Assine o MundoMais

Meu Amigo Daniel

Depois do jogo de vôlei, meu amigo Daniel finalmente tomou coragem para declarar todo o tesão que sentia por mim.

por Julinho

Quinta-feira, 28 de Março de 2013

Meu nome é Júlio, tenho 19 anos, 1,79m de altura, 69 quilos, moreno do sol e corpo atlético por causa do vôlei de toda tarde.

Estava jogando numa tarde de quarta-feira com Daniel. Eu já sacava que ele há muito tempo queria algo comigo, mas nunca nenhum de nós havia se manifestado. Ele jogava no meu time e ocupava a posição de levantador, enquanto eu era o ataque. Daniel tem 21 anos, morava com sua irmã, pouco peludo, malhado por sinal, cara de safado, moreno gostosíssimo.

Depois do jogo (que por sinal acabou à noite), fomos até um barzinho comemorar a vitória sobre os times adversários. Daniel só me observava de canto e eu só na dele fingindo que nem olhava. Foi a deixa quando Daniel passou por trás de mim e encostou seu pau que estava já duro fingindo só apenas passar. Eu notei rapidamente, mas não falei nada.

Logo após chega um torpedo de Daniel dizendo que queria me encontrar na casa dele. Eu já sabia o que rolaria, mas deixei levar. Pedi licença para o pessoal dizendo que estava cansado e queria ir pra casa. Despeço-me dos outros e sigo na minha moto até a casa de Daniel. Chegando lá, ele me espera na porta da frente de sua casa, ainda com a mesma roupa do jogo, e todo suado. Ele convidou-me para entrar.

Daniel não parava de pegar no pau, que já estava durão e eu notava isso. Ele disse que havia algo que sempre tinha vontade, mas tinha medo de eu não querer. Perguntei a ele o que o incomodava, pois não parava de segurar no pau.

– Dan, o que foi cara? Parece que vai rasgar o short com seu pau, cara.

– Que isso, só seguro, pois não estou mais aguentando.

– Aguentar o quê, quer mijar, é isso?

– Não, quero enfiar na sua boquinha.

Eu já esperava essa resposta, quando ele me tascou um beijo (e que beijo!). Beijei tanto esse moleque, ele mordia minha orelha, me falava no ouvido que era muito a fim de mim e não parava de se masturbar pensando em me comer. Retirei aquela camiseta dele amarela e deparei-me com um belo corpão de homem. Delirei! Chupei seus mamilos e dei um completo banho de língua em todo seu corpão.

Ele abaixou o short mostrando sua cueca boxer branca e perguntou:

– Você tá a fim de cair de boca no meu pauzão?

Nem respondi, retirei a cueca e vi um pau de 19 centímetros cabeçudo e grosso escorrendo uma baba. Caí de boca naquela rola maravilhosa. Ele só gemia dizendo baixinho:

– Que mamada gostosa... Como eu queria faz tempo essa mamada no meu pau.

Mamei muito aquela pica. Depois de uns dez minutos de boquete, ele pega na minha cabeça e força dizendo que ia gozar, engoli aquele pau até o talo e ele gozou tudo! Engoli aquele esperma quente e delicioso do meu gostoso. Ele urrou de prazer!

Ele colocou um filme pornô gay na TV e começamos a nos beijar. Ele me amassava e pressionava seu pau na minha barriga. Dizia frases eróticas no meu ouvido. Eu delirava. Dez minutos depois ele perguntou:

– Júlio, está a fim de me aguentar?

– Mais a fim do que você imagina.

Ele foi até a gaveta encostada à TV e retirou uma camisinha de menta, colocou-a no pau e me fez um cunete rápido. Depois me colocou de quatro e apontou o pau na direção do meu rabinho e começou a foçar. No começo doeu muito, mas ele disse que se doesse ele poderia retirar, só o que não queria era me machucar. Eu pedi para continuar, ele forçou devagar, depois começou a bombear forte. Ele começou a gemer e a dizer como meu rabo era gostoso, pedi pra ele fazer tudo o quanto quisesse comigo, que eu era sua putinha agora. Ele começou a dar umas tapas na minha bunda e dizia:

– Vai puta, vou arrebentar seu cu hoje, veado. Estava louco pra meter meu cacete no seu rabinho e você estava louquinho por isso.

Ele brincava de tirar e colocar o pau de volta no meu rabo. Comeu-me muito gostoso, aí pedi pra cavalgar no pau dele. Ele se sentou numa cadeira ali perto e me chamou:

– Vem, meu gostoso, quer sentar na minha rola?

Subi naquela vara e me vi uma puta toda feita naquele pau. Era grande e grosso. Ele me beijava na nuca e mordia minha orelha enquanto eu batia uma punheta gostosa em mim mesmo. Depois de bater por uns quinze minutos, eu anunciei que a gozada já viria. Gozei! E meu cu apertou seu pauzão.

Ele retirou seu pau e bateu uma punheta na minha frente e disse:

– Vai querer engolir a minha porra?

– Sim, meu macho, goza na minha boca, me dá leite quentinho.

Ele delirou e começou a masturbar mais forte. Deu um gemido forte e alto, era sinal que o leite estava a caminho. Abri a boca e ele enfiou o pau na minha boca e gozou tudo dentro dela. Senti o esperma novamente em minha boca. Dessa vez, ele enfiara o pau mais fundo que quase eu engasgava, mas adorei.

Caímos no sofá e ele me tascou um beijo dizendo que essa foda foi muito boa e que queria repetir de vez em quando. Eu disse que quando quisesse era só me mandar mensagem e eu viria correndo. Ficamos pelados no sofá nos beijando por uns quinze minutos. Tivemos outras fodas, mas são outras histórias excitantes e inesquecíveis que vocês irão ler!

Quem quiser me add no msn: julinho_12@compnet.com

Comentários (29)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 09-08-2016 às 10:45 Polux
    Interessante o conto me deu tesão.
  • em 29-10-2015 às 08:35 ADCM
    Muito interessante tem até um pouco de humor
  • em 27-10-2015 às 01:26 Guto
    27 anos macho serve
  • em 29-05-2015 às 00:22 caio
    tenho 24 anos roludo sonho em dar mru ce
  • em 03-08-2014 às 18:35 marcio
    Gostei mas podia ser melhor nos detalhes
  • em 18-07-2014 às 08:31 JK
    Faço programa para Curitiba e região metropolitana.... Add no whats (47)9669-7817....
  • em 15-07-2014 às 15:15 pass
    Adorei sonho em dar o cu dessa forma ..
  • em 19-08-2013 às 21:08 lucas
    Falto mais detalhes mais ta de Parabéns
  • em 14-08-2013 às 21:38 leklek
    Me amerrei neste conto adoraria estar no lugar do Julio.
  • em 07-07-2013 às 20:50 Fábinho
    Gostaria muito de vez em quando curtir um amigo assim.Sou muito carinhoso.E então quer ser meu amiguinho ? Meu cel é Oi (011)96295-8999 Estou te esperando...
  • Mostrar mais comentários...