quero assinar Entrar na área VIP

Protesto

Militantes criticam política do governo, durante a abertura da Conferência LGBT.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 16 de Dezembro de 2011

BRASÍLIA - Na abertura da "2ª Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT", nesta quinta-feira (15), em Brasília, militantes vaiaram e fizeram coro contra a presidenta Dilma Rousseff, que foi representada no encontro pelos ministros Gilberto Carvalho, da Secretaria da Presidência da República, Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos e Luiza Bairros, da Igualdade Racial.

Logo após a apresentação das autoridades, militantes começaram dizendo:"Dilma, que papelão, não se governa com religião". Em diversos momentos, os participantes chamaram pelo nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No ano passado, Lula participou da abertura da "1ª Conferência Nacional LGBT".

Diante da situação, a ministra Maria do Rosário fez uma defesa curta da presidente durante seu discurso. Não seria justo que a Secretaria de Direitos Humanos recebesse a compreensão de vocês e vocês não compreendessem que a Secretaria dos Direitos Humanos está aqui sob orientação da presidenta Dilma para lutar pelo reconhecimento dos direitos humanos, disse.

Muitos dos militantes que vaiaram a presidente usavam broches ou outros acessórios de identificação do PT. De acordo com o militante petista Paulo Mariante, a mensagem foi um protesto contra a demora em colocar o kit anti-homofobia nas escolas e o PLC 122, que criminaliza a homofobia, em votação no Congresso. O gesto equivocado não foi só a suspensão do projeto didático. Ela[presidenta] foi às câmeras dizer em entrevistas coisas que reforçaram o preconceito, dizer que o conteúdo do kit era inaceitável. Ela prestou um desserviço à população, disse Mariante. Ninguém aqui, como militante do PT, vai deixar de criticar o governo, completou.

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL – RJ), disse que "o movimento é suprapartidário, está acima de governos por um interesse comum". Neste ano, a Conferência LGBT tem o tema "por um país livre da pobreza e da discriminação". O evento segue até o domingo, com palestras e oficinas.

Para relembrar o que vai rolar na programação cultural do evento, CLIQUE AQUI.

Militantes empunharam cartazes pedindo aprovação de projeto de lei que criminaliza violência contra LGBTs.Militantes empunharam cartazes pedindo aprovação de projeto de lei que criminaliza violência contra LGBTs.
Comentários (13)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 24-12-2011 às 07:22 MARTINS , SLZ - MA
    A presidente Dilma estar subordinada a lideres religiosos fanaticos que apoiam a HOMOFOBIA. e o Brasil numca será livre de preconceitos,devemos eleger pessoas que condenam o preconceito e que não se deixam levar pela dominação desses grupos de religiosos fanaticos.
  • em 20-12-2011 às 11:25 Pricila Durepox
    É só pedir para a Cristina Kishner ,que aliás ajudou os gays argentinos equiparando os aos heteros, para sussurrar no ouvidinho da Dilmona que ela faz o que ela quiser...Quem não percebe os olhos sainda faisca quando ela encontra a presidenta da Argentina. Detesto homossexual mal resolvido,recalcado e pior,o dissimulado , aquele que vive uma vida homossexual mas esconde isso a todo custo em nome de um projeto de poder. mas que poder tem alguém que precisa se esconder? Vergonha essa entendida. Até o Lula fazia mais discurso favorável a causa do que ela...E a Kamura lá sabendo de todos os babados , podia bem revelar para a Veja...
  • em 19-12-2011 às 10:27 Ivan
    Sinceramente, às vezes não entendo porque meu texto é deletado. Simplesmente, dei minha opinião pessoal, mas referi-me à pedofilia como grande causadora de aversão aos gays na igreja católica; diferentemente da igreja evangélica e ortodoxa que seguem a bíblia, que muitos dos seus textos estão ultrapassados. Pelo comentário do Thiago/RJ e de acordo com a matéria, se Dilma não aumentar os limites de sua percepção, os religiosos e os perversos héteros nos colocarão abaixo de seus pés.
  • em 18-12-2011 às 20:12 NIlsom ex PB
    nasce e me creie em uma cidade do sertâo pb, concluier meu curso de direito estou morando aqui em DF faz uns 20 anos sou gay..... estes tipos de coferência nâo resulta em nada apenas um ato simbolico para pessoas DF.
  • em 18-12-2011 às 16:50 Alex
    Dilma é uma incógnita. SE ORIENTA MULLHER!!
  • em 17-12-2011 às 14:00 Thiago/RJ
    Ninguém se lembra da "carta" que Dilma assinou aos evangelicos se comprometendo a vetar qualquer lei que seja a favor dos gueis? Como bem lembrou Magno Malta, mesmo se um milagre fizesse a PL 122 passar pelo congresso, ela vetaria... Ela teme ser associada aos homossexuais ainda mais do que já é. E fará qualquer coisa para provar que não está ao nosso lado, e que não é uma enrustida.
  • em 17-12-2011 às 02:22 Binho de Curitiba
    Olha minha amiga de Roxo ali Adaya!!! Bejo linda!
  • em 16-12-2011 às 19:31 Quico,
    Até então novidade..rs O que esperar desses políticos que que já tem uma opinão formada sobre os gays, segundo eles, são espíritos ZOMBETEIROS que se apoderam dos gays.,,,kk
  • em 16-12-2011 às 12:32 INterior da PB
    olha aqui primeiro vez que vejo este tipo de debate em DF, pq muito viados daqui do sertão concluier o curso de direito e vai mora em DF brasilia....já no truque de serem inrustido.... a inlusão geografica do país brasil que a capital DF e sede de gays enrustidos e protegidos pelo poder federal DF.
  • em 16-12-2011 às 12:28 olha isto ......
    são gays com formaçâo concluidas ...LGBTTs......de DF.....com veste de gravatas.....na assembleia legislativa de DF....a unica assumida é a ex-BBB deputd.....ibope total.... FORÇA e CORAGEM.....
  • Mostrar mais comentários...