Entrar na área VIP

Denúncias Online

Prefeitura de SP cria atendimento online para denúncias de homofobia.

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 26 de Outubro de 2011

SÃO PAULO - A Prefeitura de São Paulo vai criar, por meio da SMPP (Secretaria de Participação e Parceria), um espaço online para receber denúncias de homofobia e racismo. O local estará disponível aos usuários a partir do dia 8 de novembro.

As denúncias poderão ser feitas após o preenchimento de um formulário disponível no site da SMPP (www.prefeitura.sp.gov.br/smpp). O acesso a esta ferramenta poderá ser feito em todas as unidades de Telecentros de São Paulo.

Segundo a prefeitura, a nova ferramenta visa facilitar o atendimento à população para que o poder público possa coibir atos discriminatórios contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Quando a denúncia for feita, é preciso especificar detalhes dos fatos ocorridos, como local, horário, pessoas envolvidas, o tipo de discriminação sofrida e outras informações que a pessoa julgar relevantes. Todas as informações encaminhadas são sigilosas, nos termos da lei.

Atualmente, a SMPP disponibiliza o serviço pessoalmente, no Centro de Referência em Direitos Humanos de Prevenção e Combate a Homofobia, localizado no Pateo do Colégio, na altura do número 5, no primeiro andar, e também o Centro de Referência em Direitos Humanos de Prevenção e Combate ao Racismo, no mesmo lugar, mas no segundo andar.

Para a utilização dos Telecentros é necessário agendar um horário via telefone ou pessoalmente.

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • Ivan

    Parabéns, São Paulo, pioneira na defesa dos direitos lgbts. Tem muito macho, já pensando, antes de soltar o veneno de suas línguas ferinas contra os gays, figuras emblemáticas

    em 27 de outubro de 2011, às 19:36
  • Ivan

    A censura simplesmente é necessária para vetar o que a sociedade considera abusivo aos padrões e limites impostos. Beijação e agarração para lá e para cá, em demasia, realmente descaracteriza o que é considerado normal para o público, em geral. Não é, à toa, e com razão, que MundoMais vive censurando-me.

    em 27 de outubro de 2011, às 19:30
  • CAMPINEIRO

    esse leco realmente é doido ou não é capaz de interpretar!

    em 26 de outubro de 2011, às 22:16
  • leco

    Pelo menos teve atitude.Engraçado, enquanto não faz todo mundo mete o pau, e quando faz também.Assim não dá.

    em 26 de outubro de 2011, às 21:52
  • JORNALISTA WENDY TAYLOR

    Não basta somente denunciarmos e ficar os crimes na impunidade,eu particularmente acredito que se São Paulo criminalizasse a Homofobia,talvez acredito que solucionaria e/ou talvez diminuísse..Por favor Kassab,projetos sem lei que faça seu papel não há como sanar essa problemática.

    em 26 de outubro de 2011, às 20:45
  • Euzim

    Isso é só pra manter dados estatísticos. Olha o que aconteceu com a lei "Maria da Penha". Só mostrou que os homens podem fazer o que querem com suas mulheres. O número de denúncia aumentou, mas a impunidade triplicou. Acham que conosco será diferente? Acorda Brasil!

    em 26 de outubro de 2011, às 18:45
  • ???

    DENUNCIAR É BOM, CRIAR LEI PRA ISSO OU AQUILO MELHOR AINDA, MAIS EU QUERO VER SE TUDO ISSO NA PRATICA VAI MESMO FUNCIONAR AFINAL VIVEMOS NUM PAÍS DA IMPUNIDADE

    em 26 de outubro de 2011, às 18:28