Ex-BBB Ariadna critica ex-jogador Edilson aós relato envolvendo travesti

Em live, ex-atleta usou termos como "traveco" e ridicularizou amigo que se envolveu com travesti.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 09 de Outubro de 2020

Ariadna Arantes ficou indignada com a história que o ex-jogador de futebol Edilson narrou sobre o envolvimento de um dos seus amigos com uma travesti. Enquanto contava o episódio, ele se referiu à travesti como “traveco” e Ariadna criticou a atitude do ex-craque.

“Quando eu olhei, eu sabia quem era, né. Não era a ‘Carla’, era ‘Carlão’. Estou vendo ele (o amigo) mexer com a mulher, era um traveco. Mas eu deixei.. (Pensei) ‘Vou arrebentar com ele’ , consta de um trecho do relato de Edilson dado na live do “Riso da Bola”.

“Quando ele olhou para o gogó do Carlão, porque homem, a gente logo conhece pelo Gogó, né! Ele ( o amigo) começou a desanimar. Pegou o Carlão e bateu espada com espada.”

A live contou com a presença de outras pessoas que também deram risada do acontecimento. Ariadna, então, compartilhou o registro e destacou que nenhum dos presentes “parou para corrigi-lo da atrocidade”.

“Em pleno século XXI, (pessoas) trans passam por esse tipo de vexame para que héteros não percam seu momento de risos e gargalhadas, com chacotas e suas piadas desgraçadas. Ele conta a história e diz que viu um amigo flertando com uma trans, ridicularizando Carla como Carlão”, critica ela, que acrescenta:

“E traveco é um termo pejorativo. Até quando? Até quando essa perseguição e esse sofrimento vai ser motivo de risinhos desses héteros? Então, jogadores e convidados, melhorem! O peso de bullying, chacotas, assassinatos às trans começam assim, com uma piadinha, uma brincadeirinha sem maldade, que leva uma pessoa a ser ridicularizada”.

Ver essa foto no Instagram

@risodabola Fico perplexa a cada vez que vejo esse tipo de conteúdo. Bom o que me espanta mais ainda, pessoas ali não parando ele para corrigi-ló dessa atrocidade. Rindo da história . Em pleno século 21 uma trans ainda passam esse tipo de vexame para que HÉTEROS não percam seu momento de risos e gargalhadas com xacotas e suas piadas desgraçadas. Ele conta a história e diz que viu um amigo flertando com uma trans , ridicularizando Carla como CARLÃO , homem se conhece pelo gogo, e no final ele fala algo que tenho CERTEZA que foi uma mentira: VOCÊ NÃO SABIA QUE EU ERA UM HOMEM? OI? homem não se identifica como mulher. Uma trans feminina se identifica como uma mulher trans, uma mulher, o que ela quiser, menos um homem. E TRAVECO é um termo pejorativo. ATÉ QUANDO? Até quando essa perseguição e esse sofrimento, vai ser motivo de risinhos desses héteros? Então jogadores e convidados. Melhorem. O peso de bullying , chacotas, assassinatos as trans começam assim, uma piadinha, uma brincadeirinha sem maldade, que leva uma pessoa a ser ridicularizada e aí já sabem né? Depressão, suicidio ou mesmo ser assassinadas. Então senhor jogador @edilsonjogador , guarde suas piadas seus preconceitos e sua masculinidade TÓXICA pra você. Me admiro uma pessoa que passou tanto preconceito pela cor da sua pele, fazer isso com outras pessoas. Isso não é engraçado. Eu ainda me espanto mais ainda a quantidade de patrocinadores apoiando esse horror ao vivo @diassolares_ @ecori @brisanet_internetnordeste @eprfilmes @portaldasmalas @tech21official @doctorhairfranchising dentre outros VOCÊS DEVERIAM MELHORAR NA HORA DE PATROCINAR ESSE TIPO DE GENTE VIU? Vocês estão diretamente associados a esse tipo de preconceito. Marquem aqui gente todas as empresas que patrocinaram essa atrocidade pra que eles saibam que estão contribuindo com o sofrimento alheio de pessoas trans, e até mesmo a morte de muitos. Uma vergonha . #transfobiaecrime #homofobiaecrime

Uma publicação compartilhada por Ariadna ♊️ (@ariadnaarantes) em

Comentários (15)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 14-10-2020 às 13:04 marcos40
    O Felipe, como se diz por aí, vai atrás do salário, que vem da extrema direita miliciana, se cumprir o dever, defender a "qualquer custo" o desgoverno atual e, se possível, conquistar o público LGBT....
  • em 11-10-2020 às 16:45 Felipe
    O fato é que não se trata de ser infiltrado. Gente, desculpem, acabou aquele tempo em que só um lado falava e o outro ouvia. Hoje em dia, todos falam e todos ouvem AO EMSMO TEMPO. LIBERDADE DE EXPRESSÃO. Quem não estiver satisfeito, àqueles que não estão satisfeitos, tem, sim, uma saída: mudar-se para a Coreia do Norte. Lá, só uma voz é ouvida, a voz da ditadura.
  • em 11-10-2020 às 00:15 Edivaldo
    Falta conhecimento e evolução moral em pessoas como Edilson. Isso explica sua transfobia. E até parece que homens heteros não curtem travesti. Vivem dando para eles.
  • em 10-10-2020 às 22:55 Felipe
    Cris, por gentileza, transcreva aqui os pontos de meus comentários em que depreciei os gays. Cara, quem deprecia os gays e as trans é quem insiste em usá-los para finalidades ideológicas. Só isso.
  • em 10-10-2020 às 19:55 Johnny
    O que mais me chamou a atenção foi a cor negra dele. Ele esqueceu que seu grupo social é discriminado diariamente no país. Mas ainda enxerga o outro como inferior a ele.
  • em 10-10-2020 às 16:43 Paulo
    Que desgraça esse Felipe come???? Num site gay defendendo heterossexuais???? Melhore Viado.
  • em 10-10-2020 às 13:26 Cris
    Que se posiciona sempre contra o direito e orgulho dos gays, digo.
  • em 10-10-2020 às 13:25 Cris
    pensa que ninguém percebe isso???
  • em 10-10-2020 às 13:24 Cris
    Como sempre, o infiltrado aqui no site, depreciando os gatos e contra os seus direitos. Sera que eEsse cara a
  • em 09-10-2020 às 18:09 Felipe
    Agora, se essa moça imagina que vai calar as pessoas, lamento, é preciso que saiba que, a cada dia, é maior o número dos que desejam se opor a essa cartilha que muitos tentam impor via ditadura do silêncio. Não, não há como. O debate é aberto. A liberdade de expressão existe. Ninguém conseguirá estabelecer nichos de silêncio. Daqui para frente, todos debaterão tudo e de todas as formas possíveis. ponto.
  • Mostrar mais comentários...