Dados alarmantes

Aumento de crimes homofóbicos preocupa instituições em Pernambuco.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2013

Instituições que defendem os direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) estão preocupadas com o aumento de crimes com características homofóbicas. De acordo com um levantamento da Organização Não Governamental Leão do Norte, no ano passado foram registrados em Pernambuco 31 assassinatos.

A dor não passou e nem vai passar para a enfermeira Eleonora Pereira. “Quando permanece a mesma a gente pensa que ela vai diminuir, ela não diminui, ela aumenta”, disse.

O filho de Eleonora foi assassinado no dia 17 de outubro de 2010. José Ricardo Pereira da Silva tinha 24 anos. Era gay e por este motivo teria sido morto a pancadas no bairro de Jardim São Paulo, no Recife. Os dois acusados de cometer o crime estão presos à espera de julgamento.

A história de José Ricardo faz parte de uma realidade inaceitável: os crimes motivados pela orientação sexual. Um levantamento da ONG Leões do Norte mostra que, em Pernambuco, em 2011, a homofobia resultou na morte de 18 pessoas. Esse número quase dobrou em 2012, quando foram registrados 31 homicídios.

Para o diretor da instituição, Wellington Medeiros, a inexistência de leis mais rigorosas contribui para que crimes desse tipo continuem acontecendo. “Ter políticas em que combatam não só a violência, mas combata principalmente a questão do preconceito”, ressaltou.

No ano passado, as organizações não governamentais apresentaram à Secretaria de Defesa Social 27 casos que teriam como motivação a homofobia. “Desses casos, o Departamento de Homicídios junto com as outras unidades do estado passaram a investigar com prioridade e chegamos a 51% desses casos remetidos à Justiça, e 81% dos 27, ou seja, 22 casos já com a motivação delineada. E nenhum desses casos há conotação homofóbica na subjetividade da atuação do autor. Nós temos como motivação principal o crime passional e a segunda motivação seria o latrocínio [roubo seguido de morte]”, explicou Joselito Kehrle, diretor de polícia especializada.
Comentários (21)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 24-01-2013 às 17:07 Dona Perpétua
    Pernambucano, faço minhas as suas palavras. Não existe consenso no mundo gay, ou melhor, homossexual! Os petardos homofóbicos são deveras disparados pelos próprios...homossexuais!!!
  • em 24-01-2013 às 05:34 Pernambucano
    Acho bem contraditório esses dados levantados pela Ong Leão do Norte. Muitos gays assassinados aqui em Pernambuco foram vítimas dos seus parceiros ou dos parceiros de sexos casuais. Óbvio que existe homofobia, mas se o cara dá em cima e topa sair com outro, isso já não é homofobia. Houve um concenso entre ambas as partes. Acredito que as pessoas precisam estudar mais a fundo sobre o que é "Homofobia". Sou gay Recifense, mas nem por isso vou tapar o sol com a peneira. Basta ir ao lado do "Shopping Boa Vista" aqui em Recife, e você encontrará gays em busca de sexo casual. Enfim, só acho que deveríamos jogar mais a limpo. E outra, não acredito que esses crimes são causados por influência da religião ou de pastores, a própria comunidade gay é homofóbica. Convivo no meio de gays que "odeiam" gays exibidos, que curtem sexo casual entre tantos defeitos na nossa comunidade. Sei que serei tachado de um bocado de coisa aqui, mas precisamos ser mais verdadeiros. Grande abraço!
  • em 23-01-2013 às 19:43 Visconde de Sabugosa
    Meus amigos, o problema grave, gravíssimo, resume-se tão somente a dois fatores: impunidade e...not at least...IMPUNIDADE!!! O resto, considerações...falações...O Brasil é o reino da Impunidade, seja para homossexuais, negros, mulheres e afins!!!
  • em 23-01-2013 às 11:52 PAULISTANO CONVICTO
    Não me faça rir, Rafael Rec.
  • em 23-01-2013 às 08:36 Rafael Rec
    Você é doente Paulistano convicto!
  • em 23-01-2013 às 02:07 Culpa da religião também
    O aumento da homofobia também está relacionado ao excessivo discurso de pastores como Silas Malafaia, da Igreja Universal, Igreja Católica, que abominam os gays, com seu fundamentalismo em uma bíblia deturbada ao longo da história. Sem falar em seres nojentos como o Deputado Bolsonaro. Esse discurso que infelizmente não pode ser combatido, por conta da hipócrita liberdade de expressão, que eles usam sem limites para falar besteiras, incita sim as pessoas a terem mais ódio não só por gays, mas por toda a forma de religiao, cultura, pessoas que não seguem o que eles pregam.
  • em 22-01-2013 às 11:52 PAULISTANO CONVICTO
    Inveja do NE? Pode trocar a palavra por pena, inclusive de vc, Rafael Rec.
  • em 21-01-2013 às 23:59 Rafael Rec p paulistano convicto
    Eu tenho a impressão que a inveja que vc sente do NE´, deve ser por quer algum boy comeu seu cu e não gostou e vc ficou chupando dedo, já que a rola suculenta não te pertence, aliás nunca te pertenceu. Para vc abrir a boca para falar de Pernambuco, primeiro olhe as chacinas que ocorrem em São Paulo, foram 212 policiais mortos só em 2012, fora a população, que se morre mais de 15 pessoas assassinadas todos os dias, sem contar com os crimes homofóbicos. Quem diz sou eu, SUDESTE NUNCA MAIS. Lugarzinho de côrno....e gente alienada...
  • em 21-01-2013 às 12:34 PAULISTANO CONVICTO
    Nordeste NUNCA MAIS!!! Depois ainda vinham com reportagens dizendo que Pernambuco e um estado gay friendly, isso é colocar a vida alheia em risco!
  • em 20-01-2013 às 11:24 Bruno
    Crimes só aumentam por causa da impunidade, simples assim. Os caras agem já sabendo q nao vai dar em nada.
  • Mostrar mais comentários...