Assine o MundoMais

Discurso homofóbico

Durante entrevista, chefe de imprensa do Irã volta a afirmar que não existem gays no país.

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 16 de Março de 2011

O chefe de imprensa do Irã, Ali Akbar Javanfekr, 51, está seguindo a mesma linha de discurso homofóbico do presidente do país, Mahmoud Ahmadinejad.

Durante uma entrevista dada ao jornal Folha de S. Paulo, Javanfekr disse que a presidente Dilma Roussef está mal-informada sobre o caso Sakineh (mulher condenada à morte no Irã por adultério). Segundo ele, há "2.500 Sakinehs nas prisões brasileiras". Se a presidente Dilma está preocupada, também podia criticar os EUA (na questão dos direitos humanos), afirma.

O chefe de imprensa também duvida do Holocausto e relaciona Aids à homossexualidade, além de criticar a distribuição de preservativos no último Carnaval feito pelo governo brasileiro.

Depois que Javanfekr afirmou que no Irã não há gays, a reportagem questionou se haveria punições, caso houvesse. Nossa visão sobre esse tema é diferente da de vocês. É um ato feio, que nenhuma das religiões divinas aceita. Temos a responsabilidade humana, até divina, de não aceitar esse tipo de comportamento. Existe uma ameaça sobre a saúde da humanidade. A Aids, por exemplo. Uma das raízes está nesse tipo de relacionamento .

De acordo com o Relatório Kinsey (Instituto Kinsey para Pesquisa sobre Sexo, Gênero e Reprodução, fundado na Índia) todos os povos incluem cerca de 10% de gays. Se a Revolução Islâmica sustenta que no Irã não há homossexuais, o que aconteceu com os 10% que lá havia antes que tomasse o poder? Foram expulsos? Executados? Obrigados, sabe-se lá como, a voltar para o armário?

Comentários (33)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 16-04-2011 às 15:40 shouza
    Fico triste ao ler estas informações, a comunicação existem para melhorar nossa vida, ofecer boas sugestões, no entamdo existem pessoas que não pensam desta forma. infelismente!!!
  • em 20-03-2011 às 23:39 Paulinho BSB para Ricardo
    Que idade gostosa a sua, heim, Ricardo? Obrigado! Fico contente quando aparece alguém como você: inteligente e de boa vontade, que sabe ver qualidades nos outros. E fala o que sente de bom! Isto está cada vez mais raro. Confesso que algumas vezes tive receio de postar aqui. Mas compensa enfrentar a inseguança pra receber palavras como as suas, do ( Salto do Descanso ), ( do Que isso!!!! ), do ( Carlos e os paradoxos de uma vida... )e do ( Lucas ) que também me deu força e ainda a oportunidade de esclarecer um mal entendido.
  • em 19-03-2011 às 23:14 Ricardo
    Gostei da sinceridade Paulinho de Bsb, pois tenho lido seus comentários e gosto deles, uma pessoa bem prática e decidida. Por isso perguntei a sua idade. Sou do DF, tenho 39 anos.
  • em 19-03-2011 às 12:45 Thiago/RJ
    Então lá deve ser igual na Arábia Saudita, onde homossexuais são condenados à morte, porém seus governantes vivem pegando homens por aí... Vocês se lembram do caso do PRINCIPE saudita "Saud Abdulaziz bin Nasser al Saud" ? Ele foi preso na Inglaterra acusado de matar seu namorado. Logo um principe da Arabia Saúdita, que é um país cuja monarquia absolutista persegue homossexuais!
  • em 18-03-2011 às 23:51 Ricardo
    Paulinho Bsb quantos anos tem?
  • em 18-03-2011 às 23:30 URSO DE PVH
    UMA PEKENA CONTINHA PRA FAZERMOS: muitos homens+ poucas mulheres + proibido pornografia + muitos homens + etnicamente um povo c/libido muito ativa + condenação do ato de masturbação + o calor da região (esse fator conta, sim!) + muitos homens,mas, muitos mesmo!! + (opcional) muitas comidas,cheiros e produtos afrodisíacos = ???? ( AHHH...VÃO ME DIZER QUE NÃO TEM GAY LÁ ???) tá bão,então!.....Então eles que vacilem na hora de pegar um sabonete nas tais saunas masculinas ou em lugares de banho coletivos públicos ( sim, isso existe lá )........Pode até ser que não se leve uma ROLADA muito da sua violenta, mas, "umas" boas olhadas e "homenagens- intrabanheiro" vão haver!........( se é que já tô é atrasado e a coisa já tenha é um alfabeto de códigos pra algo mais)-------------- ALÁ, MEU BOM ALÁ...TIRA-LHES A CEGUEIRA!
  • em 18-03-2011 às 13:29 Paulinho BSB
    Ah! Outra coisa: esse cara aí disse que as religiões de Deus são as que não aceitam a homoafetividade, mas os seus líderes religiosos não consideram o induísmo como tal e desconsideram os judeus e cristãos em muitos aspéctos. Desculpem, escrevi demais! rsrsrsrs
  • em 18-03-2011 às 13:21 Paulinho BSB
    Não precisa nem dizer o que esse tipo defigura é, né gente? Não haveria espaço nem tempo suficiente pra colocar os termos negativos e justos. Sabe o que eles fazem com os gays, além de matar? Li numa reportagem européia, que a transsexualidade é aceita no Irã, desde o transsexual realise a cirurgia de mudança de sexo. Então os gays que desejam viver seus relacionamentos amorosos sem perseguição ou já foram descobertos, fingem transexualidade e passam por essa operação, que nos dois casos é forçada e depois se casam. Uma violência sem tamanho isto. E se ficar evidente que houve relação sexual antes da transformação ou fora do casamento, só por milagre haverá perdão. Na minha opinião, provavelmente demore, mas esta religião ficará sosinha neste posicionamento quanto à homossexualidade, pois o número de líderes religiosos cristãos ( católicos e protestantes ) a favor da aceitação da homossexualidade como natural é cada vez maior. Entre o povo mesmo, os que incluem e aceitam os homoafetivos é maioria, apesar das opiniões contraditórias e do aumento das reações homofóbicas. Às vezes há algum comentário agressivo sobre a homoafetividade entre as pessoas do meu convívio ( dois cunhados ) e logo muitos reagem contra quem o fêz. Há quem seja contra a adoção de crianças por homossexuais, mas vejo indignação contra a homofobia e convivência boa e alegre com amigos gays entre os meus parentes, inclusive nas festas familiares e também por parte de quem é contra este direito, até evitando tocar neste assunto, por respeito. E na minha família, o interessante é que as pessoas que estão do nosso lado sem restrições são, justamente, os mais religiosos. Bjs!
  • em 18-03-2011 às 11:59 Ulisses Fonseca
    Concertesa , nenhuma religião ( controle ) aprova ser gay , por que sera né?rss............ E quanto a não ter gay lá, bacana né rss..........esses caras são loucos , mentalidade medieval.
  • em 18-03-2011 às 11:38 HUGO
    Voces sabiam que antes deste regime de lá assumir o poder, as mulheres usavam saias normais acima do joelho, isso é para ver como este País Irã só retrocedeu, esse presidente deles tem a maior cara de bibona que morde a fronha, ridículo.
  • Mostrar mais comentários...