Mexa-se!

Saiba como começar uma atividade física de acordo com sua idade, e melhore o visual e a saúde.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2013

Aos 20, 30, 40, 50, 60…

Já está mais do que claro que atividade física é recomendada para qualquer idade, desde que autorizada por um médico. Mas há um certo receio, principalmente por parte dos mais velhos, de qual modalidade escolher, para que, ao invés de benefícios, o novo atleta não se prejudique. Para te ajudar a escolher o que praticar, dois especialistas dão algumas dicas.

O primeiro é o médico ortopedista especializado em medicina esportiva Moisés Cohen, que diz que existem muitas atividades de acordo com o objetivo desejado. “O esporte deve ser escolhido de acordo com as limitações de saúde de cada um”, resume ele. “Os esportes com menos exigência física são mais recomendados aos mais velhos, mas, mesmo assim, há uma mistura muito grande.”

O que o médico não recomenda para os que têm a idade mais avançada são as atividades que exigem alto esforço, como futebol e corrida, e faz um alerta. “Todo mundo deve fazer um exame antes da atividade, mas com a idade é mais importante ainda”. Outro conselho dele é que musculação é bom a vida toda, desde que feita com critério, assim como a caminhada. “Não é verdade que caminhada não resolve. Se for de forma regular e acelerada, é tão bom quanto a corrida”, afirma o médico.

Exemplo de programa

Airton Bolfe, professor de educação física da Fórmula Academia, em São Paulo, montou um exemplo de programa para homens de idades diferentes. Veja em qual deles você se encaixa e boa malhação!

20 anos

Depois da adolescência, é muito comum o homem estar com excesso de peso, devido aos maus hábitos alimentares adquiridos até então. “Nesta fase, quase não existem restrições, apenas é bom ter atenção à postura”, diz Bolfe.

Atividades indicadas: Sem restrição. Atividades que tenham sempre um estímulo como as desportivas e coletivas e de competição (vôlei, futebol, basquete) e as de academia de uma maneira geral são boas opções. “É importante que nesta fase o homem tenha sempre bons estímulos para que não desista. Faça algo que lhe dê prazer e de uma maneira que esteja bem distribuída aos seus horários, para não sobrecarregar a rotina e te levar a parar.”

30 anos

Nesta fase o homem começa realmente a se preocupar mais com a saúde e estética, pois as respostas metabólicas e fisiológicas já começam a ficar mais lentas, diz o professor. “Ainda quase não há restrições. A musculação passa a ser muito importante, pois vai trazer resultados estéticos e de fortalecimento para toda a cadeia postural e articular, evitando as lesões futuras.”

Sugestão de programa:

- Alongamento ou atividades que trabalhem flexibilidade: 1 a 2 vezes por semana

- Musculação: 3 a 4 vezes por semana

- Aeróbio (bicicleta, esteira, atividades desportivas): 2 a 3 vezes por semana

40 anos

Com 40 anos, há mais necessidade de que o treino seja prescrito de uma forma mais complexa, pois o homem começa a apresentar alguma restrição. “Por isso, o treinador deve ser mais específico na prescrição das atividades. É importante que faça um teste ergoespirométrico numa clínica especializada, para averiguar suas atuais condições cardiológicas e a forma e intensidade que o treinamento aeróbio será prescrito”.

Sugestão de programa:

- Alongamento: 2 vezes por semana

- Musculação: 2 vezes por semana

- Treinamento aeróbio (com prescrição de intensidade): 3 vezes por semana

50 anos ou mais

Passando dos 50, a prescrição e o acompanhamento personalizado são essenciais, pois as patologias limitantes são visíveis e presentes, avisa Airton Bolfe. “Faça uma bateria de exames, além do ergoespirométrico, é claro. Nesta fase, a atividade física é quase uma obrigação”, orienta o professor. “O homem também apresenta uma diminuição da massa óssea nessa fase.”

