Assine o MundoMais

Orgulho gay

Banco federal americano põe bandeira gay na frente de sua sede, onde permanecerá durante o mês de junho.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 03 de Junho de 2011

ESTADOS UNIDOS - No mastro da bandeira dos Estados Unidos, que fica em frente ao Banco Federal Reserve, agora balança a bandeira com as cores do arco-íris, símbolo do movimento gay. Os moradores da cidade de Richmond, no Estado de Virgínia, não comentam outra coisa.

Foi em 28 de junho de 1969 que surgiu o movimento gay nos Estados Unidos, com o confronto entre homossexuais e a polícia, no bar Stonewall.

A direção do Banco Federal Reserve informou que a bandeira gay vai permanecer no local durante todo mês de junho, mês do orgulho gay.

Apoiamos firmemente uma cultura diversificada e inclusiva no Fed de Richmond, e de ter aprendido que é importante valorizar e aceitar as diferenças, visíveis e invisíveis, disse Sally Green, chefe de operações do banco.

Estamos fazendo balançar a bandeira "Pride" como um exemplo de nosso compromisso com os valores de aceitação e inclusão ,ressaltou.

Comentários (19)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 06-06-2011 às 04:44 Fabrício SP
    Eu gusti
  • em 05-06-2011 às 21:52 Caio - RJ
    Concordo com Tiego Poros... bancos sempre estão interessados em DINHEIRO, eles jamais fariam algo por uma minoria, a não ser.... que essa minoria esteja cheia da grana!!!! E como todos nos sabemos, se até no Brasil, os gays (qndo tem juízo) tem um dindim sobrando... imagina lá "nos estrangeiros"... com isso chama atenção de uma "minoria" cheia de amor$$$ e alegria$$$. Mas ainda assim, um ato que merece ser visto tbm com bons olhos, afinal melhor que ficarem fazendo torcida contrá o Mov. LGBT. (Amigos, nesse mundo, tudo tem uma segunda intesão, por isso temos que ter os olhos abertos e os pés no chão)
  • em 05-06-2011 às 08:22 Tiego Poros
    Jogada de marketing, claro. Inteligente, por sinal. E, ao mesmo tempo, uma forma sutil de reconhecer que no banco existem muitos gays, como em toda a parte. De qualquer forma, um avanço. Ao invés de discriminar e ofender-nos, a instituição passa uma imagem de inclusão e aceitação à população. Jogada de mestre.
  • em 04-06-2011 às 19:22 drawot@ig.com.br
    devemos esperar por uma linha de crédito específica também???
  • em 04-06-2011 às 19:01 Diego SP
    É isso ae.. Coisas que não acontecem no Brasil, pois contamos com um bando de "evangêlicos e "católicos" na política que no fundo só querem tirar money $$$$$$ do povão.,,rs É só isso mesmo.... Muito deles só querem fudê a nação.
  • em 04-06-2011 às 18:32 Franny
    Tudo bem q é uma jogada de marketing mas é melhor do que estão fazendo aqui no nosso (ridículo) país!!!
  • em 04-06-2011 às 14:04 logum
    rindiculo isso coisa baixa
  • em 04-06-2011 às 12:38 Raio_2011
    Parabéns pela iniciativa ..............
  • em 04-06-2011 às 11:49 Dann
    Interessante a iniciativa dessa instituição. Mas os EUA é um país de contrastes no tocante a causa gay. Existem locais onde os gays são tão "bem tratados" como no Irã. No Brasil a iniciativa privada ainda não toca abertamente no assunto, como a homossexualidade, na maioria das vezes, é invisível, é tratada como inexistente,diferente dos negros ou dos que possuem necessidades especiais que não tem como esconder o que são. Pequenos gestos fazem a diferença.
  • em 04-06-2011 às 06:56 PAÍSES EVOLUÍDOS vs ATRASADOS
    Essa é uma das diferenças entre países desenvolvidos como EUA e atrasados e miseráveis como Uganda. Enquanto o primeiro defende o respeito ao próximo, o segundo quer leis para mandar matar.
  • Mostrar mais comentários...