ASSINE JÁ ENTRAR
Assine o MundoMais - promoção

Eduardo Leite revela ter oficializado união estável com Thalis Bolzan

"Oportunamente, a gente faz uma festa, mas vai ser coisa bem simples", comentou o governador do Rio Grande do Sul, após afirmar que já se casou ano passado.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2024

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (38), do PSDB, celebrou uma etapa importante em sua vida pessoal ao oficializar a união estável com o médico pediatra Thalis Bolzan. A confirmação veio nesta quarta-feira, 10, em vídeo publicado em seu Instagram, após passar um breve recesso em Trancoso com Thalis e amigos próximos.

No vídeo, Eduardo Leite também brincou sobre as dificuldades financeiras para organizar uma festa de casamento: “Casamento é negócio muito caro e eu não estou podendo pagar festa de casamento agora. Eu sei que já tinha gente querendo comprar roupa. Eu e o Thalis já casamos no ano passado, a gente assinou a declaração de união estável. Oportunamente, a gente faz uma festa, mas vai ser coisa bem simples”.

Segundo o jornal Correio do Povo, o casal planeja realizar uma festa de casamento no Piratini, em setembro.

Leite destacou-se em 2021 ao se tornar o primeiro governador brasileiro a falar abertamente sobre sua homossexualidade, durante uma entrevista no programa “Conversa com Bial”. Este momento marca uma rara ocasião em que ele compartilha aspectos da sua vida pessoal com o público.

Em outubro de 2023, o governador usou suas redes sociais para se posicionar contra o PL 580/07, projeto de lei que tentar proibir o casamento homoafetivo no Brasil. A manifestação de Leite após a Comissão de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família da Câmara aprovar o projeto de lei, tido como inconstitucional pela OAB, no último dia 10. O PL ainda passará para as comissões dos Direitos Humanos e Constituição e Justiça da Câmara.

13-01-2024 às 17:07 Lipe
Óbvio que ia aparecer alguém da esquerda para duvidar da contribuição do Governador à causa LGBTQUIAP+. Sua contribuição é imensa. Ele é gay assumido e governador de um dos cinco maiores estados do Brasil. Foi reeleito com sua sexualidade sabida por todos e será candidato à presidência, seja em 26, seja em 32, desse modo e com chances de ganhar. Mas claro, gays de direita expõe a hipocrisia da esquerda, que quer dos gays (e mulheres, e negros, e indígenas) fantoches para a realização de sua ambição.
12-01-2024 às 10:47 Para André
Não diria "contribuição", mas uma política "getulista" ("de agradar"), ficando "neutro" na polaridade política que o Brasil vive desde 2018 e aderindo ao tema "casamento homoafetivo", ele se mostra "antenado" ao futuro: pelo segundo censo consecutivo, mais da metade das residências brasileiras mora uma pessoa, quer indicativo maior que casamento "hetero" deixando de ser buscado e aquela curiosidade: em sendo aprovado o conceito de família extensivo ao casal homoafetivo e de cônjuge como em conjugais havidos em relações entre pessoas do mesmo sexo, quantas residências passariam a ser habitadas por duas pessoas dentre as que desde 2010, moram apenas uma pessoa?????
12-01-2024 às 08:22 André
Eu tenho MUITAS dúvidas sobre a contribuição desse cara na causa LGBTQIA+
12-01-2024 às 00:57 João
Eduardo Leite você é lindo e gostoso
11-01-2024 às 22:43 Zequinha
DEMOCRACIA É LIBERDADE COM RESPONSABILIDADE, LOGO PESSOAS QUE TEM RELACIONAMENTO HOMOAFETIVO. DEVEM SIM SER AMPARADOS, RECONHECIDOS PELO ESTADO BRASILEIRO, CONSIDERANDO QUE A NOSSA CONSTITUIÇÃO DIZ EXPLICITAMENTE QUE TODOS NÓS BRASILEIROS SOMOS IGUAIS PERANTE A LEI
11-01-2024 às 20:25 ^^
A foto está mais para foto protocolar, habitual para pessoas públicas. Será que o médico, agora, vai morar em Porto Alegre/RS????
11-01-2024 às 19:55 $
Ta.