MPF recomenda que deputada do PSL se retrate após declaração homofóbica

Em suas redes sociais, Christiane Tonietto teria relacionado a pedofilia ao movimento LGBT.

por Redação MundoMais

Terça-feira, 14 de Julho de 2020

A deputada Christiane Tonietto (PSL-RJ) recebeu uma notificação do Ministério Público Federal para que justifique uma declaração, dada em suas redes sociais, considerada homofóbica. Na avaliação do MPF, a parlamentar relacionou a pedofilia ao movimento LGBT+.

"Em sua publicação, Christiane Tonietto induz falsamente a opinião pública a acreditar que todo o grupo de pessoas LGBT seria propenso a cometer os graves crimes que giram em torno da pedofilia, gerando preconceitos e reforçando estigmas", escreveu o MPF por meio de nota, lembrando que que na maioria dos casos de agressão sexual contra menores, o agressor é um homem próximo, geralmente um familiar.

O órgão alertou ainda que "a Constituição Federal prevê a construção de uma sociedade livre, justa, solidária e sem preconceitos" e afirmou que "a expressão 'ideologia de gênero' foi utilizada de forma vaga, imprecisa e descontextualizada", com o objetivo de "criar obstáculos para o reconhecimento de direitos sexuais e equidade de gênero".

A parlamentar foi notificada e, caso não justifique a afirmação, foi recomendada a se retratar.

Comentários (7)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 18-07-2020 às 12:09 Rainha
    Hipocritas e fascistas nao passarao.
  • em 15-07-2020 às 20:12 Felipe
    Mãe de 24 anos é morta a tiros em frente ao noivo após dizer que “Todas as vidas importam” para ativistas Black Lives Matter Jessica Doty Whitaker andava pelo canal de Indianápolis quando um grupo BLM iniciou um confronto. A enfermeira respondeu "All lives matter" e foi a terceira pessoa morta a tiros em Indianápolis na última semana. Whitaker deixa filho de 3 anos. E aí, o que me dizem, senhores?
  • em 15-07-2020 às 14:30 Flávia
    Não salva 1. Fazem polêmica para não trabalhar para o benefício do povo
  • em 15-07-2020 às 10:13 Diego
    É que ela tem que dar ração pros gados... É o tipo de polêmica que eles gostam de se alimentar.
  • em 14-07-2020 às 20:12 Felipe
    MM não reproduz aqui as palavras textuais da deputada, o que é algo a ser lido como um indicativo do que aquilo que disse não encerrou preconceito de qualquer natureza, exceto na cabeça instrumentalizada do membro do MPF. Se, todavia, induziu à conclusão de que pedofilia e homossexualidade andam pari passu, então meteu os pés pelas mãos a deputada.
  • em 14-07-2020 às 19:58 Rainha
    Qto a pedofilia devemos sempre lembrar a vermes deste tipo dos pastores pedofilos e assassinos que mataram duas crianças no ano passado e eram HETEROS...
  • em 14-07-2020 às 19:56 Rainha
    Uma marginal na presidencia da voz a estas latrinas conservadoras q tem vontade dar o rabo e como nao podem sentem inveja dos LGBTs...vermes da pior especie...como quem os colocou lá...