Daddy Pence, come dance!

Teve festança gay na frente da casa de Mike Pence, o vice-presidente anti-LGBT dos EUA.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

Anteontem, Mike Pence, o atual vice-presidente dos EUA, ganhou uma superfesta gay – só que ele não foi convidado. E nem deveria: a festança foi um protesto contra sua política anti-LGBT. Pence já fez campanha contra o casamento gay nos Estados Unidos, por exemplo.

O protesto foi liderado pela organização WERK for Peace, com seu líder, Firas Nasr, rebolando e levantando a bandeira gay para lá e para cá. A CNN estava presente no protesto e conversou com algumas pessoas. “Conheça a gente. Converse com a gente. Eu gostaria de falar com ele cara-a-cara, apenas para explicar como é ser uma mulher trans em seu país, e dizer para ele que pode ser difícil e eles estão fazendo ficar mais difícil ainda nos puxando para baixo. Mas eu não vou ser puxada para baixo”, disse uma mulher.

O principal grito de guerra da noite foi “Daddy Pence, come dance”, ou “Papai Pence, venha dançar”, em tradução livre. Os vizinhos dele não se incomodaram nem um pouco com a festividade – no caso, participaram dançando e levando snacks para todo mundo. Hoje (20/1), Mike se tornou, oficialmente, vice-presidente do país. Vamos ficar alerta para ver as cenas dos próximos capítulos… #WeAreQueer #WeAreHere #WeWillDance

Comentários (0)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.