quero assinar Entrar na área VIP

Identificados

Um dos suspeitos de agredir casal gay na região da Paulista, já tem passagem na polícia por lesão corporal.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 13 de Outubro de 2011

Marcos Paulo Villa reconheceu os suspeitos da agressão.Marcos Paulo Villa reconheceu os suspeitos da agressão.

SÃO PAULO - O supervisor financeiro de 30 anos que foi agredido na região da Avenida Paulista no dia 1º deste mês, teve alta do Hospital Nossa Senhora de Lourdes na tarde desta segunda-feira (10). Na semana passada, ele havia voltado para o hospital queixando-se de fortes dores de cabeça, com traumatismo craniano e hemorragia cerebral, segundo informou seu companheiro, o analista fiscal Marcos Paulo Villa, 32 anos. (confira no vídeo abaixo)

Nesta segunda, Villa disse ter reconhecido os dois suspeitos da agressão na delegacia.

Os dois disseram ter sido agredidos com socos e pontapés por dois homens que os seguiram desde uma casa noturna na Rua Bela Cintra, região central de São Paulo, de onde eles haviam saído. O supervisor financeiro teve a perna direita fraturada em dois pontos, além de hematomas na nuca e nas pernas.

Villa esteve no início da tarde na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), no Centro da capital, e afirmou não ter dúvidas sobre os agressores. “Fiz o reconhecimento, são eles mesmo, as fotos estão bem nítidas.”

A Polícia Civil identificou na sexta-feira (7) os dois homens suspeitos de agredir Villa e o companheiro dele. “Eu quero dar os parabéns para a polícia, que conseguiu identificá-los rapidamente. Agora depende da Justiça continuar com o caso. E que sejam criadas leis para se evitar esse tipo de crime."

Segundo a polícia, antes das agressões, os suspeitos tentaram paquerar duas amigas do casal, mas não foram correspondidos. Ao deixar o local, as vítimas disseram que foram ofendidas pelos estudantes por palavras homofóbicas.

Autoria esclarecida

A delegada Margarette Barreto, titular da Decradi, disse que a autoria das agressões ao casal gay já foi esclarecida, mas o indiciamento só ocorrerá com o fim do inquérito, porque ainda é aguardada uma série de diligências. Os reconhecimentos foram feitos por meio de fotos e imagens das câmeras de segurança do posto e do bar. O fornecimento da lista de frequentadores pelos donos do bar foi decisiva, segundo a delegada, para a identificação dos agressores. Um deles tem passagem na polícia por ameaça e lesão corporal culposa.

Os suspeitos são um auxiliar de produção de 26 anos e um cozinheiro de 25 anos. Apenas o primeiro foi ouvido até agora na Decradi. A polícia intimou o outro agressor, que deve comparecer na delegacia depois do feriado (12).

Um dos dois suspeitos da agressão negou nesta segunda-feira que a briga tenha sido motivada por homofobia. “Não sou homofóbico, tenho amigos homossexuais. Tenho sim [amigos gays], tenho na minha faculdade e próximo a minha casa. Sempre frequentei baladas GLS”, afirmou o universitário.

Pela versão do jovem, ele estava conversando com a amiga dos gays quando o coordenador chegou e beijou a mulher, como se ela estivesse acompanhada. Villa negou o beijo e disse que nenhum deles agrediu os dois suspeitos. O analista disse se sentir incomodado com o fato de os agressores continuarem em liberdade.

Assista a reportagem da semana passada, e entenda o caso:

