Transexual processa o humorista Carioca e tira vídeo do artista do ar

Cantora Karolina Vieira pede indenização de R$ 40mil após ser exposta em vídeo como objeto de chacota com falas homofóbicas.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 16 de Julho de 2021

A cantora transexual Karolina Vieira ingressou na Justiça do Rio com uma ação de indenização por danos morais contra o humorista Carioca. Ele ainda não foi intimado, mas mesmo assim a justiça já derrubou do Youtube um vídeo feito pelo humorista em que ele aparecia fazendo "chacotas com falas homofóbicas" em relação a Karolina.

Karolina alega que teve sua honra ferida devido a diversos ataques feitos pelo Carioca, que teria utilizado sua imagem "para propagar ódio, fazendo chacotas com sua vida artística e sua sexualidade" durante um vídeo postado na plataforma. Cantora, ela contou que faz shows e eventos que não lhe rendem muito, porém é o que lhe mantém a sobrevivência. Transexual, ela narra que se utiliza de falas em apoio á periferia do Brasil, e que tem seu público próprio, o que lhe dá dignidade para viver da sua arte.

O vídeo postado no canal do humorista se chama "Bolsonaro reagindo a um beijo pras travestis - Mc Xuxu". Logo no início do vídeo, Carioca fala que vai mostrar para o povo o que há de "esgoto" na internet. Ao mostrar o vídeo, o humorista fala que quem assiste irá ainda assistir um "monte de bosta".

Exploração da sexualidade como tema de chacota

Segundo o processo, o humorista utilizou um vídeo em que a cantora aparece para "massacrar o fato dela ser uma transexual, explorando a sexualidade da autora como tema para chacota e divertimento". Karolina ainda alega que sua imagem foi utilizada para aferição de lucros na plataforma sem qualquer autorização com falas preconceituosas e que ultrapassaram o limite da atuação artística.

Ainda de acordo com o processo, Carioca colocou o clipe "Um Beijo pras Travestis", que "é o gancho que levou a artista a diversos programas de TV, tais como Esquenta, Eliana, A Liga, entre outros para falar da artista com desprezo e preconceito". Karolina ainda narra por meio dos seus advogados que o humorista não tem o direito de fazer chacota com uma história de vida tão sofrida, quando o mesmo se utiliza de sinais sexuais e abusa de tudo que pode ser respeitoso em sua vida, a sua arte e reforçou que é inadimissível que um humorista utilize a arte para sujar a imagem de outra pessoa, muito menos utilizar termos que afrontam a dignidade humana.

"O fato da autora ser transexual não pode ser motivo de tanta violência, até porque atos assim trazem à sociedade menos conscientização e mais homofobia e crimes contra pessoas que fazem parte da classe LGBTQ de todo nosso país ", diz um trecho do processo contra o humorista.

A cantora faz também um apelo à Justiça dizendo que tem esperança no judiciário para obter uma solução para este tipo de agressão. Ela pediu a retirada imediata do vídeo do ar sob pena de R$ 5 mil de multa diária e pede pelos constrangimentos e danos morais causados a quantia de R$ 40 mil. Carioca ainda está sendo intimado nesse processo, mas o pedido de tutela de urgência já foi aceito pela Justiça e o vídeo já foi retirado do ar.

Comentários (3)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 22-07-2021 às 12:10 Paola
    Esse bolsominio é triste. Sem graça
  • em 16-07-2021 às 23:11 Fatima Bernardes
    Xiiiiiiiiiiii...............Mais uma treta...kkkkkkkkk.
  • em 16-07-2021 às 18:56 Felipe
    Confesso que vi o clipe dela e achei sensual. Adoro ver rapazes femininos, em performance sexy. Uma coisa meio Confessions Tour, de Madonna. Mas em que ponto Carioca a teria ofendido?... Oh, Carolina menina, transforma a coisa em humor, repotencializa, faz graça. Não, bi. Militância raivosa, fórum, juiz, materiazinha plantada em canal gay. Essas merdas, linda, degeneram. Construa. É melhor.