Jovem gay fala sobre como é ter doença rara que pode matá-lo se ele for passivo

Devido a uma enfermidade, Chris Moore pode ter uma hemorragia e o reto descolado do intestino, se penetrado.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 05 de Março de 2021

O escritor Chris Moore, autor de Gut Feelings e Fall Out, contou ao Pink News sobre a doença rara que o impede de ser passivo, ato que poderia provocar sua morte. Segundo Chris, ele descobriu sua homossexualidade aos 11 anos, no entanto, pouco tempo depois precisou ser internado em um hospital por conta do diagnóstico da doença.

“Quando foi feita a colonoscopia, veio o diagnóstico de que eu precisaria remover meu cólon, o que eu fiz aos 13 anos“, lembra o escritor. “Foi necessário começar a retirar o revestimento do meu reto quando eu tinha 17 anos. Fiquei me perguntando o que isso significava para mim. Eu não tinha me assumido. Passei muitos anos entre cirurgias tentando entender o que significava ser gay e aceitar isso“.

“Lembro-me de falar com minha mãe e de ser encaminhado até a enfermeira, que me disse que, se eu fosse gay, nunca seria capaz de ser passivo quando se tratasse de sexo anal. Se o fizesse, teria uma hemorragia e possivelmente morreria, porque isso desalojaria os pontos que prendem o intestino delgado ao que sobrou do reto“, conta Chris, que sequer havia ficado com outros meninos. “A escolha foi tirada de mim. Então, eu nunca saberei realmente quais seriam minhas preferências sexuais, mas parte de mim acredita que eu seria versátil”, afirma. “Eu teria gostado de experimentar todos os aspectos do sexo e da sexualidade, mas minha doença apresenta complicações.“

“Aprendi muito jovem que precisava ouvir meu corpo, falar sobre meus sentimentos. Há momentos em que me sinto privado de experiências sexuais, mas lembro a mim mesmo que estou vivo e, por todas as limitações, sou digno“, finaliza o escritor.

Comentários (8)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 08-03-2021 às 12:45 Stelinha
    ahh vira ativa uai, que loca essa
  • em 07-03-2021 às 15:41 Jamel
    Tem tanta coisa ótima pra fazer sem precisar ser passivo.
  • em 07-03-2021 às 15:40 Zelador
    É literalmente de cair o cu da bunda.
  • em 06-03-2021 às 10:55 MacumbABC 🙌🏼
    Ele podia fazer como eu, e casar com um japonês! 🍌
  • em 05-03-2021 às 23:34 Danilo
    Feliz é o crente que pode dar né?! Hahahaha
  • em 05-03-2021 às 18:09 Crente Conservador Bolsonarista
    Puxa vida, coitada da mana, fiquei triste por ela! Mas.............nem tudo está perdido, vc pode ser ativa. Beijos estrelados para todos.
  • em 05-03-2021 às 12:34 Felipe
    Então é simples. É só fazer como eu faço há milhões de anos: mamar bastante, mas não fazer sexo anal. Grande bobagem transformar isso em notícia. Só falta dizer que o cu do menino ou mesmo seu intestino são homofóbicos.
  • em 05-03-2021 às 11:47 Netto
    Lindo a parte "ouvir meu corpo, falar dos meus sentimentos". É isso aí esses várias formas de amar.