Islamistas bengalis são condenados à morte por homicídio de ativistas gays

Cinco deles já haviam sido condenados à morte em fevereiro pelo assassinato de um blogueiro e de um editor em 2015.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 03 de Setembro de 2021

Um tribunal especial antiterrorismo em Bangladesh condenou seis extremistas islâmicos à pena capital, na última terça-feira (31), pelo assassinato de dois defensores dos direitos homossexuais - informaram promotores responsáveis pelo caso.

É a primeira vez que um tribunal de Bangladesh julga atos de violência cometidos contra militantes dos direitos gays, neste país de maioria muçulmana onde a homossexualidade é ilegal.

A segurança foi reforçada em todo tribunal antes do anúncio do veredicto.

Xulhaz Mannan, chefe de redação da Roopbaan, uma revista voltada para a comunidade gay de Bangladesh, e o militante Mahbub Tonoy foram mortos em Daca, em abril de 2016. Os assassinos tinham facões e armas de fogo.

O tribunal especial antiterrorismo ordenou a pena de morte de seis membros do Ansar Al Islam, disse o promotor Golam Sarwar Khan.

"Estamos felizes com o veredicto", disse ele à imprensa.

Quatro dos seis condenados à morte foram julgados à revelia, enquanto outros dois réus foram absolvidos.

Nazrul Islam, um dos advogados de defesa, advertiu que recorrerá da sentença.

"Meus clientes são totalmente inocentes. Não têm relação com estes assassinatos", afirmou.

O braço da Al-Qaeda no subcontinente indiano assumiu a responsabilidade pelo assassinato dos dois militantes por "promoverem a homossexualidade".

Após a denúncia de assassinato apresentada pelo irmão de Xulhaz Mannan, porém, a polícia acusou oito membros do grupo de Bangladesh Ansar Al Islam. Conseguiu prender apenas quatro.

Cinco deles já haviam sido condenados à morte em fevereiro pelo assassinato de um blogueiro e de um editor em 2015.

Comentários (5)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 04-09-2021 às 22:45 Felipe
    Sinceridade, qual é exatamente a desconexão entre ser conservador e ser gay? Lindona, procure se informar melhor. Verás que os verdadeiros defensores dos gays são os conservadores. Os esquerdistas querem apenas usar os gays como mercadoria, bi.
  • em 04-09-2021 às 09:45 Susy Piter Pen
    Num falo nada.....Só Bservo tanta lokura nesse terra de meu Deus!
  • em 04-09-2021 às 03:21 Senhor Sinceridade
    Fazendo militância conservadora num site porno. Tá bom
  • em 03-09-2021 às 22:52 Felipe
    Por isso, bi psolista, essa coisa de rir da censura que o STF pratica contra os conservadores pode, como todo feitiço, se voltar contra o teu próprio cu. Quando o STF, que é ciceroneado pela Ditadura Comunista Chinesa, calar todas as vozes, a sua, minha linda, também será calada. Cuidado.
  • em 03-09-2021 às 22:50 Felipe
    Chega a ser patético ver um portal gay brasileiro mensurando a homossexualidade no mundo islâmico, sem perceber, o analfabeto e burro, que o paradigma, que teima em desconsiderar, atende pelo nome de liberdade judaico-cristã do mundo ocidental. Sim, oh ingênuo e desinformado, você só dá sua bunda numa boa aqui no Brasil porque o Cristianismo, que tanto você abomina, construiu essa liberdade. Viva Cristo! Viva a Cristandade!