Fortaleza colore faixas de pedestres com cores da bandeira LGBTQI+

Iniciativa chama atenção à diversidade e ao preconceito contra a população LGBT. As faixas serão pintas em cruzamentos da Aldeota, Meireles e Benfica.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 30 de Abril de 2021

Três faixas de pedestres foram coloridas com as cores da bandeira LGBT, na última quarta-feira (28). A intervenção busca celebrar a diversidade e desestimular preconceitos. As sinalizações ficam no cruzamento da avenida Beira-Mar com a rua José Napoleão, no Meireles; na rua Paulino Nogueira, esquina com a rua Marechal Deodoro, no Benfica; e na rua Barbosa de Freitas, esquina com a rua Maria Tomásia, na Aldeota.

Em parceria com a Associação Mães pela Diversidade, a iniciativa é desenvolvida pelo gabinete da primeira-dama, Natália Herculano, e Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC). A empresa T-Shirt In Box idealizou a ação e deve mantê-la pelos próximos seis meses.

Conforme a gestão municipal, a estratégia não traz custos à Prefeitura de Fortaleza e segue as normas de sinalização do Conselho Nacional de Trânsito (Cotran).

"Pare, pense e ame. Ver as cores e lembrar o que elas significam e ter empatia pela diversidade, amor. A ideia é leve! Nós temos uma cidade ainda com aspectos preconceituosos, mortes relacionadas à questão do gênero. Essa implantação traz essa ideia: vamos parar no sinal e pensar. Ter empatia pelo próximo", comentou Natália Herculano, primeira-dama de Fortaleza.

Comentários (4)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 02-05-2021 às 23:47 Felipe
    Olha,Ronn, hoje, almoçando na casa de amigos, vi uma mulher se referir aos gays como "aqueles que sabem onde sentam". Por certo, ela senta onde imagina que os gays se sentam. Não imaginava ouvir vulgaridade tamanha de uma pessoa jovem. Mas são nessas horas que vemos quanto ainda o preconceito está arraigado entre as pessoas, em boa medida, meu caro, porque misturam vida gay com militância, exibicionismo e provocações a todo tempo. Quem odeia quem e por quê? Essa é a questão.
  • em 02-05-2021 às 05:17 Ronn
    Felipe imagino a realidade do Ceará comno a de Pernambuco que estão sendo administrados por crápulas disfarçados de heróis. Essa comemoração é por uma vitória para a comunidade LGBTQI+. Sua dor é real, sua revolta é justa mas não fique triste por essa comemoração, infleizmente não posso lhe dizer que dias melhores virão porque nosso horizonte está em trevas!.
  • em 01-05-2021 às 16:04 Felipe
    Fortaleza protagonizou um quadro de horror nessa pandemia. Os Gomes são uns coronéis sem escrúpulos, que mantêm, no belíssimo Ceará, um feudo, em que o povo, o verdadeiro, padece vítima de todo tipo de miséria e desespero. E vocês de MM, docemente, comemoram uma rua - talvez duas - cujas faixas de pedestres se encontram pintadas com as cores do arco-íris. Gente, pelo amor de Deus....
  • em 30-04-2021 às 18:16 Brédi Cúper
    Amo cores, ficou top.