Meninos(as) e Meninas(os)

Ministra afirma que nenhum direito adquirido pelos LGBTs será violado.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 04 de Janeiro de 2019

No dia em que mais uma declaração que fez em relação a costumes causou polêmica nas redes sociais, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves afirmou, em entrevista à noite na Globo News, que o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) não vai retirar nenhum direito adquirido da população LGBT. Apesar de insistir que vai combater o que chama de ideologia de gênero nas escolas, fixando os papéis dos sexos de nascimento das crianças, ela afirmou que casais homossexuais poderão, por exemplo, continuar adotando filhos.

“Não queremos mudar isso. Nenhum direito adquirido vai ser violado pelo governo Bolsonaro, que isso fique claro. O homossexual pode adotar criança, qualquer pessoa acima de 21 anos no Brasil pode, desde que tenha 16 anos de diferença do adotante para o adotado. Isso é direito adquirido”, disse, perguntanda especificamente sobre a adoção.

Questionada se aceitaria os novos tipos de família, incluindo as de casais do mesmo sexo, a ministra disse que o ministério vai respeitar os vínculos. “Temos avó com um neto, um pai com um filho, esses vínculos precisam ser fortalecidos. O ministério vai estar respeitando os vínculos”, disse. Ainda segundo Damares, as configurações familiares “estão aí”.

Combate à violência LGBT

Ainda de acordo com Damares Alves, o governo Bolsonaro manteve uma diretoria para tratar dos direitos dos LGBTs, que vai focar no combate à violência contra os gays. Tal função está na Secretaria de Proteção Global. “Não foi mexido nada no que eles já vinham fazendo”, disse.

A ministra voltou a dizer, na entrevista, que a fala sobre meninos vestirem azul e meninas rosa foi uma metáfora para defender o ensino da identidade biológica nas escolas. “Podemos chamar meninas de princesa no Brasil e meninos de príncipe e isso não traz nenhuma confusão”, acrescentou.

Ao falar sobre violência contra a mulher, que disse não ser ‘mimimi’, ela afirmou que as crianças devem ser tratadas diferentemente em razão do sexo. Para Damares, se meninos forem tratados da mesma forma que meninas, eles vão “dar porrada na menina porque ela aguenta”. A ministra disse que pretende fazer uma “revolução” no país e tratar menina como menina, para que o Brasil se torne o melhor país para mulheres viverem.

Questionada sobre o Brasil ser o país que mais mata homossexuais no mundo, Damaris defendeu que o respeito “às diferenças” seja ensinado na escola.

Comentários (35)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 08-01-2019 às 00:41 Jorge Jorge
    Deus queira que Damares continue a demonstrar o respeito que tem demonstrado aos gays, mas que destrua, fechando as torneiras públicas de dinheiro para ONGs gayzistas, o gayzismo empresarial, aquele que rapta a nossa homossexualidade, usando-a como moeda de troca.
  • em 07-01-2019 às 21:10 André
    Qualquer pauta LGBT está expurga do governo. Assim como qualquer coisa realcionada a mudança climática. Só queria dizer a quem a defende que pare de olha rpro sue próprio pé e veja o restante... Governo DE CORRUPTOS E MENTIROSOS. Eu sei que também quero ganha 1,2 milhoes vendendo carros.
  • em 07-01-2019 às 21:09 André
    Tudo mentira. Não cofiem nela, mor em Brasília e tenho vários alunos nos ministérios e nas secretarias... Foi tudo desarticulado. O grande vilão é os LGBTs. Ela mente, basta conversar com qualquer um que trabalha lá.
  • em 07-01-2019 às 13:04 HANNIBAL
    PUTA QUE PARIU COMO QUE VIADO É CHATO !!!!!!!!!!!
  • em 07-01-2019 às 09:30 J/J
    O problema de ser idiota e ignorante é exteriorizar isso. Não basta ser imbecil, é preciso dizer para todos que é e estar sempre atualizando este status medíocre. Gente infeliz é assim e não quer se tratar. Sim, infelicidade tem cura!
  • em 06-01-2019 às 22:35 Gay camaleão
    Sou Musexual rsrsrsrsrs, e uso a cor que eu quiser!
  • em 06-01-2019 às 22:00 Black Power
    Meninos e meninas usam o que eles quiserem, só não podem ser chatos, ignorantes e imbecis. Amém!
  • em 06-01-2019 às 17:46 Arlei
    A ministra ta certa,o ser humano também é formado pelo meio que vive(não na sua totalidade)
  • em 06-01-2019 às 14:32 Beto
    Pedreiro nasce pedreiro,juiz nasce juiz,gari nasce gari,gordo nasce gordo magro nasce magra....
  • em 06-01-2019 às 04:33 beto
    negro nasce negro,índio nasce índio,gay nasce gay,agora evangélico não nascem em nada, ainda quer mudar a cor e a fé alheia, isso é falta de Jesus .
  • Mostrar mais comentários...