Assine o MundoMais

Imposto de Renda para casais gays

Deputado federal Jean Wyllys reage à ofensiva evangélica e defende inclusão de benefício.

por Redação MundoMais

Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011

Primeiro gay eleito deputado federal, defendendo a bandeira dos homossexuais, Jean Wyllys (Psol-RJ) anuncia uma contra-ofensiva à iniciativa de parlamentares evangélicos de tentar derrubar a principal novidade da declaração do Imposto de Renda deste ano: a inclusão de parceiros homossexuais como dependentes para fins de dedução fiscal. O deputado disse que vai discutir esta semana com outras lideranças da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgênero), ainda em reestruturação, uma maneira de barrar o movimento articulado pelo deputado Ronaldo Fonseca (PR-DF), que considera o benefício ilegal.

Jean Wyllys afirmou que pretende utilizar o mesmo argumento “legalista” do colega, que é pastor da Assembléia de Deus, para cobrar que as igrejas, que têm imunidade fiscal, passem a prestar contas à sociedade. “Posso recorrer também à legalidade para exigir do ministro da Fazenda que ele explique por que as igrejas não prestam contas à sociedade. Se os partidos políticos prestam, por que igrejas não?”, questionou.

Jean Wyllys diz que vai tratar do assunto na terça-feira em reunião com a deputada Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) e na quarta, com a senadora Marta Suplicy (PT-SP), responsáveis pela reativação da frente parlamentar que defende os direitos dos homossexuais. O deputado também rebate o argumento utilizado por Ronaldo Fonseca, sustentado no parecer da Câmara, de que o governo está abrindo precedente a outras categorias ao atender às reivindicações dos homossexuais.

A consultoria da Câmara entende que o governo federal foi descuidado ao tentar encaixar os gays nas hipóteses de dedução de imposto. Em nota enviada ao site, a Procuradoria da Fazenda diz ter “plena convicção da constitucionalidade e legalidade de seu parecer”, que embasou a decisão do ministro Guido Mantega.

Comentários (39)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 07-03-2011 às 07:31 janette
    jeana aprova a lei de sexo em parks vai!!!!! em todo park poderia ser permitido sexo, por favor!
  • em 07-03-2011 às 07:27 JEAN
    uiuiuiuiuiuiuiuiuiuiuiuiui quem te viu quem te ve em bicha baiana, saiu do BBB direto pra LE BOYola lembram? uiuiuiuiuiuiii
  • em 07-03-2011 às 00:09 Estêvão
    Esse deputado vai fazer HISTÓRIA na Câmara e no Congresso, pois deverá representar, DE VERDADE, pessoas que até hoje são excluídas da sociedade e vistas como doentes e desviados, por muitos. Ele , até pela sua história pessoal de vida, é a pessoa perfeita para rebater os argumentos homofóbicos de muitos dos seus colegas HIPÓCRITAS. Parabéns, deputado!
  • em 04-03-2011 às 23:06 fernando
    Parabens Deputado, estamos felizes com a sua atuação no Congresso Nacional, atitudes como a sua vai tornar a casa que se diz do na verdadeira casa do povo quando os senhores deputados deixarem de lado suas ideologias e religiões para cuidar dos interesses do cidadão que verdadeiramente sustentam esse país. grande abraço..
  • em 04-03-2011 às 11:24 Mauro (colatina-es)
    gosto muito do trabalho e iniciativa do deput fed Jean wyllis !!parbéns !!temos que revindicar a constituição federal!!!
  • em 04-03-2011 às 11:23 pedro
    parabéns ao Jeans wyllys pela sua coragem e atitude !!!aqui em colatina -es estamos com você e seu belo trabalho pela sua iniciativa e bom trabalho pela comunidade lgbt!!!
  • em 03-03-2011 às 14:49 humbertolisboa2010@hotmail.com
    Parabéns à ideia de Jean Wyllys!! Chega deste Historia de colocar o nome de jesus para arrancar dinheiro deste povo sofrido !!!!! As bichas Unidas já mais serão vencidas!!!!rsrsr Aproveiro a dizer a todos que eu quero casar e aceito propostas !!!rsrs
  • em 03-03-2011 às 14:40 kenned souza
    Parabens estamos com vc!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
  • em 02-03-2011 às 23:28 Elias Mascena
    ISSO AI COMPANHEIRO JEAN. A LUTA É ARDUA, MAS NÃO IMPOSSÍVEL TEMOS QUE QUEBRAR ESSES PARADÍGMAS CONSERVADORES "CULTURAIS" IMPREGNADOS NAS RELIGIÕES, MAIS FERRENHOS ENTRE OS EVANGÉLICOS. VAMOS A LUTA PARA FAZER VALER A CIDADANIA...
  • em 02-03-2011 às 23:27 J A NASCIMENTO
    Muito bem JEAN, D as caras mesmo pq a Receita não pode liberar ninguem, assim como não libera os assalariados.
  • Mostrar mais comentários...