Assine o MundoMais

Homenagem para LGBTs

Monumento para homenagear gays é inaugurado na Espanha.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 24 de Março de 2011

No último domingo, a cidade de Barcelona recebeu um monumento em homenagem aos LGBTs, vítimas de repressão e perseguição no passado.

O evento de inauguração foi realizado pelo prefeito da cidade, Jordi Hereu, e contou com a presença de mais de 200 pessoas. O objeto é um triângulo rosa esculpido em pedra bruta com os dizeres: “Em memória de gays, lésbicas e transgêneros que sofreram perseguição e repressão ao longo da história”.

Para Hereu, embora a Espanha seja um país que possui leis que promovem os direitos homossexuais, existem algumas melhorias que podem ser feitas. “Ainda há um longo caminho a percorrer, principalmente na vida cotidiana e na aceitação de toda a sociedade espanhola”.

Confira o vídeo da cerimônia de inauguração:

Comentários (10)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 28-03-2011 às 16:05 Comentem no UOL
    Entrem no UOL e comentem a matéria sobre a propaganda homofóbica da cachaça. Só tem homofóbico comentando lá. Vamos usar o espaço para esclarecer que direitos nos são tirados.
  • em 28-03-2011 às 16:02 monumentopénis
    Se fosses Observador sabias bem que Portugal já tem há muitos anos um monumento e até bastante ousado. No alto do Parque Eduardo 7º, junto ao lago. É evidente que é um pénis erecto ou achas que aquela obra naquele local foi feito com aquele aspecto porquê? Só não vê quem não quer.
  • em 27-03-2011 às 11:33 RICARDO PESSOA LINDENBERG, Aristocrata
    Espanha, Isle Baleares, Cataluña, Ilha Canaria, Teleriffe, Palmas de Mallorca, Minorca, Após o tour de reconhecimento pessoal e fidelidade de securitização para a RICARDUS LINDENBERGS TRIALS, que faz o percurso de Ikata, Japão a San Diego,Estados Unidos atravessando o Pacífico de Oriente a Ocidente, a parte sul da España, juntamente com as regiões de Cóte da Azur, Mônaco, Corse , ardenha, e Toda Costa de Italia, será uma das atendidas pelo Yacht ,indo o atendimento até a costa da Africa, esfera-se que sem conflitos politicos até lá. E o começo está sendo planejado para Novembro.Por questões comerciais de mercado e monopolização por outras empresas O yacht Ricardus não atenderá a Grécia, infelizmente mas será alavancador das melhores conexões para aquele país. No tocante, sugerimos portanto que conheçam também o Sul da España, que é muito complementar da civilidade que em geral rege-se em todo o norte do pais. Tudo mundo bonito, organizado e ansioso para recebê-los. Caminho de Santiago, por exemplo. Digo isso para não se surpreenderem muito com a sala dos outros com uma cozinha tão maravilhosa como essa que o Brasil possue. Desde de já, adianto-lhes que os melhores cheiros de bons têmperos de civilidade que se promete para o mundo em futuro próximo originam-se das chaminés das cozinhas do Brasil. Portanto, caros amigos, tais comemorações também são perfeitamente possíveis aos brasileiros. Mas as ações nesta direção e sentido devem começar o quanto antes. Primeiro o Brasil para brasileiros. Depois, um pouco de España talvez seja bem vindo. A auto estima do brasileiro precisa ser ainda mais elevada.
  • em 26-03-2011 às 11:53 Felipe Moura
    Necessário. Demosntra que o estado não compactua mais com a discriminação e repressão dessa população.
  • em 25-03-2011 às 19:51 Guilherme, Rio
    Desnecessário!
  • em 25-03-2011 às 16:42 Euzim
    Será que isso ainda vai acontecer no Brasil?
  • em 25-03-2011 às 15:54 OBSERVADOR
    parabens pelo reconhecimento da Espanha ao fazer este memorial estáva na hora de Portugal seguir o exemplo e fazer o mesmo quem sabe? só quem foi gay na epoca de Salazar pode saber o que passamos.
  • em 25-03-2011 às 06:22 Vicente Ferro
    Como a página da festa do portal Disponível está vetada para comentários, acho que a escolha da boate Refúgios, em Porto Alegre, foi excelente, porque lugar é muito bom. A festa deve bombar, e estarei lá em 21 de abril.
  • em 25-03-2011 às 06:04 Saulo Lambidela
    A.Espanha é um país de cultura muito católica. E os católicos foram, historicamente, muito repressores quanto à sexualidade. De tabela, na questão da homossexualidade. Há muito feijão para os espanhóis comerem até aceitarem a sexualidade, sob todas suas formas, e elas são amplas, graças a Deus e à sabedoria da vida, com a naturalidade que lhe é inerente. Se gosto de sentar num tronco ou saltar do guarda-roupa, o que as pessoas tem a ver com isso ? Certas religiões colocam vendas nos olhos e evitam enxergar a realidade humana. Cada um com suas necessidades, exceção feita àqueles que lesam as criaturas, humanas ou não. Aí o caso é patológico, a ser entregue aos cuidados de médicos e outros especialistas. Quando não aos policiais. Salve a liberdade ! Salve a Espanha, um ponto geográfico no mapa mundial que saberá construir seu futuro, com cada vez menos repressão. Palmas e um abraço muito fraterno aos espanhóis que homenageiam as vítimas da barbárie contra a homossexualidade.
  • em 25-03-2011 às 02:18 Rogerio
    o pior preconceito é não se aceitar, não se conhecer.
  • Mostrar mais comentários...