Nova missão

Ex-campeão, Bruno Chateaubriand assume Federação de Ginástica do Rio.

por Redação MundoMais

Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

Bruno Chateaubriand com ginastas da seleção brasileira.Bruno Chateaubriand com ginastas da seleção brasileira.

Famoso no Rio de Janeiro pelas festas de réveillon que organizava nos fins de ano com seu marido, o empresário e jornalista Bruno Chateaubriand decidiu encarar um nova missão em 2017. Ex-atleta de ginástica de trampolim - foi hexacampeão brasileiro da modalidade nos anos 90 -, Chateaubriand assumiu a presidência da Federação de Ginástica do Rio de Janeiro. Um dos grandes desafios no mandato de quatro anos é conseguir fomentar o esporte no estado com um orçamento extremamente baixo.

A federação conta com apenas R$ 6 mil mensais, vindo de contribuições de aproximadamente 25 filiados (clubes, academias) e repasses da Confederação Brasileira.

"Eu não posso gerar custo para uma federação que tem pouquíssima verba, poucos filiados. Temos que fazer malabarismo para obter verba", afirmou o agora dirigente, que tenta buscar apoio com empresários e celebridades para incentivar o esporte no Estado.

Entre as iniciativas, está a criação do projeto de "Padrinhos da ginástica do Rio", inspirado na proposta elaborada pelo Comitê Olímpico do Brasil para os Jogos de 2016 e da qual Bruno participou. O novo dirigente já conseguiu que nomes conhecidos aceitassem participar da causa, como o ator Rodrigo Lombardi e o cantor Toni Garrido. Ex-diretor do COB, Marcus Vinícius Freire também se dispôs a apoiar a entidade.

O dirigente também busca obter uma sede para a entidade sob forma de comodato (empréstimo sem custo), realizar um meeting no Rio de Janeiro e cursos de gestão para professores de ginástica. "Hoje a Federação não tem sede. Precisamos ter uma casa da ginástica no Rio de Janeiro, onde os atletas possam ir, onde os filiados possam estar, onde tenha a história dos nossos campeões".

Para ter sucesso na nova empreitada, além da experiência de ex-atleta, Bruno Chateaubriand conta com o apoio de alguns dos principais ginastas do país. Bruno é dono da empresa que gerencia as carreiras de Diego Hypólito, Arthur Nory, Caio Souza, Jade Barbosa, Danielle Hypólito e Flávia Saraiva. "A ginástica precisa de uma série de cuidados. Alguns dos grandes nomes da ginástica hoje são possíveis candidatos a uma medalha em Tóquio. Precisamos de um projeto para que eles tenham tranquilidade para treinar. Precisamos oferecer a estrutura para eles no nosso Estado".

Outro objetivo é ampliar a participação dos ginastas na administração do esporte. "Já existia na gestão da Andreia, mas vamos ter de uma forma mais presente é um conselho de atletas. Eleito pelos próprios atletas. É muito importante ouvir o lado do atleta sempre", disse, citando a sua antecessora no cargo, Andreia João, que comandou a federação de 1999 até 2016.

Comentários (5)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 30-01-2017 às 18:23 Kaka para Luli
    Lulim, nos que moramos no Chopin podemos tudo...rsrsrs, pena que você não pisa nem no mármore do nosso hall.
  • em 29-01-2017 às 13:17 Luli
    Muito bom! Uma boa guinada na vida desse menino;pra quem jogava ovo da janela nos pobres com narcisa tamborindeguy e seus outros amigos da "alta sociedade"é uma mudança e tanto!
  • em 25-01-2017 às 08:02 Rubens
    Top ... Sucesso !!!!!!
  • em 24-01-2017 às 22:17 Luiz Campinas
    Adoro esse Moço! Acho ele bastante inteligente e agora demonstra ser muito humano e muito mais consciente com os problemas que os outros encontram pela frente. Não que ele não se preocupava com isso, mas a Vida dele girava em torno de festas e acontecimentos sociais. Hoje, sem duvidas, esta mais voltado as questões que vão lhe somar pontos no campo Espiritual. Eu também lhe dou os parabéns pela bela iniciativa e lhe desejo sucesso nesta nova empreitada!! Bruno, continue assim e será ainda mais admirado pelo nosso Brasil!!!
  • em 24-01-2017 às 14:04 Bonita da Vieira Souto.
    Parabéns pela iniciativa!