Comentários (30)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 20-10-2011 às 01:28 Sandrão
    Querem se viados mas nao sabem se defender, deixa esses heterozinhos dar o primeiro tapa ou soco, e depois passa fogo neles, coloca gasolina no corpo e queima.legitima defesa, bando de viados que não sabem se defender, eu heim, e se nao der na mao, pega pau, pedra, o capeta que for, mas quebra a cara dos outros tb, esse negocio de ser gay e nao saber enfiar a porrada tá por fora, acordaaa, a violencia tae e cada ação gera reaçao, que a nossa seja de impacto maior, que Deus tenha piedade de um desses ao cruzarem meu caminho com uma bela dose de uisque na cabeçaaa, eu achooo é poucooo
  • em 17-10-2011 às 22:26 Gerard
    Uma coisa eu digo! o que esse casal estava fazendo em altas horas da noite ao lado de duas piriguetes mulheres? é isso que dá bichas fazer amizade com mulheres, tinha que andar somente com gays, eu dúvido que esses heteros babacas mexeriam! bicha em companhia e amizade com mulheres não dar nada certo.
  • em 17-10-2011 às 15:43 AO MARC
    NEM TD COZINHEIRO É VIADO, PELO CONTRARIO CONHECO MUITOS ESTILO EDU GUEDES Q SAO PORRADEIROS, ESSE ATÉ BATEU LA NA ELIANA MAS ISSO JA É OUTRA HISTORIA.......
  • em 17-10-2011 às 15:40 Cristé
    Essas bibas querem é ibope. Aposto que foram-nas que cantaram os caras. Apanharam, agora querem vingança! Sai fora, careca veado!
  • em 17-10-2011 às 13:40 marc
    oh....um dos agressores é cozinheiro..uma biba enrustida, quer os bofes só pra ele.
  • em 17-10-2011 às 00:40 Sarita Ita Ita Taboa p/ Blablabla
    Amiga, a senhora q é preconceituosa.Só dei um incentivo as pintosas q sofrem preconceito até por parte de outros gays.Amei esse protesto de vela...adoro tudo a luz de vela...Mas sou linda e feliz como pintosa,se as gays assumidas preferem gays másculos.Ótimo. A gente q é mancha se aproveita dos gays enrustidos que se sentem mais livre para nos amar.Sou linda mesmo(um bofe escândalo,mas qdo falo...sou bem menininha mesmo), e olha q não me arrependo,tem cada bofe doido por mim,viu? E viva as femininas!
  • em 16-10-2011 às 20:52 Dona Salete
    Numa sociedade doente, avessa a tudo que diga respeito a direitos individuais e coletivos, na qual sempre vige a força bruta e não a tolerância, fatos lamentáveis como esse acontecerão com absurda frequência. Uma lástima! Não quero dinheiro, quero respeito, amor, muito amor!!! Quero fazer amor, não debaixo de porrada, mas sob as amarras legais que não aprisionam, mas libertam.
  • em 16-10-2011 às 12:30 AO GUSTAVO
    MORO NA EUROPA PODERIA ME DIZER ONDE AQUI NA EUROPA EXISTE ESSA LEI DE HOMOFOBIA? PQ HOLANDA, ALEMANHA, BELGICA, DINAMARCA, FRANCE ENTRE OUTROS NAO TEM, ONDE TEM ESSA LEI DE PRISAO PERPÉTUA AQUI? SAI DA DISNEY GUSTAVA E ACORDA AQUI NAO É DIFERENTE BIBA, ACORDA BELA ADORMECIDA, E POE ADORMECIDA NISSO. ESSE POVO VIAJA, TALVEZ AQUI SEJA ATÉ PIOR, HOMEM NAO USA NEM SHORT
  • em 16-10-2011 às 12:26 a sarita ita ita blablabla
    Vc tbem está sendo preconceituosa querida, existem varios tipos de gays nao só as pintosas como vc. e os menos pintosas sao os mais admirados pelos gays e nao diga q nao é verdade pq é. os de aparencia mascula sao os mais cobicados, tudo que é mais masculo vc gosta ne? entao pronto e nao fique julgando os outros devido a estas 2 mariconas com essa historia muito mal contada por sinal.... gays de santo nao tem nada, sao pacatos na hora duma porrada, nao precisava desse estardalhaco todo se tivessem revidado, ah por favor depois vao pra academia pra usar os musculos em que?
  • em 16-10-2011 às 07:45 GUSTAVO
    QUE VERGONHA!!! QUE VERGONHA!!! A JUSTIÇA BRASILEIRA É TOTALMENTE INJUSTA PASSANDO A MÃO NA CABEÇA DESSES CRIMINOSOS, QUE ANDA À SOLTA, E SEM IMPUNIDADE, QUE UM PAÍS DE VERGONHA MESMO. NA EUROPA CRIMES DE HOMOFÓBIA JÁ LEVA PRISÃO PERPETUA JÁ, SÓ AQUI N BRASIL É QUE ESTA UMA MERDA TOTAL, DEVEMOS LUTAR DIRETAMENTE NA CÂMARA PARA QUE O PL 122-06 SEJA ACEITA O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL, PARA QUE ESSES MONSTROS ANORMAIS VÃO DIRETO PRA CADEIA. SER BRASILEIRO É MUITO VERGONHOSO MESMO!
  • Mostrar mais comentários...