Professora do Reino Unido torna escolas mais inclusivas a alunos LGBT

Estudos apontam que escolas que promovem mensagens de inclusão para alunos LGBTQIAP+ fazem com que eles tenham maior saúde mental e bem-estar.

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2021

Uma professora de escola primária em Londres e alguns alunos formaram um grupo de Orgulho e foram reconhecidos em prêmios nacionais após propiciarem um caminho de inclusão LGBTQIAP+ em todo Reino Unido. Os prêmios seguem uma pesquisa independente da Just Like Us, instituição de caridade para jovens LGBT que descobriu que alunos da comunidade tem duas vezes mais chances de sofrer bullying e ter pensamentos suicidas.

O estudo ainda aponta que as escolas que promovem mensagens de inclusão para o público LGBTQIAP+ formam alunos com maior saúde mental e bem-estar. Nicola Collins, que atualmente leciona para o primeiro ano na Escola Primária St Stephen's CE, oeste de Londres, marca uma semana anual de diversidade LGBT+.

Em declaração ao Metro UK, ela disse que “Como parte desta semana, ensinamos as crianças sobre como diferentes famílias são constituídas, incluindo aquelas com pais do mesmo sexo, e que todos têm uma identidade, incluindo pessoas que se identificam como gays, lésbicas , transgênero, não binário e assim por diante”. Nicola recebeu o prêmio de Professora Inclusiva do Ano pelo trabalho de conscientização da comunidade LGBT+.

“Como professora gay com crianças, falo sobre minha família como um workshop para cada grupo de cada ano e compartilho minhas próprias experiências de crescer gay e os desafios que isso trouxe”, acrescenta ela.

Comentários (1)
  • em 25-12-2021 às 01:25 Crente Conservador Bolsonarista
    As escolas são culpadas de ter tantos gays no mundo. Usam da arte pra desvirtuar nossas crianças.