Perda irreparável

Estudante gay de 16 anos que sofria bullying se suicida nos EUA.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 01 de Agosto de 2013

Mais um triste caso de vítima de bullying aconteceu nos Estados Unidos. Desta vez, em uma comunidade no Estado de Iowa. Aluno da escola "Southeast Polk High School", Alexander AJ Betts se suicidou aos 16 anos. Por ser gay e pardo, o estudante era motivo constante de zoação entre os colegas de classe.

Segundo Sheryl Moore, mãe de Alexander, ao longo da vida o filho passou por diversas cirurgias devido ter nascido com lábio leporino. A última operação aconteceu no ano passado e ele estava feliz com sua nova aparência.

Ainda segundo a mãe, Alexander contou à família que era gay há cerca de um ano e meio. Para ela, a morte do filho é "a coisa mais dolorosa que ela já experimentou em toda a vida". Por isso, ela veio a público falar sobre a fatalidade e ressaltar que não é a primeira vez que casos assim acontecem na mesma escola.

A Southeast Polk High School possui um histórico de tragédias semelhantes. Em 2008, quatro adolescentes se mataram. Em dezembro do ano seguinte um jovem de 17 anos tomou a mesma atitude. A sequência de casos fez com que Câmara Municipal, à época, convocasse uma força tarefa para estudar o que foi chamada de "cultura de suicídio".

O diretor da escola, Steve Pettit, apesar do ocorrido, disse que não foi informado que Alexander era vítima de bullying. Segundo o diretor, quando isso acontece o assunto é tratado de maneira "bastante séria" entre a cúpula escolar, iniciando assim uma investigação para identificar os agressores.

Comentários (21)
  • em 09-08-2013 às 00:08 thiagosilva992009@hotmail.com
    ser ou não ser eis a questão, não e tanto a escola ou aonde quer que seja sendo ele gay hétero ou lésbica tem que ser colocar no lugar agito com todo o respeito. tem que procura uma pessoa que gosta da mesma coisa do que vc gosta e viver sua vida em dois. não é falta de fé nem demônio e nem doença e somente um sentimento adquirido no passado quando é criança de conhecer o sexo sendo ela quem vo .pois a mente da gente fica muito abalado até mesmo de tomar alguma decisão quando chega a face da adolescência e adulta. eu apreendi uma coisa que temos que nos amar a sim mesmo primeiramente do que o mundo. e as pessoas que está em nossa voltar.
  • em 06-08-2013 às 19:03 tomaleva2@hot
    é uma pena que coisas como essa acontecem nos dia de hj. Gde tristeza!
  • em 06-08-2013 às 15:53 Phoênixnegra
    Lamentável !!!!!!!!!..Até quando ???? sem sombra de dúvida ..avisos pra sociedade que já é hora de despertar antes que seja tarde demais..!!!!!!!
  • em 03-08-2013 às 22:00 Stalin P/ Hitler
    Menos um, canalha vagabundo? Menos um, será você!
  • em 03-08-2013 às 18:36 Troglodita
    Pra onde ela foi, vai sofrer mais bullying ainda. Se matar não resolve o problema nem dele e nem de ninguém. A Escola é culpada sim!!!
  • em 03-08-2013 às 15:41 Hitler
    Menos um.
  • em 03-08-2013 às 13:03 Victor
    Todos os dias, desde que me percebo como ser humano e gay, penso que seria bem mais fácil morrer do que enfrentar essa condição. Hj, com todo esse foco sobre a homossexualidade, vendo toda a hostilidade que há sobre o gay, a morte parece ser mto mais leve do que a vida. Mas ai eu penso: Há sempre uma chance de dar certo, há uma chance de que no meu caminho cruzem pessoas que façam da minha vida melhor, onde minha orientação sexual seja o menos importante do meu perfil, há uma pequena chance da vida ser mais leve do que a morte, então, porque morrer? ai, consigo viver mais um dia. E nisso, já se passaram 25 anos! Penso que não posso deixar esse mundo sem antes sentir duas coisas: Sentir que ser gay realmente não eh nada diferente do que ser hétero; e sentir como é amar e ser amado por alguém.
  • em 03-08-2013 às 12:22 bruno,camaçari,BA
    AMIGOS ENTREM NO SITE DO IG E VOTEM NO GEAN WYLLIS COMO HOMEM PODEROSO QUE VC ADMIRA...VAMOS LÁ....ELE MERECE POIS LUTA E É O UNICO PARLAMENTAR GAY ASUMIDAMENTE, E QUE NOS DEFENDE...CONTRA OS INFELICIANOS DA VIDA...SACOU?
  • em 03-08-2013 às 08:19 Lucca
    Não sei se lamento a fraqueza dos que se matam ou a burrice dos comentários.
  • em 03-08-2013 às 01:00 Alguem
    Que Deus lhe proteja e te cuide Alexander, descanse em paz
  • Mostrar mais comentários...