Assine o MundoMais

Pesquisa contra a Aids

Cientistas apontam novo alvo para vacina contra a Aids e os testes já conseguiram proteger macacos da infecção.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 01 de Abril de 2011

Uma pesquisa norte-americana publicada pela revista científica “PLoS One” sugere um novo alvo para a vacina contra a Aids. Segundo cientistas do Instituto do Câncer Dana-Farber, um filamento do HIV chamado em inglês de V3 loop pode ser o alvo ideal para a vacina.

Os anticorpos produzidos pelo sistema imunológico que atacam esse filamento conseguem oferecer proteção contra vários subtipos do vírus. Esse é considerado um pré-requisito para qualquer vacina contra a Aids, uma vez que os vírus passam por mutações muito rapidamente. Há hoje milhões de diferentes estirpes agrupadas em diversos subtipos genéticos, ou “clados”.

Os cientistas fizeram um anticorpo monoclonal – um preparado de milhões de anticorpos idênticos, retirados de um ser humano positivo para um clado específico do HIV. Em seguida, injetaram os anticorpos em macacos expostos a um clado diferente do vírus. Os pesquisadores já sabiam que os anticorpos se agarrariam a uma porção do V3 loop dos vírus, mas não tinham certeza se isso protegeria os macacos da infecção – o que aconteceu.

“Estudos anteriores mostraram que tais anticorpos conseguem proteger macacos da infecção dentro de um clado; mas à medida que mais clados do vírus da Aids evoluem, não estava claro se tais anticorpos poderiam atravessar para diferentes clados e evitar a infecção. Agora temos uma resposta”, afirmou a Dra. Ruth Ruprecht, autora da pesquisa.

Para transformar a descoberta numa vacina, os cientistas terão de encontrar uma maneira de focar as respostas do sistema imunológico na pequena parte do V3 loop que é compartilhado por vírus de diferentes clados. Assim, o próprio organismo conseguiria gerar os anticorpos contra o vírus.

Comentários (37)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 22-08-2011 às 01:53 EZnfHHAytR
    Last one to utilize this is a rttoen egg!
  • em 18-05-2011 às 16:38 Lucas
    Pessoal, acabo de receber diagnóstico de hiv. Alguém poderia indicar um infectologista. Gostaria de um cara experiente e atualizado no assunto hiv. Muito obrigado, enviem para nexsp@hotmail.com Lucas
  • em 12-04-2011 às 16:17 VLAD
    CORRIGINDO ; MEXER
  • em 12-04-2011 às 16:16 VLAD
    TO TAO BEM DE SAUDE QUE QUEM VER AQUELE KARA MUSCULOSO/SARADO,VAI MECHER COMIGO,JAMAIS IMAGINAR TER AIDS
  • em 12-04-2011 às 16:11 vlad
    1990,ESSE ERA O ANO QUE AO FAZER EXAMES DE ROTINA SOLICITEI QUE INCLUISSE O DE AIDS TAMBEM,FUI SO BUSCAR O RESULTADO,QUE EU MESMO ABRI,NAQUELA EPOCA ERA PEGAR E MORRER,ESTAVA COM AIDS ,NA PIOR FASE DA DOENCA,NAO IRIA CHEGAR NA VIRADA DO ANO 2000,OS HOSPITAIS MAIS PARECIA CAMPOS DE EXTERMINIOS,DEVIDO AO GRANDE NUMEROS DE PESSOAS ESQUELETICAS,MEUS AMNGOS,MUITOS FORAM DIZIMADOS PELA DOENCA,TIVE VARIAS OPORTUNISTAS,DADO COMO MORTO,RESISTI,ATE QUE VEIO O COQUETEL,ESTAVA COM 45K COM TOXICOPLASMOSE,FUI PRATICAMENTE RESSUCITADO PELO COQUETEL,JAMAIS IMAGINAVA CHEGAR EM 2011,HOJE ESTOU INDETECTAVEL SEM NENHUM TRACO DA DOENCA,83K MUSCULOSO,FACO ACADEMIA,CORPO SARADO,QUEM VE O ANTES E O DEPOIS FALA QUE NAO E A MESMA PESSOA,MAS APRENDI QUEO CORPO PODE ESTAR CONTAMINADO MAS A MINHA MENTE NAO,NAO SE DEIXE CAIR EM DEPRESSAO NUNCA POIS AI VC FICA MAIS VUNERAVEL.........SAO MAIS DE 20ANOS CONVIVENDO COM ELA,JAMAIS IMAGINAVA
  • em 10-04-2011 às 00:26 Raphael
    Que seja encontrada a cura pra todo o mal...amém ! :)
  • em 05-04-2011 às 17:17 Casado-PR
    fui ao fundo do poço, pois sou casado, tenho dois filhos, e muito popular na cidade onde moro. Tive vontade de fazer as piores coisa na minha vida, quando recebi o tal exame, achei que nao resistiria, mas tudo na vida há solução, pois a pessoa mais importante para mim foi minha ESPOSA, foi ela quem me tirou deste horrivel pesadelo, pois nao sabia como contar à ela, para mim foi a pessoa mais abençoada que Deus me colocou na vida, quando realtei tudo o que estava acontecendo, chorei muito e ela me abraçou e disse:" pode contar comigo, estou do seu lado e vamos vencer esta parada" e hoje qualquer coisa que estou pra baixo ela que vem me dar força, vamos ao médico junto, sempre está ao meu lado.
  • em 05-04-2011 às 15:14 ONG Vanguarda da Esperança
    A melhor coisa que posso dizer Vitor é que procure o tratamento o mais rápido possível, coloco a ong a sua disposição para qualquer informação necessária, aliás lidamos com isso todos os dias. vanguarda.esperanca@gmail.com Alexandre Tadeu Chulvis Coordenador
  • em 04-04-2011 às 15:03 Adriano
    É importantíssima uma cura e nos livrarmos da AIDS, mas o que mais afligem os HIV+ não é a degradação da doença ou o uso diário de coquetel, mas o preconceito e rejeição dos outros. Logo que descobri minha soropositividade há um ano a primeira pessoa que pensei foi no meu namorado. Assimilei as idéias e contei a ele que agiu de péssima forma. Disse que não queria me ver mais, que eu errei no passado e pusera a vida dele em risco. Que eu devia abdicar de sexo ou então procurar pessoas nas mesmas condições e que eu tinha sorte de ele não contar pra todo mundo que era HIV+ para que eu fosse apontado por todos porque qualquer um abriria a boca. Depois ele me contou que ainda era negativo e que queria se manter assim por isso ia ficar longe mesmo "me amanda", mas que se qd achassem a cura ele voltava pra (foda né?). Me abri com amigo e descobri que vários tb eram Positivos e que tinham medo da rejeição do parceiro e por isso achavam que fiz mal em contar. Fato que tenho medo de me apaixonar futuramente e ser rejeitado novamente. Mas ver o comentário do Leke me deu ânimo. Obrigado!
  • em 04-04-2011 às 14:02 PAULO
    Bom tb sou soro ppositivo e descobri a algumas semanas no exame que fiz deu 65.00 reagente, nao entendo o que quer dizer cd4 e nao fiz este exame ainda , conversando com o laboratorio disseram que eu nao peguei o virus a pouco tempo devido ao fato de o exame de hiv ter dado 65.00, não tenho forçar nem coragem para procurar alguma ajuda pois estou sem reação perante tudo o que tem ocorrido.
  • Mostrar mais comentários...