Lamentável

Adolescente gay é encontrado morto com requintes de crueldade no centro de SP.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2014

Kaique Augusto estava desaparecido há dois dias. No sábado, dia 11, o corpo do jovem foi encontrado na Avenida Nove de Julho, centro de São Paulo. A vítima aparentava sinas de tortura e espacamento, teve os dentes arrancados, o rosto estava cheio de hematomas e fraturas, e sua perna foi atravessada com uma barra de ferro.

Segundo a família, Kaique foi visto pela última vez em uma balada perto da região República, chamada PZÁ. Ainda não há informações sobre os autores do crime. No entanto, um ato foi marcado para sexta-feira (17), às 18h30, no Largo do Arouche, em protesto à morte do jovem.

Ainda de acordo com familiares, os requintes de crueldade com que o corpo foi encontrado levantou a suspeita de um ataque homofóbico por skinheads. A família faz ainda um apelo para que souber de alguma informação que possa esclarecer o crime, entre em contado com a Polícia Militar no número 190.

Abaixo, confira na íntegra o comunicado divulgado pela família de Kaique Augusto.

Olá pessoal, é com grande tristeza que publico esse post para deixá-los cientes do que aconteceu com meu irmão: Sexta-feira dia 10/01 ele foi para uma balada chamada PZÁ, três amigos dele disseram tê-lo encontrado e perdido algumas vezes na balada, mas segundo eles o Kaique Augusto sumiu. O corpo dele foi encontrado no sábado (11/01) na 9 de Julho, levado para o IML como indigente, só conseguimos ter notícias hoje pela manhã, quando amigos e familiares identificaram o corpo. Ele estava desfigurado, arrancaram-lhe os dentes, bateram muito nele estava muito inchado, cheio de hematomas e fraturas e atravessaram sua perna com uma barra de ferro, o legista disse que ele foi muito torturado antes de morrer.

Conversamos com centenas de pessoas pelo face e por telefone a maior suspeita é que tenha sido um grupo de skinheads, mas isso foi comentário aleatório de pessoas que estavam na região. Não há nada concreto, a polícia não descarta a possibilidade de terem simulado um ataque desse grupo para desviar as atenções. Só peço para todos que o viram na Sexta ou no Sábado e ou tenham qualquer informação a respeito de com quem ele estava, por onde andava e o que estava fazendo, por favor entrem em contato conosco para ajudar a descobrir e punir os culpados.

Comentários (74)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 24-01-2014 às 13:53 ASSANHADA
    QUER DIZER QUE A SENHORA É MAIS UMA DESSAS QUE NAO PODE VER UM BOFE CHAMANDO VEM CA . VAMO LA QUE A SENHORA JA VAI CORRENDO.
  • em 22-01-2014 às 18:34 Miguel
    "A vítima aparentava sinas de tortura e espacamento, teve os dentes arrancados, o rosto estava cheio de hematomas e fraturas, e sua perna foi atravessada com uma barra de ferro". Pessoal, como é que vocês ainda acreditam que isso possa ser suicídio?!?!?!?!??! Só uma pessoa sem noção para acreditar em suicídio diante de todos os sinais que o garoto foi encontrado!
  • em 22-01-2014 às 14:25 william
    um pena um jovem se acabar assim por ser gay eu sou tbm tenho muito medo desse que deus nos protejar a gente a familia deva estar arazadae mais nao er pr menos ner hu
  • em 22-01-2014 às 11:52 OLHA ISSO
    O MENINO SE MATOU E O POVO FICA COLOCANDO A CULPA EM UM E OUTRO, PAREM COM ISSO VCS NEM CONHECIAM A VIDA DO GAROTO TALVEZ ELE ESTIVESSE PRECISANDO DE UM PSIQUIATRA OU PSICÓLOGO E NINGUÉM PERCEBEU ISSO, PAREM DE CULPAR OS RELIGIOSOS, POIS ELES TEM A OPINIÃO DELES SE FOSSE ASSIM TODO GAY SE MATARIA POR QUE NÃO É ACEITO, INCLUSIVE EU, NÃO FALEM O QUE NÃO SABEM.
  • em 22-01-2014 às 01:17 Luciano
    Estranho alguém se preocupar em arrancar os dentes antes de se suicidar. Os evangélicos e homofóbicos não querem admitir que há homofobia no planeta e que grande parte da culpa pela existência e manutenção da homofobia são dos evangélicos. Essa raça de evangélicos que vêm em público falar horrores dos gays deveria ser jogada numa cadeia cheia de presos intolerantes com os evangélicos.
  • em 22-01-2014 às 01:03 Emerson - são paulo
    O negócio é cada um por si.foi mais um que foi e já era...se a aids não mata, vem um e mata..e outros tantos motivos...infelizmente não tem o que fazer..enquanto a nós que estamos vivos, vamos nos precaver para que não aconteça o mesmo..
  • em 22-01-2014 às 00:06 Marcos BH
    TAMBÉM COMETEMOS SUICIDIO Acompanhei com muita cautela os desdobramentos da morte do Kaike. lamentável, mas, temos de admitir que nós, independentemente da cor, do sexo, da condição financeira, podemos cometer suicídio diante de muitos fatos em nossas vidas, sobre os quais nem sempre temos domínio. Kaike tinha sonhos elevados, mas se frustrou com aquilo que imaginou ser o imprescindível. Matou-se, além de tudo, por ser humano!
  • em 21-01-2014 às 23:44 NOEL
    BOM A POLICIA FALA EM SUICIDIO PORQUE E GAY E A FAMILIA JA CONCORDOU SE FOSSE HETERO A VESÃO SERIA DIFERENTE
  • em 21-01-2014 às 18:51 Leo
    DIA DESSES ESTAVA NA PRAIA UM BOFE SE APROXIMOU DE MIM E ME CHAMOU PRA MOITA E EU TODA ASSANHADA FUI COM ELE, CHEGANDO LAH ELE QUASE ME MATA, SEGUROU MEU PESCOÇO DE CERTA MANEIRA QUE SOH DEUS... FOI AI QUE CONSEGUIR MORDER O BRAÇO DO SACANA E ELE ME SOLTOU E EU SAIR CORRENDO
  • em 21-01-2014 às 18:23 Fernando
    Por que os jornais falam em suicidio ???o que eles querem esconder?
  • Mostrar mais comentários...