Assine o MundoMais

Pregando o ódio

Cabrini fica frente a frente com um grupo que prega o ódio aos homossexuais, no Conexão Repórter desta quarta-feira.

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 13 de Abril de 2011

No Conexão Repórter desta quarta-feira, 13 de abril, no SBT, Roberto Cabrini e sua equipe mostram uma denúncia alarmante: o aumento da violência contra homossexuais.

O apresentador fica frente a frente com um grupo que prega o ódio aos homossexuais. São agressões e mortes em série. Só no ano passado, foram mais de 250 assassinatos.

A equipe saiu às ruas para descobrir onde nasce o preconceito, a intolerância, o desrespeito aos que são diferentes dos padrões da sociedade convencional.

O apresentador Leão Lobo fica indignado com as declarações homofóbicas do grupo e reage aos insultos. O programa também entrevistou famílias que enfrentam o preconceito e fazem um relato emocionante de amor e compreensão.

No ano passado, o Conexão Repórter foi vencedor do Prêmio Esso de Jornalismo com a série de matérias sobre a pedofilia na Igreja Católica.

Clique AQUI para conferir um preview do programa.

Comentários (81)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 23-04-2011 às 18:19 BOM ENTAO PELO VISTO VAMOS CONTINUAR APANHAND
    ASSISTINDO FATOS COMO APANHAR EM PELA PARADA GAY COMO SE FOSSE A COISA MAS NORMAL DO MUNDO... AMEM
  • em 23-04-2011 às 01:14 P/RICARDO PESSOA LINDENBERG, Físico2
    Do Paulinho BSB : Meu caro, sinto que compreendeu com profundidade os meus comentários. Percebo que você tem um estilo todo seu de se expressar, às vezes com um humor sutil e peculiar. Leio o que escreve e respeito e aprecio a sua opinião. Tenho curtido tudo isto que vejo dos outros comentaristas, também. Quanta maneira de pensar diversa! E quase todas interessantes ao seu modo. Tenho melhorado a minha capacidade de aceitar pensamentos diferentes, sem sofrer, atravéz destes comentários, no mundomais. Há momentos que vocês me levantam, quando estou meio down. Minha passagem por aqui tem sido fascinante. Não sei no que vai dar esta experiência, mas creio que sairei uma pessoa melhor. Se pudesse, pois sou muito desconfiado, sairia acompanhado, né? rerere. Sabe como é o mineiro! Mas num site de filme pornô? rsrsrs... Ó, não é cantada, tá? Only making fun! Kisses!
  • em 22-04-2011 às 12:16 RICARDO PESSOA LINDENBERG, Físico
    Aos comentaristas Paulinho BSB e Tiego Poros, desde de San Diego, Califórnia,EUA., uma saudação cordial em cumprimentos pelos posts de conteúdo de bom senso, ilibados e acrescentadores de boas referências e efetivos valores e argumentos que correspondem à construção da integridade do ser e isentos do impulso desejoso de mero glamour por participação num cyber site GLBT. Seus comentários não se traduzem em criticas a outros comentários e expressões de pensamentos. Muito antes disso, são contribuições consistentes e bem estruturadas na qual podemos confiar. Abraços.
  • em 19-04-2011 às 03:36 P/ André, do Paulinho BSB
    Meu caro, você tem certeza que lê meus comentários? Logo abaixo, em consideração a você, respondi sua pergunta, amigavelmente e sem má intenção. Mas se você é tão delicado, que vê como crítica maldosa, não me dirigirei mais à sua pessoa, pois não desejo ofendê-lo, nem a ninguém.
  • em 19-04-2011 às 03:27 P/ André, resp. amigável do Pau
    :
  • em 19-04-2011 às 02:52 P/ André, resposta amigável do
    Você é mais inteligente do que isto, rapaz. Na boa, só porque mensionei seu nome, não significa que tive intenção de te atacar. Portanto, não precisa faser uso de fúria contra mim. Essas pessoas que você citou não eram religiosas de nenhum tipo. " Gente " assim é psicopata. Cada um segue a linha de pensamento que deseja, interpreta como conveniente ou confunde tudo, por ser rancoroso ou em casos graves como os mencionados no que escreveu, sociopatas. O fundamento, a essência das religiões não ensina atrocidades. Isto é problema de quem pratica e prestará contas dos seus atos. Leia o livro Mentes Perigosas ( infelizmente não me lembro o nome da psiquiatra autora ) e e aprenderá mais sobre essas personalidades que tanto te revoltam, usa pra me agredir e que chocam e entristecem a todos nósJá vi outros comentários seus e te entendo mais que imagina. Se leu o que escrevi, não entendeu nada, colega. Quero conciliar e diminuir as distâncias e discórdias. É também fundamentalista, aquele que fundamenta seus atos de acordo com idéias radicais,às vezes dele proprio, tidas por ele como definitivas e inquestionáveis. Convicções podem ser fundamentadas em pensamentos e fatos positivos também. Defender conceitos negativos ( preconceitos ) oriundos do senso comum é muito fácil e nem sempre a melhor atitude. Pode estimular confusão, antipatias e nervosismos desnecessários. Isto destrói! É muita energia jogada fora. Agente adoece. Não conversarei nesses termos que você propõe. Prefiro trocar idéias construtivas. Esta sua pergunta mostra que não valoriza o que escrevo e se não valorizou, foi porque desdenhou. Não quis compreender. Se prefere agir assim é direito seu, sinto muito. Gosto de ser amigo e prefiro levantar sua autoestima e a minha, à agressão. Pega leve com a vida, meu caro! Ela já coloca dificuldades mais que suficientes no nosso caminho. Boa sorte e saúde!
  • em 18-04-2011 às 23:15 André para Paulinho BSB
    Você disse que fundamentalismo depende do ponto de vista, será que pra você um 11 DE SETEMBRO E UM 07 DE JULHO(CHACINA DE REALENGO) ainda não foram o bastante???????????
  • em 18-04-2011 às 23:10 André para Paulinho BSB
    Jamais vou condenar alguém por ser afeminado por conta de doutrinas fundamentalistas que preconizam o ódio e exclusão. NUNCA. Jamais vou compactuar com um absurdo desses.
  • em 18-04-2011 às 15:31 Paulinho BSB
    Estou triste pelo assassinato de mais uma travesti, desta vez, em Campina Grande, na Paraíba. Minha esperança diminui a cada fato monstruoso como este. Mas luto pra recuperá-la. Temos que preservar a nossa saúde e alegria. É preciso que nos mantenhamos fortes. Bjs!
  • em 18-04-2011 às 15:25 Paulinho BSB
    Fico grato a vocês, Ricardo Pessoa Lindenberg e Tiego Poros. Espero que todos tenham entendimento e boa vontade para com as minhas palavras. Captaram o espírito do meu comentário. Igreja somos todos nós, tenhamos ou não religião, seja qual for, mesmo quem pensa não ter ou não crer. Há diversidade entre os que assumiram uma religião, ainda bem! Há também, para o bem geral, entre os segmentos que apenas têm fé e até no dos ateus. Inteligência e compreensão é pra todos, basta querer. Abraços!
  • Mostrar mais comentários...