Boca no microfone!

Rádio veicula inserções contra homofobia após locutor pregar morte de gays.

por Redação MundoMais

Segunda-feira, 05 de Novembro de 2018

A rádio Santa Fé, localizada no município de Santa Fé do Sul, em São José do Rio Preto, foi recomendada pelo Ministério Público Federal (MPF) a veicular inserções contra homofobia ao longo da sua programação, após um locutor ser denunciado por incentivar os assassinatos de gays.

A declaração de ódio aconteceu durante o programa Bastidores da Notícia, quando comentava uma cena de beijo gay que aconteceu na novela “O Outro Lado do Paraíso”, na qual os atores Rafael Zulu e Eriberto Leão formavam um par romântico. As informações são do Blog do Estadão.

“O filho da p*** negro, que poderia honrar o que os negros fizeram por nós, se sujeita a fazer um papel daquele [de homossexual], entende?”, protestou Edson Ferreira, que ainda criticou os telespectadores. “Quem assiste um negócio desse é merda”, disparou.

Ferreira continuou pregando as mortes dos homossexuais. “A gente não pode falar que tem que matar no ninho porque é crime. Mas que está crescendo demais, está. Vai chegar uma hora em que você vai ter que matar um para falar ‘Meu filho, não’.”

A recomendação estipula que a emissora transmita por 30 dias, pelo menos dez inserções, que devem ser produzidas pelo Grupo Arco-íris de Cidadania LGBT, do Rio de Janeiro, com duração de um minuto e meio voltadas para os direitos humanos.

Comentários (9)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 06-11-2018 às 23:47 Estevao
    30 dias apenas?! Deveria ser para sempre, pois ele vai continuar fazendo o mesmo.
  • em 06-11-2018 às 10:08 Anonymous
    Jair Messias Bolsonaro, fez ataques homofóbicos contra a comunidade gay de todo o Brasil. Esse canalha já mostrou pra que vem, é preciso partir pra cima desse criminosos para não termos nossas vidas , integridade física e liberdade ameaçada. Temos que desestabilizar esse governo criminoso usando todas as foças possíveis. Usar todas as instituições nacionais e internacionais. Estaremos atentos com os rumos da Agencia Brasileira de Investigação. Já mais permitiremos ataques homofóbicos, jamais , usar os bastidores de forma radical !
  • em 06-11-2018 às 10:05 Anonymous
    Jair Messias Bolsonaro, fez ataques homofóbicos contra a comunidade gay de todo o Brasil. Esse canalha já mostrou pra que vem, é preciso partir pra cima desse criminosos para não termos nossas vidas , integridade física e liberdade ameaçada. Temos que desestabilizar esse governo criminoso usando todas as foças possíveis. Usar todas as instituições nacionais e internacionais. Estaremos atentos com os rumos da Agencia Brasileira de Investigação. Já mais permitiremos ataques homofóbicos, já mais, usar os bastidores de forma radical !
  • em 05-11-2018 às 23:10 Lenny
    Que notícia esquisita. Faz meses que essa novela acabou. Até sua substituta está chegando ao fim. Ou foi só agora que saiu a sentença?
  • em 05-11-2018 às 20:25 Jorge Jorge
    Discriminação, Diego SP, até o Safra e a Gisele Bündchen sofrem. Ele por ser obeso, embora trilhardário. Ela, embora bonita, não é tão rica quanto Safra. É apenas bilionária. De modo que, nessa imensa complexidade humana, tudo ocorre. E gays, claro, são também vítimas de preconceito. O sujeitinho esse dessa radiosinha do fim do mundo é, antes de mais nada, homossexual enrustido. Não vi um - um apenas - que desejasse a morte de gays que não fosse, ele, um gay. Mas, muito além das asneiras que possa ter dito e do contexto em que as tenha inserido (o que, eventualmente, pode até suavizar suas afirmações), fato é que vivemos um mundo plural, no qual as pessoas se manifestam inspiradas em seus deuses. Para os ciclo-ativista, a bicicleta é seu deus. Vegan é o deus dos veganistas. Lúcifer é deus para boa parte das pessoas. Os raivosos neo-ateístas veem deus na matéria. Para os cristãos, Cristo é Deus. E nós, Diego SP, somos essencialmente cristãos. Queira você ou não. Assim, é natural que as pessoas se expressem a partir e com base em seu deus, incluindo as estruturas de Estado, para o qual tem, sim, o direito de carregar o seus deus. O PT, durante os anos que ocupou o poder, fê-lo valendo-se de alguns de seus deuses: Fidel, Guevara, Stálin, Antonio Gramsci, Lamarca, Mariguela, Pol Pot, Hugo Chávez, Mao Tse Tun. E todos nós fomos obrigados a viver sob o jugo desses deuses. Penamos sob a aba desses deuses. Sofremos. Vimos ongueiros gayzistas enriquecerem, pendurados em nosso sofrimento como gay. Agora, alguém promete desamarrar essas pragas das nossas cinturas, das nossas consciências. Esse alguém precisa ter lugar à sala, Diego SP. Não o prejulgue. Não tenha contra ele o preconceito de que você se diz vítima. Dê a ele o benefício da dúvida. E o aguarde. Você se surpreenderá imensamente.
  • em 05-11-2018 às 19:59 Tito.
    Quem é Magno Malta, para cuidar da FAMÍLIA? Ele tá mais sujo
  • em 05-11-2018 às 19:35 Diego SP
    Ainda tem gente que diz que isso é balela.... Que o lgbt+ não sofre discriminação. .. Que isso é pura invenção. Tá ai a prova que exige mais ações afirmativas.
  • em 05-11-2018 às 14:47 EX-BOY
    Enquanto isso os gays de braços cruzados vendo o projeto de uma teocracia se concretizando com o famigerado Ministério da Família criado para ser comandado pela bancada evangélica de Magno Malta. Movimento LGBT precisa urgentimente impedir a criação desse ministério, nada de bandeira nas ruas, é preciso ir pra dentro dos bastidores. Quanto mais reforço melhor.
  • em 05-11-2018 às 14:27 halison
    que tem que morrer e vc seu lixo