Assine o MundoMais

Feito em casa

EUA aprovam primeiro teste caseiro para detectar o vírus da AIDS.

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 04 de Julho de 2012

Teste OraQuick identifica o vírus da Aids pela saliva; o kit caseiro será vendido a partir de outubro nos EUA.Teste OraQuick identifica o vírus da Aids pela saliva; o kit caseiro será vendido a partir de outubro nos EUA.

A FDA (agência reguladora de medicamentos e alimentos dos EUA) aprovou nesta terça-feira (3) o primeiro teste caseiro para detectar o vírus HIV, que provoca a Aids.

Com o nome de OraQuick, o teste identifica o vírus HIV pela saliva, que é coletada com o uso de um cotonete. O resultado demora de 20 a 40 minutos.

A FDA já tinha aprovado anteriormente outros kits de teste para serem usados em casa. A análise era feita, na maioria das vezes, por meio do sangue, com a coleta sendo encaminhada a um laboratório.

A previsão é que o kit chegue às gôndolas de redes como Walgreens, CVS e Walmart em outubro, assim como em farmácias que têm autorização para venda de produtos pela internet.

Em maio, os 17 integrantes do comitê da FDA que analisaram o kit decidiram a favor da liberação do produto. Eles afirmaram na época que o exame rápido feito em casa poderia ajudar a reduzir a disseminação do vírus HIV.

Estimativas do governo indicam que aproximadamente 240 mil dos 1,2 milhão de americanos infectados pelo vírus, mas não sabem que são HIV positivos.

A FDA reforçou que o kit caseiro não é 100% preciso. Os resultados, porém, foram bem positivos.

Em experimentos prévios com portadores do HIV, houve um acerto de 92%. Ou seja, de cada 12 infectados, um resultado sai com diagnóstico errado.

Em pessoas que não tinham o vírus, o kit acertou 99% dos casos. Isso equivale a um erro em cada 5.000 indivíduos testados.

Uma versão do OraQuick para profissionais da saúde - médicos, enfermeiras e técnicos de enfermagem, entre outros - já é comercializada, desde 2002, pela empresa fabricante, a Orasure, com 99% de acerto tanto para os portadores quanto para os não portadores do HIV.

Os cientistas da Orasure envolvidos no desenvolvimento do teste caseiro não sabem explicar por que ocorre essa diferença de resultados nos testes realizados com os dois grupos.

A fabricante disse que o kit será vendido para a população em geral por um preço acima dos US$ 17,50 (cerca de R$ 35), que são cobrados dos profissionais da saúde, mas abaixo dos US$ 60 (R$ 120). O valor ainda não foi fechado.

O presidente da Orasure, Doug Michels, anunciou que será embutido nessa quantia um serviço de call center gratuito para orientação e aconselhamento dos consumidores, com atendimento bilíngue em inglês e espanhol.

