Entrar na área VIP

Cerimônia coletiva

Casais gays reafirmam publicamente a garantia concedida pelo STF, de obter os mesmos direitos que os héteros.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 23 de Junho de 2011

RIO DE JANEIRO - Após duas horas de cerimônia, 43 casais homossexuais tiveram suas uniões estáveis registradas no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (22).

No primeiro casamento coletivo gay do país, o auditório da Secretaria Estadual de Direitos Humanos, no sétimo andar do prédio da Central do Brasil, ficou lotado de amigos e familiares dos noivos.

A cerimônia contou com a presença do secretário do Ambiente e ex-ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, como padrinho. O celebrante foi o desembargador Siro Darlan.

O casal goiano Léo Mendes e Odilo Torres, que protagonizou uma recente polêmica ao ter sua união estável anulada por um juiz, depois validada por instância superior, participou da cerimônia. Somos o primeiro casal a ter uma união estável registrada duas vezes. Para ver como é o preconceito no Brasil, que um gay é obrigado a registrar duas vezes sua união estável, para não vir um juiz e retirar um direito garantido pelo Supremo Tribunal Federal, disse Mendes.

O superintendente da secretaria, Claudio Nascimento, disse que a cerimônia é um desdobramento da decisão do Supremo de reconhecer a união homoafetiva. Nós entendemos que era fundamental celebrar essa conquista e estimular a comunidade gay e lésbica de todo o Brasil a fazer o registro nos cartórios, disse Nascimento.

Para a garçonete Monique Pereira da Silva, o preconceito contra a união entre pessoas do mesmo sexo ainda existe, principalmente na própria família. O dia de hoje representa o começo de uma estrada que a gente ainda tem muito a percorrer. Tem muitas famílias que até hoje não aceitam, então a gente ainda sofre muito com isso, disse Silva, que celebrou a união com a companheira, Tais Oliveira.

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • ...

    ...

    em 12 de agosto de 2011, às 16:09
  • Diogo-Sudoeste baiano

    Parabéns a todos, sejam felizes!!! Eu também vou fazer o mesmo, quero ser feliz como sou e não vou permitir que alguns babacas decidam o que devo fazer.

    em 25 de julho de 2011, às 09:14
  • Riku - RJ

    Lição para Absurdo, um reaça enrustido digno de pena e que não sabe construir opiniões próprias além de repetir o senso-comum da mídia de direita. Liberdade de expressão e democracia não são bagunça nem suruba para que se manifeste linguagem de ódio ou "opiniões contrárias" inúteis que só servem para pregar o mal-entendimento comum como fazem essas Igrejas fundamentalistas. Ninguém precisa ficar lembrando a nós LGBT que a "sociedade comum" não nos considera moralmente adequados nem nos vê como algo dentro de normas aceitáveis, não precisa você e mais uma meia-dúzia de filhote-de-Bolsonaro (que inclusive, o "inventor" da "heterofobia", é a favor da tortura militar, do racismo velado como liberdade de expressão e tantas coisas nojentas que só reaça defende) ficarem se fazendo de vítimas porque os "direitos a discriminarem e odiarem outras pessoas, ou considerarem suas vidas privadas consensuais como questionáveis e socialmente perigosas" (isso sim um conceito fascista) lhes estão sendo revogados. Revogados uma vírgula, né, porque no Brasil, ao contrário dos países ocidentais onde opiniões homofóbicas e sexistas denigrem SIM a imagem das pessoas, "piadinhas" e "liberdade de expressão" ainda protegem a imagem desses crápulas e palhaços que aparecem abertamente na mídia e a parte alienada e acéfala da nossa população aplaude. Beijo grande.

    em 11 de julho de 2011, às 16:24
  • livia diana

    Na realidade nos que fazemos parte do mundo gay,temos que ser discreto na forma de se comporta perante a sociedade........nao precisa sermos vulgar pra revidicar nosso direito perante a lei........e pra sermos felizes so depende de nos mesmo........

    em 10 de julho de 2011, às 23:05
  • Dany Curitiba

    Concordo com vc Daniel kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    em 01 de julho de 2011, às 18:04
  • Daniel

    Casamento meu caro Castiel Morgano? Parecia casamento de festa junina kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    em 29 de junho de 2011, às 17:22
  • Castiel Morgano

    Mas tem gente que não aprende, não é! Eu sinseramente espero que: MARCELO, ABSURDO E DANIEL, sejam realmente da banda de lá. porque, se não forem, só vão aprender, quando os SKIM REEDS ou alguma gangue Neo-Nasista estiverem enchendo a carcaça deles de PORRADA. Aí talvez, com as dôres, á raiva, ás lágrimas e o sentimento de impunidade, eles aprendam a enxergar melhor á felicidade dos outros, que se manifestou brilhante através destes lindos Casamentos.

    em 28 de junho de 2011, às 20:18
  • Daniel

    Isso ta muuuuuuito longe de ser um casamento......

    em 28 de junho de 2011, às 16:58
  • Absurdo

    Faz parte do lobby ideológico; qualquer pessoa que se manifeste publicamente contra o comportamento homossexual é “esquartejada” midiaticamente. Procura-se nas entrelinhas “qualquer palavra” que possa, de alguma forma, indicar homofobia. A autêntica homofobia deve ser combatida, sem dúvida, mas o regime de terror nos lembra outros momentos da história onde a liberdade individual foi oprimida. No caso aqui, não é pela maioria mas pela minoria. Sem discernimento, corre-se o risco de uma certa “guerra” na cabeça de muitas pessoas. Devemos permanecer firmes na verdade daquilo que cremos, respeitando as pessoas de opinião divergentes, discutindo idéias com liberdade e sendo solidários aos que são perseguidos…Dos dois lados! Sim, cada vez fica mais claro que além da insana homofobia, existe agora a heterofobia que tentou vitimar mais uma vítima:

    em 28 de junho de 2011, às 08:08
  • Gitano

    Gente sei que não vem ao caso comentar isso aqui, mas ganhei cem reais do meu subrinho,pq disse pra ele, esse juiz é evangelico. Ele me respondeu que não eu disse tudo bem vale uma aposta, ele aí sim. eu disse pra ele isso é evangelico ainda é da quadrilha de silas malafaia . Quando foi ontem saiu no fantastico o juiz da assembleia de DEUS. Gente sinceramente eu estou a cada dia que passa tomando nojo de cristãos como esses. Espero que corte suprema venha punílo pq é demais.

    em 27 de junho de 2011, às 16:25