quero assinar Entrar na área VIP

Atitude preconceituosa

Segurança de museu em São Francisco expulsa casal de lésbicas, por estarem de mãos dadas no recinto.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 21 de Julho de 2011

ESTADOS UNIDOS - Um casal de lésbicas estava apreciando uma exposição de arte contemporânea no Museu de São Francisco, durante o fim de semana, quando foram abordadas por um segurança do museu. Segundo o casal, ele pediu para que elas se retirassem do local, por estarem de mãos dadas.

De acordo com o San Francisco Chronicle C.W. Nevius, o guarda disse que as mulheres não tinham permissão para ficar de mãos dadas no museu. Quando elas começaram a questioná-lo sobre o motivo, ele tentou colocá-las para fora. O casal recusou-se e pediu para ver o chefe da segurança, enquanto uma multidão de pessoas indignadas assistia a briga. "O chefe de segurança se reuniu com as mulheres e imediatamente removeu o guarda de plantão", afirmou Daryl Carr, diretor do museu de Marketing e Comunicações.

Entre o acervo do museu, encontram-se peças que mostram como judeus e pessoas LGBT foram perseguidas por Hitler e pelos nazistas durante a II Guerra MundiaI. Ironicamente, as mulheres foram conferir o trabalho da famosa artista lésbica Gertrude Stein.

O guarda é empregado de uma empresa terceirizada de segurança privada, que presta serviços para o museu, e foi chamado para ocupar uma vaga temporária devido à falta de pessoal. É completamente claro que o Contemporary Jewish Museum (CJM) tem tolerância zero em relação a qualquer tipo de preconceito ou atitude racista em relação aos funcionários ou visitantes do CJM, disse Connie Wolf, diretora do museu, em nota. E afirmava que o segurança não irá mas trabalhar no museu.
Comentários (10)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 24-07-2011 às 21:21 Hideraldo Pardieiro
    Quando ouço um amigo, muito querido, dizer que comparece a saunas e pratica sexo, como ativo, longe da mentira, sem se importar com a dor, o conforto, o bem-estar e a dignidade do parceiro, fico pensando em quanto todos nós precisamos crescer como gente para respeitar as pessoas, respeitando a nós mesmos. Acho inconcebível que qualquer um de nós não se interesse nem um pouco se aquele com quem transamos tem prazer conosco ou não está sendo lesado, física ou emocionalmente, por nossa ação sexual. Quando agimos assim, sem esse interesse pelo outro, por mínimo que seja, somos o quê ? Um paralelepípedo ? Um cascalho ? Um monte de areia ? Um pedaço de grama ? Somos gente ou o quê ? Será que gostaríamos de ser tratados como tratamos os outros ? Pensemos, bem, nisso...
  • em 23-07-2011 às 10:18 Dinho
    Muitos gays resumem sua identidade sexual a esfera da cama e das diversões noturnas no final de semana. É simples assim, ser gay se resume a isso. Me sinto diferente dos homens heterossexuais por enxergar o mundo com outros olhos, com uma postura mais humana, menos agressiva, por entender o sentido da palavra diferente, principalmente em relação as suas emoções e como lida com elas. O tal (???) parece ser do tipo que prefere as histórias abrasileiradas: Agrediu, foi interrogado, foi solto, ponto final. Parabéns a administração do museu que tomou uma atitude clara e imediata para resolver a situação.
  • em 22-07-2011 às 13:53 Nilton
    Quanta insipiencia e ignorancia.Sugiro que voce faça um Phd em Harvard,Cambridge ou Oxford-Somente neste Nivel de imersao - Talvez , seu nivel cultural melhore
  • em 22-07-2011 às 11:26 tiozim
    Agora sim, "????": mais uma vez mostrou o que é a quê veio....!!! Não resta mais nenhuma dúvida! Comentou ou não, Carlos? Vc tinha razão! rsrs Abs.
  • em 21-07-2011 às 20:25 ???
    AI MEU BOM DEUS, AQUI AGENTE TEM QUE EXPLICAR TUDO PRA ESSES VIADOS BURROS "COITAS" PARECE QUE ELAS SÓ ENTENDEM AS COISAS FAZENDO-SE MIMICAS, MARICONA VELHA DEIXA EU LHE DIZER UMA COISA: ANTES EU NÃO ASSINAVA ???, COMENTE A RESPEITO DA MATERIA E ME DEIXA EM PAZ VIADO
  • em 21-07-2011 às 19:55 Para tiozim, de Carlos
    Oi tiozim, tudo bem? Acho que agora ele deve comentar algo. Abraço, Carlos.
  • em 21-07-2011 às 18:11 tiozim
    tenho lido comentários desse tal ponto de três interrogações aí, e o q noto é q nas matérias culturais, não há NENHUM comentário dele...acho que ele só se interessa por matérias q considera sem importância, mas perde tempo em comentá-las. Vai entender, não? Se o objetivo é informar, claro está que haverá de tudo um pouco.
  • em 21-07-2011 às 16:57 marcelosield@hotmail.com brasilia df
    esse brasil país de merda , deveria seguir o exemplo
  • em 21-07-2011 às 15:50 Dany
    Sera mesmio que elas tavam so de maos dadas?
  • em 21-07-2011 às 15:05 ???
    ATITUDE PRECONCEITUOSA, CASO RESOLVIDO E DAÍ???
  • Mostrar mais comentários...