápido. Te apresses. Não te atrase. Tua descendências e os teus não te perdoaram por nada Nem por falhas, nem por acertos que os incomodem. Então a sacada é para que você seja você. Auto conheça-se e entenda-se aceitavel e com direitos. Esquecça os ZOTROS!!!!!!!!Abraços Ah sim , registro que em 2 ou 3 horas estaremos, eu e alguns amigos passando em Tapalang,Ind,( Muçulmanos não árabes) para quem nunca ouviu nada a respeito, é local onde viveram os alguns antepassados de Barack Obama. Fiquem bem. “OS CÃES LADRAM E A CARAVANA PASSA” Um sábio ditado árabe… Diz que não importa o latido dos cães, não importa o barulho que façam, a caravana segue seu caminho, apesar deles. Existe uma estrela a ser seguida, um sentimento a ser preservado, e nada vai impedir que a caravana siga seu rumo… Mesmo que pare por alguns momentos, mesmo que alguns cães se julguem alimentados pegando os restos que caíram durante a passagem… A caravana segue seu rumo, mais fortalecida, mais coesa, deixando cada vez mais longe o barulho dos cães esfomeados. Uma caravana é feita de sonhos, de gestos, de atitudes, de longas vivências, de cumplicidade, de sentimentos fortes, de amizade, de amor e de desejo; e ela segue seu caminho, totalmente indiferente ao ganido dos cães enlouquecidos… (Sandra Nasrallah) Assim somos nós no blog do Ralf… Acredito que para o bom entendedor algumas palavras bastem!!! E na deixa, o livro de TRUMAN CAPOTE, de 1942, Título , Os Cães Ladram, Uma pedida alternativa aos deliciosos pornos que se encontram por aí. Eu leio bastante.A bordo do Ricardus 35, The king of the seas, e no momento, de Little People, As Aventuras, Terminei a poucos, de Philipe Steel, Marinheiros Lendários, junto com Caçadores de Tempestades de Paul Stewart e Chris Riddell, portanto, nada de esteiras moluscosas por aqui. ., Estou a caminho do Japão.Yu Su Bu Da,> Velocidade sim, sucesso não.
  • em 01-03-2011 às 13:07 Junior Toddy
    Bom eu em particular acho que esse jogador nem deveria ter falado sobre sua opção sexual,pois em um mundo cheio de falsidade e preconceito,as pessoas aceitam na hora ,mas com o passar dos dias ele mesmo vai ver as portas se fechando,e os amigos se afastando e pior tudo o que ele fizer de errado daqui por diante ,vão simplesmente culpar a sexualidade dele alegando que o mesmo cometeu o erro por desvio de personalidade e comportamento.aprendam uma coisa meu povo,ninguém paga suas contas,nem mesmo lhe dão remédios ou cestas básicas,ousem,vivam a vida e foda-se o mundo,agora seja bicha,puta,viado,biba dentro de 4 paredes,aqui fora seja um cidadão que trabalha,estuda e curta a vida normalmente,faça como muitos pobres,rsrs coma ovos e depois começa a palitar faisão,usem a cabeça. amigobuto@hotmail.com
  • em 01-03-2011 às 12:14 para ricardo pessoa
    Po cara vc foi demais de burro sem falar que nem idéia passou mas somente vc para entender mas assim mesmo valeu criticou para não entenderem mesmo kkk fala sério de assunto sério da proxima vez ou fica vendo filmes porno tá queridinho.
  • em 01-03-2011 às 12:08 paulinho
    acho tb que não tem nada a ver com opção e sim que a pessoa já nasce. Igual quando colocaram uma certa (o) grau de risco em relação a grupo de risco fla sério não tinham em quem eles colocarem a culpa da AIDS colocaram em quem em lógico em quem faz sexo a role e pronto os gays vai tomar café com leite.quando se tem grana e muita vc é mais um mas quando não tem é uma bichinha e todas as aquelas coisas que falam kkkkk mas vao tomar no cru.
  • Mostrar mais comentários...