quero assinar Entrar na área VIP

Sem censura

Internautas fazem campanha contra a censura às relações homoafetivas na TV.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 05 de Janeiro de 2012

Segundo Pesquisa da PUC, de São Paulo, as telenovelas podem ser de grande ajuda para a diminuição do preconceito à diversidade.

Pensando nisso, internautas realizaram uma campanha contra a censura às cenas de homoafetividade nas telenovelas brasileiras, utilizando o atual casal lésbico Marcela (Luciana Vendramini) e Marina (Giselle Tigre), da novela "Amor e Revolução", do SBT, como garotas propagandas da campanha.

Em homenagem a elas, a campanha foi batizada de Marcela e Marina Sem Censura. Foram colhidas quase 1.600 assinaturas em uma petição, e a campanha agora lança mais um vídeo, contando com a participação de diversos internautas do Brasil, e até mesmo do exterior.

Marcela (Luciana Vendramini) e Marina (Giselle Tigre), em Amor e Revolução (SBT).Marcela (Luciana Vendramini) e Marina (Giselle Tigre), em Amor e Revolução (SBT).
Comentários (20)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 08-01-2012 às 13:26 Arthur
    Fazer tudo escondidinho? Egoísmo não tem limite não? Já pensou em quantas pessoas, ao perceber que ser gay é natural e imutável, vão parar de sofrer ? Já parou pra pensar que você não é o centro do universo?
  • em 07-01-2012 às 18:25 Que nada...
    Pra mim a gente deveria fazer tudo no escondidinho; é muito mais gostoso!
  • em 07-01-2012 às 05:28 Adriana
    Para quem queria o link da petição, está aqui: peticaopublica.com.br/PeticaoListaSignatarios.aspx?pi=P2011N11948 Ficamos todos muito gratos com a publicação, apoio e também aos que estão querendo ajudar nos comentários. TODOS CONTRA A HOMOFOBIA! E qualquer tipo de preconceito. Odeio todo tipo de discriminação, seja pelo que for. Beijos
  • em 06-01-2012 às 06:33 MARTINS , SLZ - MA
    Quando chegar as eleiçoes é comum encontrar candidatos prometendo algo que pode cumprir, existem pessoas que se cristãs se envolvendo com politica e se corrompeno em corrupção, mas existem pessoas boas, que não vão se eleger para defender a sua igreja que participa ou seus interesses pessoais. Devemos votar em quem vai defender as classes menos favorecidas: pobres,negros,HOMOSSEXUALIDADE,marginalizados,prostitutas, a MULHER. etc... acho falta de etica e de vergonha na cara candidatos irem ao templos religiosos pedirem votos, eles devem ir ao povo. prometer cuidar da saúde do povo,da educação, jamais defender os dogmas da igreja que participa, por que a igreja tem seus representantes que defendem mto bem. o povo é quem precisa de defesa, po isso que é bom não confundir as coisa: politica e religião.
  • em 06-01-2012 às 06:03 MARTINS , SLZ - MA
    Cont. da Resposta, amigos gays vcs estão cientes que estão que se aproxima as eleições municipais 2012, vamos votar em pessoas que defendam nossos direitos, porque tem gente pensando que são os trios eletricos que nos apoiam, vamos mostrar para essas pessoas que existem pessoas que vamos ELEGER candidatos que apoiam nossa causa e protejam a homossexualidade neste país.
  • em 06-01-2012 às 05:56 MARTINS , SLZ - MA
    RESPOSTA: A parada gay de são paulo reúne milhões de pessoas que não se resume a trio eletrico, todos estão ali REUNIDOS para chamar atenção da sociedade, aos direitos fundamentais que a constituíçao garante a todos os brasileiros.DIREITOS IGUAIS, NEM MAIS ,NEM MENOS.
  • em 05-01-2012 às 23:01 leco
    gostei dessa iniciativa, porque os diretores de novelas cortam mesmo as cenas mais fortes , principalmente a Globo, precisamos pegar no pé dela, porque ela é a mais popular no Brasil.
  • em 05-01-2012 às 22:53 AO MARTIN SL
    QUE PROMOVAM A HOMOSSEXUALIDADE? ou que apóiem? quem promove homossexualidade é aquele trio eletrico, aquela baderna que virou a parada gay Sao Paulo
  • em 05-01-2012 às 22:18 MARTINS , SLZ - MA
    Aqui em São Luís-MA, tem um vereador que se opunha a politica conservador de evangelicos, no dia que o Pr.Silas Malafaia veio a cidade, a bancada evangelica queria dar o titulo de CIDADÃO LUDOVICENSE ao pastor, mais o vereador foi contra, falou que ele era homofobico, silas se irritou e chamou o vereador de vagabundo em entrevista no radio local. e por isso foi negado o titulo a ele. o homem é ARROGANTE mesmo. temos votar em vereadores que promovam a homossexualidade.
  • em 05-01-2012 às 22:02 MARTINS , SLZ - MA
    Concordo com Leandro Oliveira, cadê o link para assinar, é bom atitudes que promovam a quebra de barreiras(PRECONCEITO) existentes na vivencia dentro da diversidade, a homossexualidade é algo que devemos COMPREENDER, ser SOLIDÁRIO e RESPEITAR. todos temos o direito de ser FELIZ.
  • Mostrar mais comentários...