MTV Brasil pode inovar De Férias com o Ex só com gays

Reality estreia temporada com Rafa Vieira, primeiro participante gay da edição.

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 20 de Maio de 2020

Rafael Vieira, o primeiro participante gay do "De Férias com o Ex"

Já imaginou um elenco inteiro formado por participantes gays para sacudir o "De Férias com o Ex Brasil", da MTV? Essa possibilidade existe, conforme adiantou Tiago Worcman, vice-presidente sênior de música e entretenimento da Viacom na América Latina.

Em uma live realizada ontem (19) para promover a sexta temporada do programa, que estreia nesta quinta-feira, o executivo falou sobre a ideia de uma edição somente com gays. Ele também lembrou que já houve nos EUA uma versão só com "participantes fluidos" no "Are You The One?", outro reality da MTV.

"Existe a possibilidade de uma versão só com gays. Vai ser babado como todos dizem", afirmou Worcman. Rafael Vieira, o primeiro participante gay do reality — que está na temporada atual —, se animou com a notícia. "Eu preciso estar presente", comentou ele. Worcman disse que Rafa poderia voltar como um participante veterano, assim como Matheus (o Novinho), que voltou à atual edição depois de passar pela quarta.

O vice-presidente da Viacom afirmou que Rafa entrou na atual edição pelo perfil, independentemente de sua orientação sexual e lembrou que o programa já teve em outras edições participantes bissexuais. "Ele não se sentiu diferenciado, 'ali está o representante gay'. Essa é a visão da MTV, não diferenciamos ninguém. É todo mundo igual. Representatividade é importante de ser discutida no Brasil. A MTV sempre foi aberta a não ter nenhum tipo" de preconceito ou separar pessoas por gênero", afirmou.

Livre de rótulos

Com a sua participação no "De Férias", Rafa afirmou que espera se mostrar como uma pessoa normal e livre de rótulos. "O impacto que eu espero que seja causado é que as pessoas enxerguem o quão natural e normal é. Sou uma pessoa que deseja e precisa ser vista como ser humano, livre de rótulos. É interessante quando chamam pelo nome [e não quando como gay] porque mostra que estou sendo visto como ser humano", afirmou ele.

Comentários (1)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 21-05-2020 às 13:18 Nilo Angel
    Quero participar, como faz? Rsrs