Assine o MundoMais

Edmundo comenta sobre filho gay

Ex-jogador e comentarista Edmundo fala sobre a homossexualidade de seu filho Alexandre Mortágua.

por Redação MundoMais

Segunda-feira, 07 de Março de 2011

O ex-jogador e comentarista Edmundo disse em entrevista no camarote de uma cervejaria da Sapucaí, que ficou surpreso ao descobrir que Alexandre, seu filho com a ex-modelo Cristina Mortágua, não era feliz ao lado da mãe. O garoto de 16 anos declarou que apanhava porque sua mãe não aceitava ter um filho gay. Ele nunca se assumiu para mim. De qualquer forma, amo meu filho incondicionalmente, contou Edmundo.

O ex-craque afirmou que não fala com Cristina há 16 anos e que preferiu se manter afastado de Alexandre por conta do temperamento difícil da ex-modelo. Eu morei fora do Rio durante 14 anos por conta da minha profissão. Além disso, não sei se eu teria o mesmo sangue frio que a delegada quando Cristina a agrediu, ponderou.

Hoje, Edmundo se diz disposto a tentar recuperar o tempo perdido na relação entre pai e filho. Apesar de ter ficado fora do Rio durante 14 anos, não me afastei dos meus outros filhos. Atualmente, falo com o Alexandre de vez em quando, contou ele, referindo-se a Ana Carolina, de 15 anos e Edmundo Jr., de 12. Ele ainda é pai de Catarina, de apenas 1 ano e 9 meses.

Edmundo afirma que vai continuar pagando a pensão de Alexandre. Enquanto eu puder pagar, pouco me importa o lado financeiro. Pouco me importa a condição sexual dele. Me interesso pelos sentimentos dele. Amo meu filho incondicionalmente, reforçou.
Comentários (76)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 16-05-2011 às 12:40 rose mary
    eu acho q omosexualismo não é opção e sim condição,por isso devemos respeita-los tanto quanto queremos ser respeitados.
  • em 16-05-2011 às 11:55 Tita
    Sou lesbica, e poucos sanbem, os que não sabem , nem desocnfiam, e isso não importa vivo do mesmo jeito....Mas vai falr, tudo muda, comenta-se até umas horas.
  • em 16-05-2011 às 11:54 Cristina
    Se vc é gordo, falam, se é magro falam, se é alto ou baixo falam, falam de tudo, se é gay ou não falam,,, Sou gay e nasci assim, problema meu, eu apgo minhas contas,
  • em 16-05-2011 às 11:52 Cristina
    Outra coisa, nascemos como é para ser, não temos escolhas, quando vem do intimo de uma pessoa...
  • em 16-05-2011 às 11:51 Cristina
    Sobre um comentario lido aqui, concordo, não tem que familia, amigos, parentes, estranhos aceitarem ou não a opção sexual da pessoa e sim a propria pessoa ficar feliz com si mesmo, pois a SOCIEDADE aceitando ou não, nunca em todos os tempos deixará de existir,temos a opção que quisermos, gay, gordo, magro, casado, solteiro, etc, querer é poder, e nós seres humanos podemos ser o que for para ser. ABAIXO AO PRECONCEITO,
  • em 16-05-2011 às 11:47 Tita
    Se for o que diz verdade, me surpreende esse cara,
  • em 13-03-2011 às 19:18 Barbara®
    Essas palavras não bastam!! Ele deveria ter PARTICIPADO mais na criação!! Dinheiro nenhum trará a felicidade que este jovem deixou de ter.. ao lado de uma criação decente: pai e mãe!
  • em 13-03-2011 às 15:28 doug
    se Edmundo fosse,faria tudo com ele,edmundo e uma gracinha deve ter um pauzao,,,,
  • em 13-03-2011 às 11:26 indignado
    Homem de verdade é quem cria sem filho como um verdadeiro pai, não quem fica pagando pensão e se omitindo com justificativa sobre o temperamento da mãe. Agora fica até fácil aceitar ou não a condição do filho. Será que algum dia ele realmente se importou com o filho?
  • em 11-03-2011 às 14:59 Montês
    Como tem gente metida a tudo neste site de bicharada. Tem professores, psicólogos e gente entendida de vários assuntos. Mas não passam de METIDOS A BESTA!
  • Mostrar mais comentários...