Comentários (56)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 06-08-2012 às 19:16 Ulisses
    Tenho 31 anos e sou portador do vírus HIV há um ano. Venho atualizando um blog sobre o assunto, onde conto um pouco da minha história e pretendo trocar experiências sobre o tema. A quem possa interessar, segue o endereço: deupositivo.wordpress.com
  • em 13-07-2012 às 09:53 Edu p/ Sarita
    Concordo contigo amiga, pq tanto portador está revoltado com esse teste? Será que eles expoem outras pessoas ao virus sem nenhuma dor na consciencia?
  • em 13-07-2012 às 05:09 JHAM
    Pow pow esse ste pode ajudar sim..mais axu que esse preço ta karo.hehhehehehe... Porque em clinikas particulares hum teste rapido sai no minino 60 reais..entaum naum adianta esse teste ..se for pra facilita melhor pagar pra fazer coleta de sengue..e pegar o resultado em poukas horas..se ele teste tem 99 % de ocorrer hum erro..melhor coleta..saka?
  • em 13-07-2012 às 03:04 Meu cu pra vcs!!
    Ta boa !! essa porra nunca vai ser aceita, pois se um viado me pedir pra fazer esse teste antes eu mando ele se fuder.... É SIMPLES SUAS BICHAS BURRAS! É SO USAR CAMISINHA E PRONTO!! MEU CU Q VOU QUERER UMA PORRA DESSA.
  • em 12-07-2012 às 18:29 puan rj
    ola galera fica aqui o meu recado amigas indepedente de religiao raça e nivel social camisinha senpre ninguem vai assumi nunca logo de cara que e soro positivo trepen bastante mas com camisinha .
  • em 11-07-2012 às 22:49 HIV+ para Jeremy
    Isso ai brother por isso questionei.... Se pode contaminar pela saliva porque vivem dizendo que Aids nao se pega pelo beijo... muito deturpada a informacao...
  • em 11-07-2012 às 10:22 Moisés 35 corpão
    Cara, sou portador e peguei da pior forma possível. Só me aceitei e me assumi tarde demais, já com 30 anos, independente,bem sucedido. Me apaixonei por um cara lindo e que fazia um discurso de uma moral ilibada. Ele é espírita kardecista. Por mais estranho que seja eu era muito ingenuo qto ao meio gay. Ele começou a reclamar da camisinha que o machucava e tal. Numa noite de romance, bebida e paixão eu transei sem preservativo com ele. Por conincidência do destino um mês depois conheci a prima de um ex namorado dele que me disse que o primo dela tinha morrido em decorrência do hiv havia 5 anos e na época, os dois ainda eram namorados. A vida literalmente parou para mim, me arrependi de ter me permitido ser gay, me arrependi de ter amado e de ter acreditado num espírita da boca para fora. Fui tão idiota que hj não transo mais por opção. Se tivesse esse exame caseiro na época, com certeza eu não estaria infectado porque antes de ceder ao desejo que nem era meu, eu teria feito esse teste.
  • em 11-07-2012 às 09:50 Andre zl
    Amelll, você ainda acredita nisso: ética, espiritual, papai noel, fada-madrinha..... Nao seja ingênua, a selva estar cheia de predadores, quem n quizer ser presa q n saia de casa. Se é q você me entende. Vocês acham mesmo q alguém vai ficar 40 minutos de pau duro esperando o resultado do tal teste? A fila anda!!! É muito mais rápido e pratico um preservativo, nao acham? Além de que pode ser meio temeroso. Vai saber a reaçao do cara. Depois nao vao dizer q é quit-teste fobia???
  • em 11-07-2012 às 00:44 Ameiiii para Andre ZL
    Amigo, acho que não entendeu o post do P/ Sarita: portadores não precisam fazer votos de castidade, apenas serem mais justos com seus parceiros. Afinal, qtos portadores reclamam de terem sido contaminados por fdps que os iludiram...E naum dá para fingir que não carrega essa bomba relogio no sangue, o negocio é serio. Não seria o momento de ser uma pessoa melhor, mais responsável ao inves de dar um foda-se para o mundo? Existem negativos que transariam com portadores , assim como existe milhares de portadores afoitos por um par. Apenas naum dá para fingir que não há nenhum risco para o parceiro...É um questão ética, espiritual. Não faça ao outro o que não quer para ti. Bjs.
  • em 10-07-2012 às 22:58 Andre zl sp
    Ao p/ Sarita: E muito facil transferir a responsabilidae. Por q voce nao fica sem sexo? Ja q nao e uma nessecidae basica ao inves de sugerir aos soro+? Eu nunca fiz o teste o dia q eu achar nessessario vou no posto de saude e faco. Isso e uma coisa muto sigilosa, onde só o portador e o médico, q é uma pessoa muito responsável sabe. Nao é qualquer biba q vai sair por aí fazendo o teste nos outros e ficando por isso mesmo. Pois nem os motoristas visivelmente bêbados sao obrigados a fazerem o teste do bafômetro após causarem um acidente?
  • Mostrar mais comentários...