Surpresinha!

Personagem se revelará transexual em O Outro Lado do Paraíso.

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 14 de Março de 2018

O que o pobre coitado do Juvenal (Anderson Di Rizzi) fez para merecer uma vida tão sofrida em O Outro Lado do Paraíso? O lapidador é um homem de origem simples que vive humildemente em Pedra Santa, trabalha para o garimpo de esmeraldas e tem como patroa a megera Sophia (Marieta Severo), não bastasse a vida mais ou menos que leva, se apaixonou por Estela (Juliana Caldas) que por sua vez se apaixonou por Amaro (Pedro Carvalho), com iria se casar até descobrir que o português não passava de um grande interesseiro.

O lapidador ficou amargurado ao ver sua amada Estela nos braços de outro homem, foi então que ele decidiu se casar com Desirée (Priscila Assum), porém ele nem imaginava que a moça que se dizia pura, era na verdade uma prostituta do bordel de Pedra Santa.

Desirée sempre sonhou em arrumar um 'pato', ou seja, um homem que se cassasse com ela e a sustentasse, desta maneira poderia deixar de trabalhar na noite.

Despedida de solteiro

Na véspera de seu casamento, Juvenal foi levado pelos garimpeiros para o bordel onde aconteceria sua despedida de solteiro, o que ele não imaginava era que daria de cara com sua noiva trabalhando como prostituta. Transtornado o lapidador escrachou com a ex-noiva e desistiu de se casar. Mesmo assim, ela não desistiu e continuou cercando Juvenal e o pediu que a perdoasse.

Perdão e decepção

Nos próximos capítulos, o lapidador vai voltar a se aproximar de Desirée e os dois vão reatar o noivado, de acordo com o portal de informações online, 'Notícias da TV', Juvenal vai ter mais uma ingrata surpresa na primeira noite do casal.

O lapidador e a prostituta vão marcar uma nova data para o casamento, na noite anterior ao enlace, Juvenal vai preparar a casa para receber noiva, já que eles vão transar pela primeira vez.

Ele enfeita o quarto com flores e deixa o ambiente o mais aconchegante e romântico possível.

Antes de sair do bordel rumo a casa do noivo, Caetana (Laura Cardoso) vai aconselhar a prostituta a dizer toda a verdade para Juvenal, Desirée dirá que tem medo de revelar seu segredo antes do casamento e perder mais uma vez a oportunidade de sair da vida. Caetana vai insistir para que ela revele a verdade antes que seja tarde demais.

Ansioso pela primeira noite, Juvenal a recebe com todo carinho, a jovem estará usando uma linda lingerie e vai levar o lapidador a loucura e os dois vão imediatamente para o quarto, ao chegar lá, Desirée vai pedir para que o noivo apague a luz, ele vai estranhar o pedido e questioná-la, já que ela trabalha como prostituta e teve muitos clientes, e não entende o motivo de sua timidez. Ela dirá que nunca ficou com um cliente que não fosse com as luzes apagadas.

Juvenal apagará a luz e segundos depois Desirée dirá que está completamente nua e esperando por ele, neste momento o lapidador acende as luzes e dá de cara com a genitália masculina da noiva e ficará em choque, e gritará "é homem, é homem", para o desespero da prostituta que mais uma vez verá seu 'pato' indo embora.

Comentários (6)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 01-04-2018 às 09:16 Lorraynne Vecanandre Sthephany Smith Bueno de
    Como assim trava???? Era nao era Puta??? Seria im erro groteaco de roteiro.. atr pq ja mostrou ela nos progamas com as luzes bem acesas.. seria um absurdo!!
  • em 19-03-2018 às 10:54 Lipe
    Ainda bem que o autor desistiu. Seria (mais) um furo no roteiro...
  • em 15-03-2018 às 12:59 Diego
    Essa novela tem potencial pra tratar temas LGBT como eles merecem - mas o casal gay da trama promove a ideia de que existe "ex-gay" e agora tem esse caso bastante transfóbico. Que desastre
  • em 15-03-2018 às 08:02 Marcos DF
    O roteiro tá muitíssimo furado : Desde quando q a rameira é trans ( já.foi bom homem ) sendo q foi na Ginecologista e pediu um remédio para voltar a ser " Virgem" de novo ???? Oi ????
  • em 14-03-2018 às 23:32 Estêvão
    Transfobia? Onde? A matéria apenas relata o que vai acontecer na novela, algo muito possível de acontecer na vida real. A personagem engana o mané, ops, Juvenal. Se a pessoa é trans tem que falar antes de transar, pois ninguém está obrigado a ter uma reação conforme o esperado . Dependendo da pessoa, vai tomar é um susto, ficar com raiva, vai ser um dramalhão. Imagine uma mulher se envolver com uma pessoa que imagina ser homem e quando vai transar tem uma buceta no meio das pernas! Ou um homem que acha que vai comer aquela gostosona e descobre que no meio das pernas tem um bigulim ou uma bengala enorme! Na minha opinião isso tem que ser falado antes de qualquer relação, transparência é tudo! Eu sou gay, mas se um dia me envolver com um trans que nasceu como mulher, eu não ligo. O contrário também! Mas cada um , cada um
  • em 14-03-2018 às 11:44 Renata Finsk
    Materia escrita carregada de transfobia advogados acionados, vindo de um site gay de sexo é elogio.