Sugestão de programa:

- Alongamento: 2 vezes por semana

- Musculação ou atividades de ginástica com peso ou aparelhos: 2 vezes por semana

- Atividades aeróbias: 2 a 4 vezes por semana

Observação: Esta periodização semanal vai ser prescrita de acordo com o objetivo e a necessidade do indivíduo, como também sua intensidade.

Por: Vladimir Maluf

Comentários (18)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 01-04-2014 às 21:31 N0psc3B5ACd
    Muito bom Beto. Sem vocea jamais toeiamrs estes momentos registrados. Espero que a ABES tenha como armazenar este acervo para no futuro relembramos o nosso passado. As coisas boas que estamos fazendo Uma abrae7o, Vitorio.
  • em 19-02-2013 às 23:12 Léo Porto
    Gostei da dica, realmente uma boa alimentação e atividade física faz um bem pro corpo e mente. Eu moro no Rio de Janeiro e aqui tem uma cobrança muito grande em relação a estetica do corpo, o carioca chega ser chato e seletivo quando foge dos padrões inpostos pela midia, acho o que influi muito nessa cultura ao corpo no Rio de janeiro, é fato de a cidade possuir entre seus moradores uma grande elenco de Artista, modelos, e apresentadores que moram no Rio, devido a sede da Rede Globo ser no Rio de janeiro...
  • em 27-01-2013 às 18:17 André Açores
    Parabéns, Mundomais, pela pauta. Informações úteis e criteriosas como essas devem ser sempre publicadas. Tenho 62 anos. Sinto que o preconceito contra nós, idosos, é muito grande por parte de muitos jovens. Não gosta de velhos ? Ninguém é obrigado a transar com eles, mas respeite-os. Vc será um deles daqui a alguns anos. E gostará de ser discriminado, desrespeitado e rejeitado como se fosse escória ? Muitos se iludem que vão ficar saradinhos e bonitinhos a vida toda. Os calendários são implacáveis. O tempo voa. Desejo a todos os garotos de hoje que cheguem à minha idade com a saúde que tenho. Sempre zelei por ela. Pratico ginástica duas vezes por semana com um treinador pessoal e caminho de três a quatro vezes por semana, por uma hora. Logo, estou certo nos cuidados com minha saúde. Paz e alegria para todos, inclusive para aqueles que rechaçam os idosos - e até os hostilizam.
  • em 26-01-2013 às 11:49 Pedro RS
    Interessante!
  • em 26-01-2013 às 01:37 X-TUDO
    GOSTEI TB, MUITO INTERESSANTE.....PARABÉNS MUNDOMAIS
  • em 25-01-2013 às 21:37 Ivan
    Exercícios físicos são necessários em qualquer idade, porém depois dos trinta se faz mais ainda. Até os trinta nunca tive barriga e achei que assim o fosse para sempre, pois sempre fui magro, mas percebi que além do aumento de peso, a pança estava se evidenciando depois dos trinta. Com academia e o costume de andar de bicicleta me fez diminuir a barriga e o peso. Vale destacar também, que apesar de fazer bem à saúde o convívio em academia, especialistas dizem que vicia, e aí está o perigo, pois pode comprometer as articulações.
  • em 25-01-2013 às 12:48 melhor exercicio
    o que mais gosto de fazer na academia é agachamento. agacho com meu c# no cacete dos bofes ui delciai
  • em 25-01-2013 às 11:38 Javier Pastalene
    Ótimo reportagem, tenho uma amiga que faz academia, ela está com 65 anos, mas parece que está com 50 anos, de bem com a vida, tem muitos amigos na academia, sai para dançar, toma uma gelada acompanhada de peixe, em breve vou começar. Uau bicharada hipócritas, tudo que vocês estão descrevendo abaixo são invejas de ver muita gente bonita que estão malhando e estão vendo resultado.
  • em 25-01-2013 às 08:09 Pedro
    Mariconas... Gostaria de saber senhor" falo mesmo", se você pretende viver até quantos anos? Porque eu pelo menos, tenho 27 e gostaria de viver até 80 !
  • em 25-01-2013 às 02:53 marimbundo
    Adoro esse tipo de pauta, parabéns mundomais!
  • Mostrar mais comentários...